Os candidatos que conseguirem a isenção do Enem 2019 não precisarão pagar a taxa de inscrição do exame, que este ano custa R$ 85.

Mas para ter direito ao benefício, é preciso preencher os requisitos estabelecidos pelo Inep, além enviar o pedido dentro do prazo.

Neste artigo você terá todas as informações sobre como conseguir a isenção da taxa de inscrição no Enem 2019, com base no edital oficial. Confira!

Como conseguir a isenção do Enem 2019

Confira agora tudo o que você precisa saber para solicitar a isenção do Enem 2019:

Prazo para solicitar

O prazo para solicitar a isenção do Enem vai de 01 a 10 de abril de 2019. É bom não deixar para o última dia, pois o sistema pode ficar sobrecarregado devido ao grande número de acessos.

Lembrando que o período para solicitar isenção ocorre antes das inscrições para o Enem 2019.

Justificativa de ausência no Enem 2018

Quem conseguiu isenção no Enem 2018 e não compareceu aos dois dias de provas precisa justificar a ausência para ter direito à isenção no Enem 2019.

O prazo para enviar a justificativa de ausência é o mesmo da solicitação de isenção: de 01 a 10 de abril de 2019.

Quem tem direito à isenção do Enem 2019

Veja quem tem direito à isenção do pagamento da taxa de inscrição, de acordo com o edital do Enem 2019:

  • Alunos da rede pública que estejam cursando a última série do ensino médio em 2019.

  • Candidatos que cursaram todo o ensino médio na rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada e tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa.

  • Candidatos que se declarem em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem de famílias de baixa renda, e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Como solicitar

Os pedidos de isenção só podem ser feitos pela internet, no site do Enem-Inep. O mesmo vale para a justificativa de ausência no Enem 2018.

Para fazer a solicitação, o candidato deverá informar seu número do CPF, data de nascimento, um endereço de e-mail pessoal válido e um telefone para contato.

Como saber se o pedido foi aceito?

O resultado dos pedidos de isenção (e justificativa de ausência) serão divulgados no dia 17 de abril, no site do Enem-Inep.

Se o pedido for recusado, tem como recorrer?

Sim! Quem tiver o pedido de isenção ou justificativa de ausência recusados pode entrar com um recurso no prazo de 22 a 26 de abril de 2019.

O resultado dos recursos será divulgado pelo Inep a partir do dia 02 de maio.

Atenção: quem não conseguir justificar a ausência no Enem 2018 ou tiver o pedido de isenção recusado precisará pagar a taxa de inscrição do exame.

Quem conseguir a isenção precisa fazer a inscrição?

Sim! Mesmo quem tiver o pedido de isenção aceito precisa fazer a inscrição no Enem, caso contrário não poderá participar do exame.

Datas importantes do Enem 2019

Veja outras datas importantes do cronograma Enem 2019:

Inscrições: de 06 a 17 de maio

Prazo para pagamento da taxa de inscrição: de 06 a 23 de maio

Solicitação de atendimento por nome social: de 20 a 24 de maio

Divulgação dos locais de prova: outubro de 2019 (data ainda não divulgada)

Primeiro dia de provas: 03 de novembro

Segundo dia de provas: 10 de novembro

Divulgação dos gabaritos e cadernos de questões: 13 de novembro

Divulgação dos resultados individuais: janeiro de 2020 (data ainda não divulgada)

Divulgação da vista pedagógica da redação: março de 2020

Divulgação dos resultados dos treineiros: março de 2020

Como usar o resultado do Enem

Embora o Enem também sirva como uma autoavaliação dos conhecimentos adquiridos no ensino médio, a maioria dos candidatos faz a prova pensando em usar o resultado para entrar na faculdade.

Você pode utilizar sua nota do Enem 2019 para entrar na faculdade de quatro formas:

  • Participando do Sisu e concorrendo a vagas em universidades públicas de todo o Brasil,

  • Se inscrevendo no ProUni e concorrendo a bolsas de estudo integrais ou parciais em faculdades privadas,

  • Fazendo a inscrição no FIES e tentando financiar as mensalidades da faculdade particular a juros baixos,

  • Ingressando em uma faculdade privada sem fazer vestibular e ainda ganhando um desconto na mensalidade (ingresso direto).

Para se inscrever no Sisu não é exigida uma nota mínima no Enem, basta que o candidato não tenha zerado na redação. Por outro lado, a concorrência é grande e as notas para conseguir uma vaga (nota de corte) costumam ser bem altas.

Já para participar do ProUni e do FIES, é preciso ter obtido média igual ou maior que 450 no Enem e nota acima de zero na redação. Além disso, os candidatos precisam atender aos critérios socioeconômicos de cada programa (limite máximo de renda familiar, por exemplo).

O ingresso direto acaba sendo a maneira mais simples de usar a nota do Enem: basta entrar em contato com a faculdade de interesse, apresentar alguns documentos básicos, fazer a matrícula e começar a estudar.

Conheça a seguir quatro faculdades reconhecidas pelo MEC onde você pode usar sua nota do Enem para o ingresso direto e conseguir uma bolsa de estudos ou desconto na mensalidade:

Veja também:

Confira os preços médios de faculdades reconhecidas pelo MEC

Conheça os cursos que são e os que não são oferecidos a distância

Depois de conferir todas as informações sobre a isenção do Enem 2019, responda nos comentários: você vai usar sua nota para entrar na faculdade? Qual curso quer fazer?