Conseguir a isenção do Enem 2019 permite participar do exame sem ter que pagar a taxa de inscrição.

Porém, nem todos os candidatos têm direito a este benefício. Somente aqueles que se enquadram nos critérios estabelecidos pelo INEP (órgão responsável pelo Enem) podem usufruir da isenção.

Além disso, é importante ficar atento ao prazo de solicitação da isenção e saber como fazer o pedido. Tudo isso e muito mais você encontra em nosso artigo completo sobre a isenção do Enem 2019. Confira!

Isenção do Enem 2019: veja quem tem direito

Antes de solicitar a isenção do Enem 2019, é preciso verificar se você tem direito ao benefício.

Veja quem tem direito a fazer o Enem 2019 sem pagar a taxa de inscrição:

  • Estudantes de escolas públicas que estão cursando o último ano do ensino médio em 2019.

  • Quem prestou o Encceja 2018 para o ensino médio e obteve a pontuação mínima para a certificação.

  • Candidatos que cursaram todo o ensino médio na rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada e que tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa.

  • Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CAdÚnico), que se declarem em situação de vulnerabilidade econômica (membros de famílias de baixa renda).

Prazo para solicitar

Atenção! O prazo para solicitar isenção no Enem 2019 começa antes do período de inscrições. Os pedidos de isenção devem ser enviados de 01 a 10 de abril de 2019.

Como pedir a isenção

O pedido de isenção do Enem 2019 só pode ser feito pela internet, na Página do Participante do site do Enem-INEP.

O candidato precisa informar o número do seu CPF e criar uma senha, que será utilizada depois para obter informações sobre sua participação no Exame. Também é preciso fornecer um endereço de e-mail válido e um telefone de contato.

Depois, basta preencher o requerimento de isenção corretamente, enviar e aguardar o resultado.

Como saber se o pedido de isenção foi aceito

O candidato que solicitar a isenção deve verificar se o pedido foi aceito na Página do Participante, antes de o período de inscrições começar. O INEP já confirmou que as inscrições para o Enem 2019 ficarão abertas de 6 a 17 de maio.

Recursos dos pedidos de isenção do Enem 2019

Quem tiver o pedido de isenção negado pode tentar novamente, entrando com um recurso, que deve ser enviado pela Página do Participante.

O recurso deve ser enviado em até cinco dias após a divulgação do resultado dos pedidos de isenção. O resultado dos pedidos de isenção deve ser divulgado em até oito dias após o fim do prazo para pedir isenção.

Justificativa de ausência no Enem 2018

Quem conseguiu isenção no Enem 2018 e não compareceu aos dois dias de provas precisa justificar a ausência antes de solicitar isenção no Enem 2019.

O prazo para justificar a falta é o mesmo dos pedidos de isenção: de 01 a 10 de abril de 2019.

Em todos os casos, a justificativa só poderá ser feita mediante o envio de documentos que comprovem o motivo da ausência (atestado médico, por exemplo).

A justificativa de ausência deverá ser enviada por meio da Página do Participante.

O que fazer se não conseguir a isenção?

Quem não conseguir a isenção do Enem 2019 precisará pagar a taxa de inscrição para participar do exame.

O valor da taxa em 2019 é de R$ 85 e o prazo para pagamento vai de 6 a 23 de maio.

Calendário do Enem 2019

Resumimos aqui para você as principais datas do Enem 2019:

  • Divulgação do Edital: 25 de março

  • Solicitação de isenção: 1 a 10 de abril

  • Justificativa de ausência 2018: 1 a 10 de abril

  • Inscrições: 6 a 17 de maio

  • Pagamento da taxa: 6 a 23 de maio

  • Solicitação de uso do nome social: 20 a 24 de maio

  • Cartão de confirmação: outubro

  • Provas: 3 e 10 de novembro

Depois do Enem 2019: como usar sua nota para entrar na faculdade

Depois de prestar o Enem, é hora de colher os frutos e usar seu resultado para entrar para a faculdade. Você pode fazer isso de quatro formas:

  • Tentar uma vaga em universidades públicas por meio do Sisu;

  • Concorrer a uma bolsa de estudos pelo ProUni;

  • Se inscrever no FIES para tentar financiar as mensalidades da faculdade particular;

  • Usar sua nota do Enem para entrar em uma universidade privada sem fazer vestibular e ainda ganhar uma bolsa de estudos.

Este último (ingresso direto) é o jeito mais simples e rápido de entrar no ensino superior com a nota do Enem, pois nele a concorrência é menor e o candidato não precisa enfrentar a burocracia dos programas do governo.

Tudo o que você precisa fazer é buscar uma faculdade particular que aceite a nota do Enem, apresentar alguns documentos básicos e começar o curso.

Sem falar que boa parte das instituições privadas ainda oferecem bolsas de estudos e descontos para os estudantes que ingressam com a nota do Enem.

No Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA), por exemplo, a nota do Enem pode garantir uma bolsa de até 100% nos cursos presenciais e a distância da instituição.

E por falar em cursos a distância, a Universidade Cruzeiro do Sul Virtual, especializada nessa modalidade de ensino, também aceita a nota do Enem para ingresso direto.

Onde usar seu resultado do Enem 2019

Confira abaixo quatro faculdades reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem para ingresso direto e oferecem facilidades como bolsas de estudo, descontos variados e crédito educativo:

Veja também:

Confira a lista com todos os cursos que a Anhanguera oferece

Conheça as faculdades que duram 2 anos e veja como fazer

Depois de conferir todas as informações sobre a isenção do Enem 2019, queremos saber: qual faculdade você quer cursar? Deixe um comentário!