Quando pensamos em uma carreira no mundo da Moda logo lembramos dos estilistas desenhando roupas, acessórios e criando coleções para grandes marcas e desfiles. Porém, é importante destacar que o estilismo é apenas uma das possíveis profissões nesta área.

Se você é apaixonado por Moda, se sente atraído pelo mundo fashion, mas não gosta de desenhar ou costurar, saiba que existem diversas profissões em Moda que vão muito além da criação de roupas.

Você pode se tornar um consultor, produtor, trabalhar com pesquisa, marketing, comércio e muito mais.

Conheça a profissão de Moda e entenda sobre os possíveis caminhos a seguir nesta área. Veja também onde encontrar as principais faculdades de Moda reconhecidas pelo MEC!

Sobre a profissão de Moda

Boa parte do trabalho de um profissional de Moda está relacionada a criações próprias, que podem ser o desenho de uma peça exclusiva, a redação de uma crítica de desfile, a produção do catálogo de uma marca, a definição do figurino de uma novela, etc.

Desenvolver projetos em Moda exige muita criatividade e sensibilidade para entender o mundo ao seu redor, identificar tendências e conhecer bem as características e padrões de comportamento de seu público-alvo.

A indústria da Moda movimenta a economia, é um mercado promissor, gera empregos em muitas áreas e vai muito além do que vemos nas passarelas.

São inúmeras as funções que um profissional da Moda pode assumir. Vamos conhecer algumas das principais:

1. Estilista

O estilista é o profissional que trabalha na criação de peças para vestuário: roupas, sapatos, joias e outros acessórios.

Ele pode, por exemplo, trabalhar em um ateliê, criando peças únicas e desenhando modelos exclusivos para seus clientes, como roupas de festa, casamento, coleções para desfiles, etc.

Na área de desenvolvimento de produtos, o estilista cria peças que serão produzidas em série (em grande quantidade) e serão vendidas em lojas. Ele pode escolher um segmento específico para atuar, ou seja, criar apenas bolsas, calçados, moda infantil ou então trabalhar apenas com jeans, tricô ou com desenvolvimento de estampas.

A criação de tecidos é outra área em que o estilista pode atuar, desenvolvendo novas tramas, texturas e tipos de bordado.

2. Produtor de Moda

O produtor de moda trabalha com a divulgação de peças já prontas de vestuário. Ele define a melhor estratégia para promover uma determinada marca ou coleção, seja uma propaganda na TV, um catálogo impresso, uma postagem em um blog de Moda, etc.

Uma vez definida a forma de divulgação, ele cuida de todos os aspectos envolvidos na sua produção: escolhe as modelos, contrata maquiador e cabeleireiro, define o cenário onde serão feitas as fotos ou filmagens, coordena a equipe e determina a ordem em que as roupas serão apresentadas, entre outras atividades.

Alguns veículos de comunicação, como revistas, blogs ou programas de TV, contratam produtores de moda para criarem editoriais juntamente com sua equipe de jornalismo. A equipe define qual será o tema da matéria e sobre o que os jornalistas irão escrever, enquanto o produtor de moda fica responsável por selecionar as roupas e acessórios, definir o visual das modelos e prepará-las as para a sessão de fotos ou vídeos.

O setor da publicidade e propaganda utiliza os serviços de produtores de moda para definir como os atores estarão vestidos em comerciais de TV ou produções fotográficas para revistas, jornais, outdoors, etc.

3. Consultor de Moda

O consultor de moda ajuda as empresas a definirem o estilo da sua marca e de suas coleções. Ele trabalha junto ao o setor de criação e auxilia os estilistas a elaborarem peças de vestuário que estejam dentro da proposta solicitada.

4. Consultor de Imagem

O consultor de imagem ajuda empresas ou pessoas a desenvolverem sua imagem, seu estilo.

A consultoria de imagem pessoal tem o objetivo de ensinar as pessoas a se vestirem, seja para participar de eventos sociais, trabalhar ou em seu dia-a-dia. Este consultor pode também elaborar um plano de marketing pessoal que envolve, além da escolha das roupas, algumas noções de etiqueta e comportamento.

Nesta área encontramos o profissional que atua como personal stylist, orientando seus clientes sobre o caimento das roupas e qual modelagem fica melhor com seu tipo físico. Temos também o personal shopper, que acompanha as pessoas na hora de comprar roupas ou simplesmente realiza as compras em seu lugar.

A consultoria de imagem corporativa atende empresas e auxilia os administradores a melhorar a imagem de seus funcionários, definindo um uniforme ou estabelecendo algumas regras sobre como se vestir, arrumar o cabelo ou usar maquiagem.

5. Figurinista

O figurinista é quem escolhe as roupas de personagens de novelas, filmes ou seriados. Pode parecer uma função simples, mas definir um visual adequado para cada personagem exige muita pesquisa sobre a época em que se passa a história e o caráter daquela pessoa.

O visual dos atores é tão importante nestas produções artísticas que personagens de novelas e filmes acabam ditando moda e existe até um Oscar de melhor figurino.

6. Comprador de Varejo

As grandes lojas de roupas e acessórios contratam profissionais da Moda para pesquisarem tendências mundiais e selecionarem as peças que serão vendidas na loja, buscando os melhores preços, qualidade e beleza.

O comprador de varejo entra em contato com fornecedores e estabelece parcerias com grandes estilistas.

Onde estudar Moda

As faculdades de Moda possuem objetivos diferentes. Algumas procuram formar estilistas, outras possuem um enfoque voltado para um setor específico desta indústria. É importante verificar a grade curricular do curso antes de se matricular.

Conheça algumas das principais faculdades de Moda reconhecidas pelo MEC:

Veja também:

Faculdade de Moda

Ficou interessado em seguir uma profissão ligada à Moda? Qual delas chamou mais sua atenção? Conte para a gente aqui nos comentários!