Cerca de 70% da superfície da Terra está coberta de água. Hidrosfera é o nome dado ao conjunto de regiões do planeta que agrega todos os tipos de água (sólida, líquida e gasosa). Desse conjunto, os oceanos é maior reservatório com 97,3% do total da hidrosfera.

Há também a água dos rios, lagos, aqüíferos (água subterrânea), e água das geleiras localizada nos polos e regiões montanhosas, água na forma de umidade na atmosfera.

É preciso ter ciência que, de todo o potencial da hidrosfera, apenas e aproximadamente 0,007% é água disponível ou de possível acesso para consumo humano.

Importância dos oceanos

Embora para os seres humanos a água doce tenha uma importância imediata na manutenção da vida, os oceanos com sua água contendo aproximadamente 3,5% de sais, principalmente cloreto de sódio, é que tem um importante papel vital na manutenção da vida no planeta Terra como um todo e um importante aliado na amenização do efeito estufa por meio da absorção de grandes quantidades de dióxido de carbono da atmosfera.

Fitoplâncton - florestas no oceano

É no oceano que se desenvolve uma das mais importante forma de vida, o fitoplâncton(*), que são algas(**) microscópicas que vivem flutuando no mar em função das correntes, estes vegetais marinhos são responsáveis pelo equilíbrio do clima no planeta através da absorção do dióxido de carbono e da produção de cerca de 80% do oxigênio atmosférico e representa a base das cadeias alimentares dos ecossistemas marinhos.

Os oceanos e o equlíbrio do clima

Os oceanos são responsáveis pela manutenção do clima terrestre. O transporte de calor se dá da seguinte forma: A água absorve essa energia térmica (calor) que recebe sobretudo nos trópicos e a redistribui para o resto do planeta, no sentido dos pólos através das correntes marinhas.

Nesse movimento a água aquecida e menos densa se desloca pela parte superficial dos oceanos em direção aos polos, nesse trajeto e a aproximação dos polos ocorre a perda de calor e consequente resfriamento e aumento da densidade provocando o afundamento do fluxo de água, este efeito provoca o processo inverso no oceano profundo, a água afunda e migra para as zonas equatoriais, num processo muito lento. Caso contrário, a Terra tornar-se-ia demasiadamente fria para a sobrevivência do ser humano.

Oceanos - alimento, energia e vida

O mar é, também, uma importante fonte de alimento e de energia, tanto as energias não renováveis como o petróleo e o gás, como as energias renováveis como o vento e as ondas marítimas.

A zona costeira é particularmente importante porque 60 % da população mundial vive numa faixa de 100 km da costa marítima. A interface entre a hidrosfera, litosfera e A atmosfera é onde ocorre o desenvolvimento da vida em nosso planeta. A interação entre estes três ambientes recebe o nome de biosfera.

Ciclo HidrológicoCiclo hidrológico é um processo dinâmico provocado pela energia solar e do interior da Terra em que a água se recicla continuamente transitando entre a hidrosfera, atmosfera e litosfera. Na hidrosfera a água num processo dinâmico e contínuo percorre os três estágios (sólido, líquido e gasoso) que tem o clássico nome de Ciclo Hidrológico.

Nesse processo as águas dos oceanos e dos continentes se evaporam, formam nuvens que condensam-se e precipitam-se sobre o planeta sob a forma de chuva, neve ou granizo. Depois escorrem para rios, lagos e aos poucos correm de novo para o mar, ou para o subsolo onde acumula-se formando depósitos subterrâneos de água, também conhecidos como lençóis freáticos ou aqüiferos.

Mantendo assim o equilíbrio no Sistema Hidrológico do planeta. Além disso a água, em seu estado líquido ou sólido, cumpre o importante papel de agente modelador da crosta terrestre. A maior parte dos depósitos sedimentares provem do transporte e da deposição pela ação da água e do gelo.

Glossário: (*)Fitoplânctons são microorganismos marinhos que consistem em pequenas plantas unicelulares responsáveis por sustentar a produtividade primária do mar. Sua importância esta no fato de que, a sua sobrevivência passa pelo processo da fotossíntese, onde absorvem o dióxido de carbono (CO2) da atmosfera, ajudando a regular o clima, e produzem oxigênio, tão necessário para a existência da vida na Terra.

(**)Algas são plantas inferiores que não apresentam organização complexa do corpo e que produzem a fotossíntese.