O profissional da área de Biomedicina tem um perfil de investigador e o seu principal foco é entender como as doenças atuam no organismo. Com seu conhecimento sobre Biologia e Química, o biomédico analisa exames e desenvolve novas vacinas para promover a saúde humana.

Como o nome diz, a Biomedicina é uma área que combina os conhecimentos da Biologia e da Medicina. O biomédico atua principalmente em laboratórios de análise e de pesquisa.

Conheça mais sobre Biomedicina, as principais diferenças em relação a outros cursos da área da Saúde e veja onde estudar!

O que é o curso de Biomedicina

O curso de Biomedicina dura em média quatro anos. Este bacharelado é conhecido também como Ciências Biomédicas ou Ciências Biológicas na Modalidade Médica.

O objetivo da Biomedicina é descobrir as causas das doenças, como elas atuam no corpo e de que forma podem ser curadas.

Entre as matérias básicas estão Anatomia, Fisiologia, Farmacologia e Bioquímica. Ao longo do curso, o estudante tem contato com as áreas de atuação do biomédico, como por exemplo:

  • Análises Clínicas
  • Acupuntura
  • Diagnóstico por Imagem
  • Citopatologia (patologia celular)
  • Reprodução Humana
  • Biomedicina Estética
  • Toxicologia e Perícia Criminal

O nível de detalhamento das áreas estudadas irá depender de cada universidade. Mas uma coisa é certa: além das leituras e aulas expositivas, o curso traz muitas práticas em laboratório.

O dia a dia do aluno será em contato com microscópios, lâminas e amostras das mais diversas. Especialmente na parte de Análises Clínicas, Hematologia e Toxicologia, o estudante aprende a fazer análise de diferentes materiais humanos, como urina, fezes, sangue, e fios de cabelo.

Para incentivar a formação de pesquisadores, algumas universidades oferecem projetos de extensão e de iniciação científica. São uma oportunidade para o aluno conhecer a rotina profissional e ter vivência em laboratórios de pesquisa.

Nos anos finais o aluno deve realizar estágio supervisionado e, para se formar, precisa apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

O que se estuda na faculdade de Biomedicina

As matérias do curso de Biomedicina podem variar de acordo com cada universidade. Veja algumas das principais disciplinas que você pode encontrar:

  • Bioengenharia e Biotecnologia
  • Biologia Molecular Aplicada à Biomedicina
  • Bromatologia e Análise de Alimentos
  • Citologia
  • Embriologia e Reprodução Humana
  • Genética e Citogenética
  • Hemoterapia e Banco de Sangue
  • Histologia
  • Imunologia
  • Parasitologia
  • Toxicologia e Análises Toxicológicas

O que faz o biomédico?

Quem se forma em Biomedicina encontra um mercado amplo e em expansão. São 37 áreas em que o biomédico pode atuar. Confira algumas:

  • Análises clínicas: analisa amostras, faz o diagnóstico laboratorial e emite laudos.
  • Bioengenharia: desenvolve tecnologias para diagnóstico de doenças.
  • Análises bromatológicas: estuda a qualidade de alimentos e busca identificar focos de contaminação.
  • Análises ambientais: realiza análises de água e esgoto.
  • Radiologia e análise por imagem: pode realizar exames como ultrassonografia e ressonância nuclear magnética, mas não está habilitado a emitir o laudo.

Muitas das áreas exigem especialização. Vale lembrar que a profissão de biomédico é regulamentada. Por isso, depois de se formar em uma graduação reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), é preciso obter o registro no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM).

Qual é a diferença entre Biomedicina e Medicina?

Com nomes parecidos, pode-se até pensar que Biomedicina e Medicina são cursos semelhantes ou até concorrentes. Na verdade, eles são complementares.

Ao contrário dos médicos, o biomédico não realiza consultas a pacientes, não faz cirurgias, nem prescreve medicamentos. O trabalho do biomédico tem um caráter de cientista, focado em análise e pesquisa. Enquanto os médicos trabalham em hospitais e clínicas, os biomédicos estão principalmente nos laboratórios.

Ou seja, enquanto o médico atua na cura direta das doenças e tratamentos para restaurar a saúde, o biomédico procura entender a doença, pesquisa novos medicamentos, realiza exames e diagnósticos em laboratório.

O biomédico até faz a coleta de amostras junto ao paciente, mas não está habilitado a dar instruções sobre o seu tratamento.

Qual é a diferença entre Biomedicina e Farmácia?

Os cursos de Biomedicina e Farmácia têm muito em comum. Os dois fazem parte da área da Saúde e o conhecimento básico é formado por disciplinas da Biologia e da Química. De fato, profissionais das duas graduações podem atuar em áreas em comum, como Análises Clínicas.

Mas existem diferenças. Uma delas é que a graduação em Farmácia dura em média cinco anos. A Biomedicina, quatro.

Para quem se forma em Farmácia, existem 72 áreas de atuação, de acordo com o Conselho Federal de Farmácia. Algumas das atribuições exclusivas do farmacêutico são: produzir e manipular medicamentos, orientar os pacientes nas farmácias e atuar como responsável técnico de uma drogaria.

O curso de Biomedicina habilita o profissional para atuar em 37 áreas. A de Análises Clínicas é a principal. Outros destaques da Biomedicina são a reprodução humana, informática da saúde, pesquisa genética com células-tronco e exames por imagem.

Onde estudar Biomedicina?

O curso de Biomedicina é oferecido por mais de 200 faculdades reconhecidas pelo MEC. A maioria da oferta é na modalidade presencial, mas existem também cursos a distância. Confira algumas das instituições privadas e públicas que oferecem esta graduação:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Melhores faculdades de Biomedicina

Você tem interesse em fazer o curso de Biomedicina? Conte para a gente nos comentários!