Com um mercado amplo e salários que podem chegar a R$ 30.000, o farmacêutico pode trabalhar em drogarias e farmácias, indústrias, centros de pesquisa ou laboratórios de análises clínicas e toxicológicas, só para citarmos algumas opções.

É uma profissão que continua a crescer no País, independentemente da crise econômica. Farmácia aparece, inclusive, na lista das carreiras que mais contrataram gente no País nos últimos anos, segundo um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Descubra a seguir quanto ganha um farmacêutico em diversas áreas de atuação e como identificar as oportunidades mais interessantes para quem quer seguir esta carreira!

Salário médio de um farmacêutico

No Brasil, um farmacêutico recebe em média R$ 3.821, de acordo com o Site Nacional de Empregos (Sine). Os salários podem variar de R$ 1.800 a mais de R$ 7.000, dependendo do tempo de experiência do profissional.

Segundo o Sine, quem investir em capacitação para ocupar vagas em empresas de grande porte tem mais chances de turbinar a remuneração.

Mas há oportunidades de todos os tamanhos. Veja a seguir quanto empresas de diferentes portes têm pago aos farmacêuticos no Brasil. Os valores mais baixos mostram o rendimento de profissionais em início de carreira. Os mais altos, de farmacêuticos com mais de 8 anos de experiência:

  • Empresas de pequeno porte: de R$ 1.881 a R$ 4.593
  • Empresas de médio porte: de R$ 2.445 a R$ 5.971
  • Empresas de grande porte: de R$ 3.179 a R$ 7.762

Outras especializações ou cargos da Farmácia pagam salários diferentes (alguns bem mais rentáveis):

  • Diretor Farmacêutico: entre R$ 5.974 e R$ 15.145
  • Gerente de Farmácia: entre R$ 1.797 e R$ 11.554
  • Farmacologista: entre R$ 1.681 e R$ 6.936

A Catho traz um panorama mais modesto para o farmacêutico no Brasil. O salário médio apresentado é de R$ 2.762, com oscilações entre R$ 2.240 e R$ 3.600.

Os setores que têm oferecido as melhores oportunidades são:

  • Administração e Participação
  • Comércio Varejista
  • Farmacêutica
  • Logística
  • Informática

Em outras especializações e funções que um farmacêutico pode exercer, os salários são os seguintes:

  • Coordenador de Laboratório: R$ 3.744
  • Farmacêutico Hospitalar: R$ 3.038
  • Supervisor de Farmácia: R$ 2.855
  • Farmacêutico Bioquímico: R$ 2.765
  • Farmacêutico Industrial: R$ 2.400

Os estados que oferecem melhor remuneração aos farmacêuticos são, segundo a Catho, a Bahia e o Pará. Aqui, a média fica acima de R$ 3.000 e é bem mais alta que nos estados do Sul e do Sudeste. Veja alguns exemplos:

  • Bahia: R$ 3.205
  • Pará: R$ 3.200
  • Santa Catarina: R$ 2.867
  • Minas Gerais: R$ 2.800
  • Espírito Santo: R$ 2.761
  • São Paulo: R$ 2.741
  • Goiás: R$ 2.653
  • Rio Grande do Sul: R$ 2.633
  • Mato Grosso: R$ 2.572
  • Paraná: R$ 2.530
  • Rio de Janeiro: R$ 2.391

Melhores oportunidades para farmacêuticos

De acordo com o levantamento do site de carreira Love Mondays, é possível encontrar ganhos interessantes em indústrias e laboratórios de grande porte no País.

Veja onde estão os melhores salários para o farmacêutico:

Acima de R$ 10.000

  • Indústria de bebidas
  • Laboratórios de análises clínicas de grande porte
  • Hospitais de grande porte

Entre R$ 7.000 e R$ 10.000

  • Órgãos públicos
  • Universidades federais
  • Institutos de pesquisa
  • Hospitais

Até R$ 7.000

  • Empresas farmacêuticas
  • Órgãos públicos
  • Hospitais de médio porte

Em outro levantamento, a Revista Exame traz dados ainda mais animadores. Aqui a oportunidade é para farmacêuticos que trabalham na indústria e têm habilidades em gestão, negociação e vendas. Os salários podem ser bem polpudos, na casa dos R$ 30 mil!

Veja quais são os cargos mais quentes de acordo com a revista:

Salário: R$ 30.000

Gerente de Farmaeconomia – é o farmacêutico que elabora estudos sobre o impacto de diferentes medicamentos em pacientes e apresenta o resultado para a indústria.

Salário: R$ 25.000

Gerente de Acesso ao Mercado Público – é o profissional da indústria que lida diretamente com o Governo (o maior cliente do Brasil), participa de licitações e apresenta soluções.

Salário de até R$ 20.000

Gerente de Educação Médica – é aquele profissional super especializado em determinado medicamento. Sua função é explicar o uso e aplicação daquele fármaco para profissionais da saúde.

Piso salarial do farmacêutico

Os farmacêuticos não contam com um piso salarial único em todo o Brasil. Os valores variam bastante de cidade para cidade, pois são definidos localmente por acordos coletivos firmados entre sindicados e empregadores.

Há um Projeto de Lei (PL 5359/2009) em andamento na Câmara dos Deputados para fixar o piso salarial do farmacêutico em 10 salários mínimos. Atualmente o PL aguarda parecer e não tem previsão de ser aprovado.

Concurso público para farmacêuticos

Os concursos para farmacêuticos não são muito frequentes e, na maioria dos casos, pagam salários dentro da média de mercado.

A maioria das oportunidades está em prefeituras do interior do País. Mas é bom ficar de olho, porque às vezes aparecem vagas em órgãos federais (como você vai ver abaixo), com salários bem melhores:

  • Força Aérea Brasileira (FAB): R$ 7.200
  • Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina: R$ 2.836
  • Prefeitura de Saldanha Marinho (RS): R$ 2.467
  • Prefeitura de Pratânia (SP): R$ 1.816
  • Prefeitura de Recreio (MG): R$ 1.804

Onde estudar para ser farmacêutico

Farmácia é uma profissão regulamentada por lei. Para exercer a atividades nesta área é necessário ter um diploma superior emitido por uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e registro profissional junto ao Conselho Regional de Farmácia (CRF). A faculdade é do tipo bacharelado e tem duração média de cinco anos.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer a graduação em Farmácia:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Faculdade de Farmácia

Está pensando em entrar no mercado como farmacêutico? Conte para a gente nos comentários!