Você gosta de plantas e animais, se preocupa com o meio ambiente, tem facilidade para trabalhar em grupo e meter a mão na massa? Já pensou em seguir carreira como biólogo?

A Biologia é um mundo fascinante e tem muitas áreas de atuação, divididas em três campos: Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e Biotecnologia e Produção.

Preparamos o guia a seguir para ajudá-lo a decidir se Biologia é mesmo a sua praia. Vamos falar das principais atividades desse profissional, mercado de trabalho, como é o curso e onde estudar para se dar bem na carreira!

O que faz um Biólogo

O trabalho do biólogo é bem amplo. Podemos resumir sua missão como o profissional que atua no estudo e desenvolvimento de projetos voltados para a preservação da natureza. Além disso, pode ajudar empresas a criarem políticas e metas ambientalmente sustentáveis, realizar pesquisas científicas em instituições públicas e privadas e trabalhar em laboratórios de análises clínicas.

Confira algumas das muitas especializações da área:

Arborização Urbana: Aqui, o biólogo trabalha no órgão ambiental do município e assessora a prefeitura na escolha das espécies de vegetação mais adequadas a cada área, bem como nos cuidados para seu plantio e manutenção. É um trabalho muito interessante e que está em alta, já que as cidades estão cada vez mais preocupadas em melhorar o espaço público – e as árvores fazem toda a diferença na qualidade de vida da população.

Biologia Forense: Os biólogos forenses examinam o sangue e outros fluidos corporais, cabelos, ossos, insetos, plantas e animais para ajudar a identificar vítimas e culpados em investigações criminais. Também coletam e analisam evidências biológicas encontradas em roupas, armas e outras superfícies.

Bioinformática:  Gosta de computadores? Que tal se aventurar na Bioinformática? É o campo da Biologia que une a informática à coleta, interpretação e organização de dados obtidos em pesquisas, utilizada principalmente no campo de sequenciamento genético.

Biorremediação: Consiste no uso de microrganismos ou plantas para a limpeza ou descontaminação de áreas ambientais afetadas por poluentes diversos, como vazamentos de petróleo, por exemplo.

Biossegurança: O especialista na área é responsável por fazer estudos e supervisionar procedimentos que visam a evitar ou controlar os riscos à biodiversidade provocados pelo uso de agentes químicos,  físicos e biológicos.

Controle de Vetores e Pragas: Tem função de controlar as pragas, evitando o uso abusivo de pesticidas. Para isso, incorpora ações preventivas e corretivas que impedem maiores danos ao ambiente.

Diagnóstico, Controle e Monitoramento Ambiental: Responsável pela coleta de dados, estudo e acompanhamento contínuo das variáveis ambientais para avaliar as condições dos recursos naturais em determinada região. O processo é usado, por exemplo, para minimizar o impacto ambiental de grandes plantações, indústrias e outras atividades humanas que possam afetar o equilíbrio da natureza.

Ecodesign: É uma área que tem ganhado muita importância recentemente. O especialista ajuda empresas a desenvolverem produtos que tenham menor impacto ambiental em todo o seu ciclo de vida. Um exemplo é a criação de embalagens biodegradáveis.

Gestão Ambiental: O gestor ambiental cuida da sustentabilidade de uma empresa, utilizando práticas e métodos administrativos que reduzam ao máximo o impacto ambiental de suas atividades. É muito importante não só do ponto de vista ambiental, mas também econômico, pois pode levar à redução de custos, evitar desperdícios e reutilizar materiais que antes eram descartados, além de melhorar a imagem da organização perante os consumidores.

Microbiologia Ambiental: O biólogo especializado na área se dedica a estudar a composição e fisiologia das comunidades microbianas no ambiente, seja no solo, água, ar ou em sedimentos.

Saneamento Ambiental: Supervisiona ações que visam à melhoria da qualidade de vida das populações pelo controle do meio físico. O planejamento de rede de esgotos e de coleta de lixo são alguns dos exemplos mais comuns.

Vigilância Ambiental: Tem como função detectar e prevenir mudanças no meio ambiente que possam interferir na saúde humana.

Mercado de trabalho e remuneração na área da Biologia

O mercado de trabalho é muito amplo para os biólogos. No entanto, o profissional muitas vezes se vê competindo com especialistas de outros setores, justamente pelo fato de a Biologia englobar tantas áreas de atuação.

Por isso, é muito importante fazer uma especialização, principalmente se dar aulas em escolas ou faculdades não for seu primeiro plano.

Independentemente da área de atuação, o biólogo deve ter gosto pela pesquisa. O mestrado é aconselhado (e muitas vezes exigido) para quem quer ocupar cargos de alta hierarquia em empresas e órgãos públicos.

Embora haja muita concorrência na área, as oportunidades estão aumentando com a crescente preocupação de governos e empresas com o meio ambiente.

Na pesquisa, há espaço para estudos científicos e desenvolvimento tecnológico em instituições públicas e privadas.

Na área da saúde, o biólogo pode atuar em laboratórios de exames diagnósticos, microbiologia e controle de doenças. Já no campo ambiental, há oportunidades em consultoria, licenciamento e perícias ambientais. É possível também desenvolver e assessorar projetos de proteção ambiental, atuar na  recuperação de áreas degradadas, na educação ambiental e na sustentabilidade.

Existem cargos em órgãos públicos para todas essas áreas. O acesso é por meio de concurso. As vagas geralmente oferecem bons salários e estabilidade profissional.

De acordo com o guia salarial do site de empregos Catho, a remuneração média de um biólogo no Brasil é de R$ 2.600 mensais, sendo que os cargos públicos tendem a pagar mais. Um biólogo da Petrobrás, por exemplo, pode receber R$ 7.000 em um cargo júnior.

Como se tornar um biólogo

A profissão é regulamentada pela Lei nº 6.684 de 3 de setembro de 1979. Para atuar como biólogo, é necessário cursar Biologia em uma instituição de ensino autorizada pelo Ministério da Educação (MEC) e estar registrado no Conselho Regional de Biologia (CRBio) de seu estado.

O curso de Biologia

O curso de Biologia pode ser encontrado em grau de bacharelado e licenciatura, ambos com a duração média de quatro anos. A diferença entre os dois é que a licenciatura forma professores.

O principal objetivo da graduação é estudar os seres vivos e analisar as principais características das formas de vida, o seu papel na natureza e a interação com outros seres vivos. Para isso, além das matérias de Ciências Biológicas, apresenta também algumas de Exatas, como Matemática, Estatística e Física.

As disciplinas ligadas à Biologia variam de curso pra curso. Veja alguns exemplos:

• Bioética em Saúde

• Biologia Molecular

• Biossegurança

• Botânica

• Citologia

• Ecologia

• Ecossistemas Aquáticos

• Ecossistemas Terrestres

• Educação Ambiental

• Embriologia

• Fisiologia

• Genética

• Geologia e Paleontologia

• Imunologia e Parasitologia

• Microbiologia

• Morfologia Ambiental

• Políticas, Legislação e Gestão Ambiental

• Reprodução Assistida

• Toxicologia

Na licenciatura, ainda há matérias ligadas ao ensino, como Educação Ambiental, Estrutura e Funcionamento da Educação Básica, Planejamento e Políticas Públicas de Educação e Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem.

Além das disciplinas teóricas, a grade curricular também possui laboratórios para o estudante colocar seus conhecimentos em prática.

O estágio é obrigatório e recomendado a partir do terceiro ano, quando o aluno já tem uma boa base de conhecimento. Para obter o diploma, também é necessário apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Onde estudar para se tornar biólogo

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Biologia, também chamado de Ciências Biológicas:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

Universidade Estácio de Sá (UNESA) 

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) 

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia  

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais   

Veja também:

Quanto ganha um biólogo?

Está interessado em seguir carreira em Biologia? Conte para a gente nos comentários!