O governo federal prometeu que abriria 310 mil vagas do FIES em 2018: metade dos financiamentos foram concedidos no primeiro semestre e a outra metade vai ficar disponível agora.

São mais de 150 mil oportunidades pelo Brasil inteiro para financiar cursos em todas as áreas do conhecimento. É possível conseguir ajuda até para pagar aquelas graduações mais custosas, como Medicina, Odontologia, Gastronomia e Engenharia.

Tem interesse em concorrer a esse super benefício? Então fique aqui com a gente. Vamos passar um panorama geral do FIES 2018 do segundo semestre e ainda indicar algumas boas faculdades que participam do programa!

Quando acontece o FIES 2018 do segundo semestre?

Prepare a agenda para não perder nenhuma data!

As inscrições da segunda edição do FIES 2018 abrem no dia 16 de julho (segunda-feira) e encerram no dia 22 de julho (domingo).

O resultado sai na sexta-feira seguinte, dia 27 de julho.

Quem ficar na “boca do gol” e não tiver entrado por pouco, tem ainda a chance de conseguir o FIES via fila de espera.

É responsabilidade do candidato verificar se passou ou não. Por isso, a partir do dia 27 de julho é bom ficar de olho no site do FIES Seleção. http://fiesselecao.mec.gov.br

A convocação de quem ganhou vaga pela fila de espera vai de 1 a 24 de agosto. A lista vale apenas para quem se encaixa na modalidade FIES. Os financiamentos do tipo P-FIES não têm lista de espera.

Entenda a diferença entre as modalidades a seguir.

Quem pode participar do FIES 2018 do segundo semestre

Para se inscrever no FIES é obrigatório ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média geral, sem ter zerado a redação.

Além disso, é preciso se enquadrar em um dos perfis de renda a seguir – cada um deles permite participar de uma modalidade diferente do financiamento:

• Modalidade FIES: para quem tem renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. Essa modalidade tem a vantagem de não cobrar juros. Há outra facilidade: na hora de quitar o financiamento, a prestação é de no máximo 10% da renda familiar, o que evita comprometer demais o orçamento.
• Modalidade P-FIES: para quem tem renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa. Aqui, as condições de juros e parcelas variam de acordo com a instituição financeira onde o estudante contratar o financiamento.

Pessoas que já usaram e quitaram o FIES também podem participar, assim como quem já tem diploma de nível superior. No entanto, a prioridade na distribuição de vagas é para quem ainda não tem diploma e nunca recebeu o benefício.

Como se inscrever no FIES 2018 do segundo semestre?

A inscrição do FIES dá um certo trabalho, mas vale muito a pena.

O processo é gratuito e deve ser feito pela internet, no site oficial do FIES Seleção. http://fiesselecao.mec.gov.br

Para começar, você vai ter que indicar seu CPF, data de nascimento e um e-mail pessoal válido. Em seguida, vai precisar informar os números de CPF, data de nascimento e renda de todos os integrantes do seu grupo familiar.

Continuando a inscrição, chega o momento de fazer uma busca pelas vagas disponíveis e escolher até três opções.

Para finalizar, basta seguir as instruções da tela e ir preenchendo os campos solicitados.

É muito importante verificar com cuidado a documentação, principalmente referente à renda familiar. Caso seja selecionado, você vai precisar comprovar todos os dados para garantir sua vaga.

Que nota preciso tirar no Enem para passar no FIES 2018 do segundo semestre?

Essa é a pergunta do milhão!

Antes de sair o resultado, não dá para saber ao certo qual a pontuação no Enem vai garantir sua vaga. Tudo vai depender do desempenho das pessoas que concorrem ao mesmo curso, turno, faculdade e localização.

O que a gente sabe é que tem algumas vagas em que dá para passar com pouco mais de 450 pontos no Enem. As maiores notas de corte, geralmente para o curso de Medicina, ficam por volta de 750 pontos. Podemos dizer que, de modo geral, uma média de 700 no Enem garante passar na maioria das vagas disponíveis no FIES.

O que acontece se eu passar no FIES 2018 do segundo semestre?

Em primeiro lugar, significa que você venceu uma boa quantidade de concorrentes. No entanto, para assegurar o benefício você vai ter que cumprir mais algumas etapas.

Dependendo da modalidade de financiamento, haverá um prazo para complementar o cadastro no site do FIES, comparecer à faculdade, apresentar documentos e assinar o contrato junto ao agente financeiro (banco ou outra entidade conveniada).

Os detalhes você encontra no edital do FIES e também no site oficial.

Por enquanto, o que precisa ficar bem gravado em sua mente é: o Ministério da Educação (MEC) não prorroga nenhum desses prazos. Quem perder alguma data perde também a vaga no FIES. Portanto, olho vivo!

Faculdades que participam do FIES do segundo semestre

Participam do FIES apenas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC. Isso, por si só, já dá uma tranquilidade.

O único porém é escolher entre tantas opções. Mas estamos aqui para ajudar!

Selecionamos uma série de faculdades que não apenas participam do FIES, mas também oferecem vários benefícios para quem quer cursar o ensino superior e está com o bolso apertado. Todas elas têm programas de bolsas de estudos, parcelamento facilitado das mensalidades, descontos e convênios. Confira:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) – no Distrito Federal 
Universidade de Franca (UNIFRAN) 
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 
Unicesumar (a distância)

Veja também:
FIES para curso técnico

Vai participar do FIES 2018 do segundo semestre? Conte aqui para a gente em qual curso você gostaria de entrar!