O Fundo de Financiamento Estudantil é um dos programas de incentivo ao estudo mais bem sucedidos do Governo Federal e Ministério da Educação.

Se você sonha com o ensino superior em faculdades particulares, saiba que o Fies pode te ajudar. Saiba mais sobre o programa e resultados!

O Fies

O Fies ajuda brasileiros no financiamento da graduação para ensino superior. Neste programa, o participante pode financiar boa parte do curso com juros competitivos e pagamentos a longo prazo.

Para participar o candidato deve estar devidamente matriculado no curso de interesse, ter realizado o último Enem com nota mínima de 450 pontos, redação com nota que não seja zero, e atender aos requerimentos do perfil participante, como renda familiar.

O programa, que passou por um reformulação em 2018, agora conta com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento, além da participação de bancos privados.

O programa abre inscrições duas vezes ao ano para novos participantes e com algumas exigências.

Qual o perfil do participante do Fies?

De acordo com mudanças recentes, o programa de financiamento se divide em duas modalidades:

Modalidade Fies: Na primeira, o Fies oferece vagas com juros zero para os participantes com renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos.

Modalidade P-Fies: Já a segunda modalidade visa atender os candidatos ao programa com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.

Os resultados do Fies 2019

Ainda não existe um calendário definido para o Fies 2019, mas é possível se preparar para o período.

Nos meses de fevereiro e julho, o programa abre para novos candidatos. O processo acontece após encerramento dos programas ProUni e Sisu.

Já os resultados costumam ser divulgados nos meses subsequentes, ou seja, março e agosto.

No caso de vagas remanescentes, é importante ficar atentos aos comunicados oficiais e site do Ministério da Educação.

Saiba como se inscrever no Fies 2019

No site do Fies você dá início ao processo de inscrição para o financiamento. O cadastro exige dados pessoais, informações sobre a instituição de ensino, curso a ser financiado e também do fiador.

A aprovação não acontece imediatamente, é necessário aguardar pela pré-aprovação do cadastro. Com cadastro pré-aprovado, o candidato poderá preencher as informações sobre financiamento e valores; essas informações também passarão por validação com documentação apresentada na instituição bancária escolhida.

A partir dessa validação, o participante deverá aguardar pela confirmação e aprovação final do financiamento comunicado no site do Fies que, como informado anteriormente, deverá acontecer nos meses de março (1 semestre) e agosto (2 semestre).

E se não conseguir o benefício do Fies?

É importante pensar na possibilidade de continuar os estudos mesmo que não consiga o financiamento por meio do Fies, seja por perfil de renda ou até mesmo nota e participação no Enem. Nestes casos, recomendamos buscar oportunidades diretamente na instituição de ensino onde você está matriculado.

Além do Fies, muitas faculdades oferecem financiamentos e programas de incentivo próprios, sem intermediação de processos públicos.

Seja para financiamento próprio ou pelo Fies 2019, busque por instituições de ensino reconhecidas e avaliadas pelo MEC. Veja algumas das faculdades com ambas opções para você dar início ao sonho do ensino superior:

Veja também:

Posso pedir o FIES antes de entrar na faculdade? Descubra!

Como saber se o meu curso participa do FIES?

Preparado para se inscrever e aguardar pelo resultado do Fies? Conte nos comentários qual curso você quer fazer e financiar!