Os dentistas estão sorrindo à toa. Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea) recentemente apontou a profissão entre as mais bem pagas do País.

As razões para isso são muitas. Além da área ter expandido muito seu campo de atuação nos últimos anos, a evolução nas condições de vida do brasileiro permitiu que boa parte da população pudesse cuidar melhor dos dentes.

Não é de se espantar, portanto, que o Brasil tenha o maior número de dentistas do mundo! Quase 20% de todos os profissionais dessa área existentes no planeta estão aqui. São quase 300 mil!

Descubra a seguir qual o salário de um dentista e as melhores dicas para quem quer cuidar do sorriso dos outros!

Média salarial de um dentista

O salário dos dentistas pode variar bastante dependendo da especialidade. De acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, esses profissionais recebem, em média, R$ 3.106 por mês.

No Rio de Janeiro, o dentista recebe cerca de R$ 3.400. Em São Paulo, estado que concentra a maior quantidade desses profissionais no País, a média cai para R$ 2.939.

Em outras especialidades, os salários são os seguintes:

  • Endodontista (tratamento de canal): R$ 2.463
  • Ortodontista (que coloca aparelho nos dentes): R$ 3.900
  • Ortopediatra (que trata de crianças): R$ 3.150
  • Dentista Auditor: R$ 3.170
  • Cirurgião Dentista: R$ 3.106

Os salários não parecem tão bons quando comparados aos da pesquisa do Ipea, que aponta o valor médio como sendo R$ 5.367.

É que a Catho só considera o salário de um dos empregos dos dentistas. Sabemos que esses profissionais podem atuar em diferentes clínicas e consultórios ao mesmo tempo, por isso os valores reais tendem a ser bem mais altos.

Outra pesquisa, do Banco Nacional de Empregos (BNE), traz perspectivas bem mais animadoras, com salários que variam de acordo com o tempo de experiência e podem chegar a R$ 10.000.

Veja alguns exemplos:

  • Recém-formado: de R$ 2.403 a R$ 4.062
  • 2 a 4 anos de experiência: de R$ 3.000 a R$ 5.078
  • 4 a 6 anos de experiência: de R$ 3.756 a R$ 6.347
  • 6 a 8 anos de experiência: de R$ 4.695 a R$ 7.934
  • Mais de 8 anos de experiência: de R$ 5.868 a R$ 9.918

Em outras especialidades também encontramos boas médias salariais:

  • Implantodontista: R$ 6.262
  • Endodontista: R$ 5.658
  • Dentista Auditor: R$ 5.306
  • Periodontista: R$ 4.178

Salário mínimo de um dentista

Há um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados que tenta estabelecer um novo piso salarial para médicos e dentistas. Pelo PL 765/2015, o salário mínimo desses profissionais saltaria para R$ 10.500 por 20 horas semanais.

Hoje, médicos e dentistas são regidos pela antiga Lei 3999/1961, que estabelece vencimentos de até 3 salários mínimos para 20 horas semanais. Junto a este valor há ainda o adicional de insalubridade, além de outros benefícios e gratificações.

Como muitos dentistas trabalham em consultórios próprios, a maioria não tem salário fixo. Alguns sindicatos disponibilizam tabelas de referência de procedimentos, com valores para as atividades mais comuns. Os números mudam de estado para estado e, às vezes, entre um sindicato e outro da mesma cidade.

Concursos públicos para dentistas

Há um bom número de concursos públicos para dentistas, principalmente para quem quer atuar em cidades menores do interior do País. Os salários variam bastante, dependendo do tempo de trabalho e do porte do município. Separamos alguns exemplos para você ter uma ideia:

  • Aeronáutica do Brasil: R$ 7.200
  • Polícia Militar de São Paulo: R$ 5.897
  • Prefeitura de Guaporema (PR): R$ 3.414
  • Prefeitura de Gaspar (SC): R$ 3.179
  • Prefeitura de Osasco (SP): R$ 3.100

A carreira de dentista

A carreira de dentista é regulamentada. Isso quer dizer que o exercício da profissão é exclusivo de quem tem diploma em curso superior de Odontologia e registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO) do estado onde atua.

Nos últimos anos, a Odontologia passou a ser encarada como uma questão de saúde pública – e isso ampliou bastante as opções de trabalho para os profissionais da área.

Embora seja uma profissão em alta, a concorrência é acirrada – especialmente na região Sudeste. O Estado de São Paulo abriga, sozinho, cerca de 30% de todos os dentistas em atividade no País!

Ou seja, quem quiser se destacar no mercado de trabalho precisa correr atrás de especializações, pesquisar novas áreas de atuação ou técnicas inovadoras de Odontologia.

Onde estudar para ser dentista

No Brasil não faltam opções para quem quer ser dentista. São mais de 220 faculdades de Odontologia espalhadas pelas cinco regiões do País.

O curso é um bacharelado de cinco anos de duração e oferecido apenas na modalidade presencial.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Odontologia:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Quanto custa estudar Odontologia?

Interessado na carreira de dentista? Conte o que achou dos salários nos comentários!