A tecnologia educacional que temos à disposição já permite realizar diferentes tipos de curso no formato a distância, mesmo os mais impensáveis – como Enfermagem.

Há alguns anos era impossível imaginar que daria para formar enfermeiros competentes nessa modalidade de estudo.
Hoje, as faculdades a distância estão se tornando cada vez mais comuns.
No Brasil, 8 instituições receberam autorização do MEC para oferecer Enfermagem a distância. Mas será que é bom?
A fim de responder essa pergunta, a gente foi atrás da avaliação dos cursos de Enfermagem a distância e trouxe os resultados aqui para você conhecer.
Confira a seguir!

Os melhores cursos de Enfermagem a distância

O curso de Enfermagem a distância ainda é novidade no mercado brasileiro. Como a gente adiantou lá em cima, poucas instituições receberam o aval do MEC para oferecer a graduação nesse formato.
No entanto, em nossa pesquisa descobrimos que, desse total, apenas quatro estão em atividade atualmente:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

• Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU)

• Universidade Pitágoras Unopar (UNOPAR)

• Centro Universitário Claretiano (CLARETIANO)

Dessas, apenas o Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) foi efetivamente avaliado. A instituição recebeu uma nota considerada boa/satisfatória dentro dos rigorosos requisitos do MEC.
Em sua avaliação, o MEC leva em conta fatores como plano de desenvolvimento pedagógico, desempenho dos estudantes, grau de formação dos docentes, qualidade dos laboratórios, infraestrutura das salas, polos de apoio e tecnologia disponível, entre tantos outros.
As demais instituições ainda não receberam parecer do Ministério.
As faculdades que obtiveram autorização mas ainda não oferecem o curso são:

• Universidade Paulista (UNIP)

• Universidade Potiguar (UNP)

• Universidade Estácio de Sá (UNESA)

• Centro Universitário Braz Cubas (BRAZ CUBAS)

Fique atento, pois elas devem lançar turmas nos próximos semestres.

O que fazer se não tiver curso de Enfermagem a distância na sua cidade

Se na sua cidade não tem ainda o curso de Enfermagem a distância, você tem três opções:

•1. Fazer o curso no formato presencial.

2. Fazer um curso alternativo.

3. Esperar a oferta ficar disponível na sua cidade.

Qual delas é a mais indicada? Bom, a resposta varia de pessoa para pessoa, mas considerando a importância de ter um diploma de nível superior hoje em dia (maiores salários e melhores oportunidades de trabalho) e da sua urgência em entrar no mercado de trabalho, a melhor saída é optar por um curso presencial mesmo.
Esses são mais fáceis de encontrar, e provavelmente há uma vaga esperando por você na faculdade mais próxima.
Quer alguns exemplos de onde encontrar o curso de Enfermagem presencial? Dê uma clicada na lista a seguir:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) – no Distrito Federal

Universidade de Franca (UNIFRAN) 

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Os cursos alternativos na área são os técnicos em Enfermagem e os de auxiliar de Enfermagem – só que nenhum deles é de nível superior. São alternativas para quem tem pressa de entrar no mercado de trabalho, mas as melhores oportunidades estão reservadas para quem tem nível superior.

Como acontece o curso de Enfermagem a distância?

O curso de Enfermagem a distância não é feito totalmente pelo computador.
Por ter muitas disciplinas práticas, com aulas em laboratórios e em centros de atendimento, Enfermagem só pode ser oferecido em formato semipresencial.
Como o próprio nome já sugere, o semipresencial é um tipo de curso que equilibra as aulas a distância e os momentos presenciais.
Ou seja: as aulas práticas continuam práticas, na faculdade ou nos polos, enquanto as teóricas são feitas por meio de um computador, seja de casa ou de qualquer outro local conectado à internet.
As práticas geralmente acontecem uma ou duas vezes por semana – em algumas faculdades, podem ser quinzenais.
As aulas EAD acontecem em uma plataforma digital desenvolvida especialmente para proporcionar uma experiência de aprendizado única. Nela, os alunos têm tudo o que precisam à mão, 24 horas por dia: aulas em vídeo, bibliotecas virtuais, apostilas, gráficos, tabelas, etc.
Também dispõem de ferramentas para se comunicar com professores a qualquer momento, trocar ideias com outros alunos ou pedir instruções aos tutores.
É uma experiência interessante para quem gosta de conjugar as duas formas de aprender.
Ah, mas um curso assim tem validade no mercado de trabalho? Vou poder usar meu diploma para trabalhar como enfermeiro formalmente?
A resposta é sim, desde que você se matricule em uma faculdade reconhecida e autorizada pelo MEC a oferecer o curso nesse formato.
Com o diploma também dá para se inscrever em pós-graduações ou tentar vaga de nível superior em concursos públicos.

Valor da mensalidade do curso de Enfermagem a distância

Fazer Enfermagem a distância não é apenas inovador, é também mais econômico.
Enquanto em uma faculdade particular presencial tradicional você vai encontrar cursos com mensalidades entre R$ 900 e R$ 1.500, em média, na modalidade EAD o valor cai praticamente pela metade: com R$ 450 por mês já dá para começar sua investida na carreira. É o preço aproximado da mensalidade de Enfermagem a distância da Anhanguera, por exemplo.
Esse valor, claro, varia de acordo com a faculdade. Em outras é possível encontrar o curso por cerca de R$ 700 por mês.
Além de mais economia, quem estuda a distância tem mais tempo para se dedicar a outros afazeres do dia a dia, já que a parte teórica pode ser feita a qualquer momento do dia (desde que o aluno respeite os prazos estabelecidos para entrega de trabalhos e provas).
Veja também:
Gostou da ideia de fazer Enfermagem a distância ou prefere o presencial? Conte para a gente nos comentários!