O trabalho da secretária (ou secretário) evoluiu muito nos últimos anos. Já não há mais tanto espaço para aquela figura quase decorativa, que apenas anotava recados, servia cafezinho e resolvia assuntos pessoais dos chefes. O mercado hoje exige formação, dinamismo e profissionalismo.

Tanto que as vagas em curso superiores para formar profissionais da área de Secretariado cresceram muito nos últimos anos. Afinal, é uma atividade que precisa acompanhar de perto o crescimento e desenvolvimento das empresas brasileiras.

Secretários podem ganhar diferentes salários no Brasil. Os mais experientes e com boa formação podem chegar a receber mais de R$ 8.000 em empresas de grande porte.

Veja em detalhes qual o salário de uma secretária (ou secretário) e onde encontrar boas oportunidades para entrar nessa carreira com o pé direito!

Salário médio de uma secretária

O salário de secretariado varia muito de acordo com a formação e o tipo de empresa onde o(a) profissional trabalha.

A média nacional, de acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, é de R$ 1.274, com variações que vão de R$ 780 e alcançam R$ 2.510.

Os setores que pagam acima da média são:

  1. Sindicatos, Associações e ONGs: R$ 1.559
  2. Administração e Participação: R$ 1.535
  3. Engenharia: R$ 1.506
  4. Arquitetura, Paisagismo e Urbanismo: R$ 1.376

Pernambuco é o estado brasileiro com a melhor média salarial entre os locais analisados pela Catho. São Paulo, Ceará e Distrito Federal vêm logo na sequência. As remunerações mais baixas estão nos estados de Goiás e Mato Grosso do Sul, onde os valores não chegam a R$ 1.000. Confira:

  • Pernambuco: R$ 1.288
  • São Paulo: R$ 1.255
  • Ceará: R$ 1.249
  • Distrito Federal: R$ 1.188
  • Rio de Janeiro: R$ 1.187
  • Paraná: R$ 1.164
  • Rio Grande do Sul: R$ 1.155
  • Santa Catarina: R$ 1.137
  • Minas Gerais: R$ 1.123
  • Bahia: R$ 1.110
  • Espírito Santo: R$ 1.048
  • Mato Grosso: R$ 1.028
  • Goiás: R$ 991
  • Mato Grosso do Sul: R$ 861

Geralmente, os salários mais altos vão para quem tem curso superior. Com média salarial nacional de R$ 3.013, quem ocupa o cargo de secretário(a) executivo(a) pode alcançar ganhos ainda mais altos, por volta de R$ 5.200.

Recife lidera a lista das capitais que oferecem os melhores salários às secretárias executivas. Veja onde estão as melhores oportunidades:

  • Recife: R$ 3.194
  • São Paulo: R$ 3.132
  • Rio de Janeiro: R$ 3.059
  • Brasília: R$ 2.831

Já nas diversas áreas do secretariado, o panorama é o seguinte:

  • Secretário(a) Comercial: R$ 1.192
  • Secretário(a) Financeiro(a): R$ 1.572
  • Secretário(a) Escolar: R$ 1.473
  • Recepcionista: R$ 1.093
  • Técnico(a) em Secretariado: R$ 1.418

Uma segunda pesquisa, do Banco Nacional de Empregos (BNE), revela os salários médios e máximos que uma secretária pode receber em diversas funções. Os valores podem superar os R$ 8.000. Confira alguns:

Secretário(a) de Presidência

  • Médio: R$ 4.135
  • Máximo: R$ 8.401

Secretário(a) Executivo(a)

  • Médio: R$ 3.547
  • Máximo: R$ 7.205

Secretário(a) de Diretoria

  • Médio: R$ 3.303
  • Máximo: R$ 6.709

Secretário(a) Bilíngue

  • Médio: R$ 2.535
  • Máximo: R$ 5.149

Secretário(a) Pleno(a) (4 a 6 anos de experiência)

  • Médio: R$ 3.306
  • Máximo: R$ 5.247

Piso salarial das secretárias

Os secretários e secretárias não possuem um piso salarial unificado no País. Os valores variam de cidade para cidade e dependem muito da negociação entre sindicatos e empregadores.

Para saber exatamente qual o piso na sua cidade, entre em contato com o sindicato que rege a empresa onde você trabalha ou pretende trabalhar.

Veja alguns exemplos de piso salarial do secretariado no País:

São Paulo (Sindicato dos Secretários do Estado de São Paulo):

Comércio e Indústria:

  • Nível técnico: R$ 1.238
  • Nível superior: R$ 1.734

Bancos:

  • Nível técnico: R$ 2.011
  • Nível superior: R$ 2.029

Distrito Federal (Sindicato das Secretárias e dos Secretários do Distrito Federal)

Comércio:

  • Nível técnico: R$ 1.200
  • Nível superior: R$ 2.000

Condomínios:

  • Nível técnico: R$ 1.360
  • Nível superior: R$ 1.960

Imobiliárias:

  • Nível técnico: R$ 1.313
  • Nível superior: R$ 1.895

Prestação de Serviços / Terceirizados:

  • Nível técnico: R$ 1.850
  • Nível superior: R$ 3.800 (executivo) a R$ 4.300 (executivo bilíngue)

Concurso público para secretária

Existe uma boa quantidade de concursos públicos para secretárias e secretários, especialmente para ocupar cargos nível médio. Os valores ficam na média de mercado, entre R$ 1.000 e R$ 3.000.

Veja alguns exemplos:

  • Fundação Educacional de Araçatuba (SP): R$ 3.169
  • Ministério Público de Goiás R$ 2.760
  • Universidade Federal de Roraima (UFRR): R$ 1.500
  • Prefeitura de Juiz de Fora (MG): R$ 1.434

Onde estudar para ser secretário(a)

A profissão de secretário(a) é regulamentada no Brasil. Isto significa que para atuar na área é preciso ter feito um curso de Secretariado em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Existem dois tipos de cursos de secretariado no Brasil: o técnico e o superior. O técnico forma profissionais de nível médio. O superior se subdivide em dois tipos: bacharelado, com duração média de quatro anos, e o tecnólogo, com dois.

Alguns cursos de tecnólogo podem ser feitos também a distância!

A graduação pode receber nomes diferentes, como Secretariado Executivo,  Secretariado Bilíngue ou Secretariado Trilíngue.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos de Secretariado:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Secretariado

Está pensando em seguir esta carreira? Conte para a gente o que achou dos salários!