O

curso de Marketing mistura disciplinas de Humanas e Exatas. O aluno

estuda Comunicação, Sociologia, Administração e Psicologia do

Consumidor, ao mesmo tempo em que lida com números, cálculos e

porcentagens.

A empregabilidade é boa, principalmente em empresas

de médio e grande porte dos centros urbanos mais desenvolvidos. Por

isso, o investimento pode valer muito a pena!

Os preços apresentam certa variabilidade, que muitas vezes tem a ver com a região do país onde a faculdade está sediada.

Descubra

agora mesmo os valores das mensalidades e veja como driblar os preços

usando programas de benefícios financeiros ou ainda optando pelo curso a

distância!

Qual o preço da faculdade de Marketing?

A

grande maioria dos cursos universitários de Marketing é oferecida no

grau de tecnologia (ou tecnólogo). Existem também algumas opções de

bacharelado. Sobre eles, falaremos mais adiante.

Uma das

principais características dos cursos superiores de tecnologia é a curta

duração: em cerca de dois anos é possível obter o diploma. O

tecnológico em Marketing é uma graduação prática e objetiva, que prepara

o estudante para assumir postos no departamento de Marketing de uma

empresa ou ainda trabalhar em agências de publicidade e comunicação.

As

mensalidades não são tão altas se comparadas a outros cursos

superiores. Por menos de R$ 600 já começam a aparecer algumas

universidades, a maioria delas na região Nordeste do país. Veja

exemplos:

• Centro Universitário Farias Brito (FBUNI) – Fortaleza (CE)

• Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU) – Aracaju (SE)

• Faculdade de Comunicação e Turismo de Olinda (FACOTTUR)

• Faculdade dos Guararapes (FG) – Jaboatão dos Guararapes (PE)

• Faculdade Santa Helena (FSH) – Recife (PE)

• Universidade Potiguar (UP) – Mossoró (RN)

Nessa mesma faixa de preço, encontramos três instituições do estado de São Paulo:

• Centro Universitário Paulistano (UNIPAULISTANA)

• Faculdade de Santana do Parnaíba (FASP)

• Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino Superior (FAPPES)

A

maioria dos cursos de Marketing, no entanto, se situa entre R$ 600 e R$

800. Muitos deles estão nas regiões Sul e Sudeste, mas também vimos

graduações no Norte, Nordeste e Distrito Federal. Confira algumas

opções:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais  

• Faculdade Cidade Verde (FCV) – Maringá (PR)

• Faculdade de Tecnologia e Ciências do Norte do Paraná (FATECIE)

• Faculdade de Tecnologia Senac (SENAC) – Brasília (DF)

• Faculdade de Tecnologia TecBrasil (FTEC) – Caxias do Sul (RS)

• Faculdade Metropolitana de Manaus (FAMETRO)

• Universidade Anhembi Morumbi (UAM) – São Paulo (SP)

• Universidade da Amazônia (UNAMA) Manaus (AM)

• Universidade Estácio de Sá (UNESA) – Porto Alegre (RS)

• Universidade Guarulhos (UNG)

• Universidade Paulista (UNIP)

• Universidade Salvador (UNIFACS) – Salvador (BA)

Acima dessa média de R$ 800, encontramos: 

• Centro Universitário Uni Carioca (UNICARIOCA)

• Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Belo Horizonte (FACISA-BH)

• Faculdades Integradas ICESP Brasília (ICESP)

• Faculdades Integradas Santa Cruz de Curitiba (SANTA CRUZ)

• Faculdade Promove de Belo Horizonte (PROMOVE)

• Faculdade Rio Branco de São Paulo (RIO BRANCO)

• Faculdade São Judas Tadeu do Rio de Janeiro (SJT)

• Instituto de Educação e Ensino Superior de Campinas (IESCAMP)

• Universidade Castelo Branco do Rio de Janeiro (UCB)

• Universidade Metodista de São Paulo (METODISTA)

Como

já dissemos, além dos cursos superiores de tecnologia, existem também –

em menor número – ofertas de bacharelado em Marketing, muitas vezes

chamados de Propaganda e Marketing ou Comunicação e Marketing.

Esses cursos são mais abrangentes e formam profissionais com uma gama de atuação mais ampla.

A

duração é maior do que a dos tecnológicos e os preços podem ser um

pouco mais altos, mas, no geral, ficam entre R$ 800 e R$ 1.000.

O Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA),

por exemplo, oferece um bacharelado com duração de três anos e meio em

várias cidades da Grande São Paulo e do Vale do Paraíba (SP). No estado

de Minas Gerais, uma opção de bacharelado é a Faculdade Pitágoras.

Um

toque importante: nunca se esqueça de verificar se a faculdade e o

curso estão credenciados pelo Ministério da Educação (MEC). Só o aval do

MEC pode garantir a validade do diploma em todo o território nacional.

Dá para estudar Marketing pagando menos sem perder qualidade?

Sim, é claro que dá! Preste atenção em nossas dicas:

Programas do governo: o governo federal tem duas boas opções de

benefícios financeiros para estudantes de baixa renda. Um deles é o

ProUni, que distribui bolsas de estudo de 50% e 100%. O outro é o FIES,

um programa de financiamento das mensalidades. Nos dois casos, o

candidato tem que ter prestado o Enem, pois os pontos obtidos no Exame

são usados como critério de classificação.

• Programas privados: além

das iniciativas governamentais, muitas universidades particulares

costumam trabalhar também com programas privados de bolsas de estudo,

descontos e financiamentos. Nesse caso, você deve consultar diretamente a

instituição para ver as opções disponíveis.

• Marketing a distância:

os cursos superiores de Marketing na modalidade a Distância (EAD) são

mais acessíveis do que os presenciais – entre R$ 300 e R$ 400 há

inúmeras opções. Se a faculdade for reconhecida pelo MEC, o diploma vai

ter a mesma validade do presencial.

Veja sugestões de

faculdades bem avaliadas pelo MEC que oferecem graduação em Marketing a

distância, além de terem programas de bolsas, financiamentos, descontos e

convênios que facilitam a vida do estudante:

Veja também:

Faculdade de Marketing

O que achou dos preços de Marketing? Já tem alguma faculdade em vista? Deixe seus comentários!