Fazer faculdade é o sonho de muitos brasileiros e isso é muito fácil de entender. Afinal, um diploma de curso superior abre portas na hora de conseguir um bom emprego, seja no setor público ou privado.


Como a concorrência nas universidades públicas é muito grande e fica praticamente impossível conseguir uma vaga em alguns cursos, fazer faculdade particular acaba sendo a alternativa mais acessível para boa parte dos estudantes.


E quando a pessoa não tem condições de pagar a mensalidade, o que fazer? Ora, a solução é descobrir como conseguir uma bolsa de estudos! E é isso que vamos explicar neste artigo, acompanhe!

Como conseguir bolsa de estudos para a faculdade

A bolsa de estudos é um desconto no valor da mensalidade, válido durante todo o curso.


Existem bolsas parciais e integrais. Uma bolsa de estudos integral cobre 100% do valor da mensalidade, logo, o aluno estuda de graça!


Já as bolsas parciais, como o nome diz, cobrem apenas um percentual da mensalidade, que pode ser 20%, 50% ou 70%.


De qualquer forma, com uma bolsa fica bem mais fácil encaixar a mensalidade no orçamento.

Até porque alguns cursos já têm preços muito acessíveis, especialmente aqueles a distância, oferecidos por faculdades como UNICSUL, ANHANGUERA e UNICID, por exemplo.


Mas superado esse problema, surge a grande questão: como conseguir uma bolsa de estudos para a faculdade que eu desejo? Existem duas opções principais: Prouni e programas das próprias universidades.

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni), do governo federal, oferece bolsas integrais e parciais (de 50%) em cursos superiores, para estudantes sem diploma de graduação.


Um detalhe interessante sobre esse programa, e que muita gente desconhece, é que as bolsas do ProUni também valem para cursos a distância.


É importante destacar esse fato porque a graduação a distância em muitos casos é a única opção para estudantes que precisam conciliar trabalho e estudos.


Essa modalidade de ensino, além de flexibilizar os horários de estudo, reduz os custos com transporte e alimentação fora de casa.


Para se inscrever no ProUni, é preciso ter feito a edição anterior do Enem, com pontuação geral igual ou acima de 450 e nota maior que zero na redação.


Além disso, para concorrer às bolsas é preciso ter feito todo o ensino médio na rede pública ou na rede privada como bolsista integral.


Existem ainda os critérios relativos à renda familiar. Só podem concorrer às bolsas integrais candidatos com renda familiar mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, esse limite sobe para até três salários mínimos por pessoa.


Entre as instituições reconhecidas pelo MEC que disponibilizam bolsas através do ProUni, podemos citar a UNIFRAN, que oferece cursos EAD, e a Faculdade Pitágoras, entre inúmeras outras.

Bolsas de estudos oferecidas pelas faculdades

Várias faculdades possuem programas próprios de bolsas de estudos. Conseguir uma bolsa desse jeito é mais rápido e simples do que participar do ProUni, que envolve certa burocracia.


Existem diferentes tipos de bolsas, que podem cobrir de 20% a 100% do valor da mensalidade.


As bolsas podem ser oferecidas de acordo com o desempenho do estudante no vestibular interno da faculdade, a nota do Enem ou em função de convênios com empresas e associações.

Crédito educativo

O crédito educativo é outra opções para quem não tem condições de pagar as mensalidades da faculdade.


Funciona da seguinte maneira: a instituição de ensino financia uma parte do valor das mensalidades (até 70%), a juros baixos, para que o estudante comece a pagar só depois de formado, quando já vai ter um trabalho e melhores condições econômicas.

Onde estudar com bolsa

Segue uma pequena lista de instituições reconhecidas pelo MEC onde é possível conseguir bolsas de até 100%, seja pelo ProUni ou diretamente com a faculdade:



Essas faculdades também oferecem programas de crédito educativo sem burocracia a seus alunos.


Veja também:

Confira as 10 melhores faculdades com ensino a distância

As 10 faculdades mais baratas

E você, vai tentar uma bolsa de estudos para fazer a faculdade? Já escolheu o curso? Conte para a gente nos comentários!