Administração é uma das graduações mais versáteis. Quem se forma nessa área tem uma das maiores opções de atuação que o mercado conhece.

Se não acredita, tente responder a esta simples pergunta: você conhece algum tipo de empresa ou empreendimento que não precise de um administrador? Esses profissionais podem ser encontrados em lugares totalmente diversos, como hospitais, clubes noturnos, restaurantes, agências de turismo, escolas, serviço público, padarias, indústrias, multinacionais... e a lista não para.

Não é por acaso que Administração é o segundo curso com mais alunos matriculados no Brasil!

Se você pretende seguir essa carreira, temos uma boa notícia: não é preciso estudar tanto tempo assim até obter o diploma. Com um pouco de paciência e dedicação, logo você consegue garantir seu lugar no mercado de trabalho.

Para saber por quantos anos você terá que estudar Administração, fique ligado. Vamos responder a essa questão e muitas outras a seguir.

Quanto tempo dura o curso de Administração?

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o tempo mínimo para fazer o curso de Administração é de quatro anos. Esse é o período necessário para cumprir as 3.000 horas mínimas determinadas por lei para formar administradores.

Há faculdades que podem ter uma carga maior, mas é proibido oferecer a graduação em Administração com menos tempo que isso. Portanto, desconfie se encontrar alguma instituição que oferece formação mais rápida nesse curso – provavelmente o diploma não terá reconhecimento legal pelo MEC.

Sem o reconhecimento do MEC, seu investimento de tempo e dinheiro terá sido em vão. Somente um diploma oficial vai permitir atuar formalmente na área, entrar em pós-graduações ou fazer concurso público para vagas de nível superior.

Quatro anos não é tanto tempo assim, mas muita gente tem pressa de entrar logo no mercado de trabalho. Será que não existe mesmo alguma alternativa legal, reconhecida pelo MEC, de fazer Administração em menos tempo? Quem sabe fazendo um curso a distância?

Essa dúvida a gente tira a seguir!

Quanto tempo dura o curso de Administração a distância?

Os cursos a distância têm como principal vantagem a flexibilidade de estudos. Os alunos matriculados nessa modalidade podem acompanhar as disciplinas de casa, no horário que for mais conveniente, concluir as lições entre uma atividade e outra, etc.

Isso facilita muito a vida das pessoas que precisam trabalhar e estudar ao mesmo tempo, ou que têm que conciliar a formação com alguma outra atividade.

Tanta facilidade pode gerar dúvidas em quem está se planejando para fazer Administração. Se dá para estudar de casa, posso dar uma acelerada e me programar para adiantar os estudos? Será que dessa forma posso terminar o curso mais cedo?

A verdade é que não é possível. Os cursos a distância precisam seguir a mesma carga horária e sequência dos presenciais – ou seja: é preciso cumprir os mesmos quatro anos, no mínimo.

A diferença está apenas no formato em que os conteúdos são apresentados.

Os cursos presenciais você já sabe como funciona. É aquele formato que a gente está acostumado a lidar desde criança.

Nas graduações a distância, o cenário é bem diferente. Os alunos estudam pela internet, em um ambiente virtual. Lá eles encontram todos os conteúdos necessários para fazer as disciplinas do curso: vídeos, textos, animações, listas de tarefas, ferramentas de comunicação com professores e tutores, chats, fóruns e muito mais.

É preciso sempre reservar um tempinho para atividades presenciais, que acontecem nos polos de apoio. A frequência dos encontros pode variar de acordo com o tipo de curso que você escolher – de poucas vezes por semestre a alguns dias por semana.

O diploma de Administração a distância obtido em um curso reconhecido pelo MEC vale tanto quanto o presencial. E talvez você não saiba, mas a informação sobre a modalidade do curso (presencial ou a distância), nem sequer aparece no documento.

O que você precisa saber sobre o curso de Administração

Ao longo dos quatro anos de estudos, o aluno de Administração vai se deparar com muitas matérias nas áreas de Direito, Economia, Sociologia, Psicologia, Matemática e Contabilidade.

O estágio é obrigatório e várias universidades oferecem a oportunidade de participar de empresas juniores – aquelas que oferecem serviços à população e preparam o estudante para ingressar no mercado de trabalho.

A ideia geral do curso é formar um profissional com visão de negócio, capaz de atuar em diferentes setores econômicos, que vão desde a administração pública, comércio e serviços, até as consultorias empresariais e gestão de negócios próprios.

Ultimamente os cursos têm abordado aspectos muito valorizados no mercado de trabalho, como capacidade de se comunicar, liderança, gestão de pessoas, motivação e senso de oportunidade.

Como estamos falando de uma área extremamente competitiva (o curso só perde para Direito em número de alunos matriculados), é importantíssimo buscar diferenciais ainda na própria faculdade. Dominar outro idioma e começar a planejar pós-graduações, por exemplo, são um bom começo.

Existem cursos superiores mais curtos na área de Administração?

Bom, não dá para fazer o bacharelado em Administração em menos de quatro anos. Isso é fato.

Mas o que talvez você não saiba é que existe uma série de outras graduações na área que podem ser feitas em metade do tempo – sim, metade! Estamos falando dos cursos superiores de tecnologia, ou tecnólogos.

Eles são ideais para quem quer entrar mais rapidamente no mercado de trabalho e não se importa de trabalhar em um campo de atuação mais restrito do que o do administrador.

Muitos cursos de tecnólogo na área de Administração tem carga horária de 1.600 horas. Eles devem ser feitos em, no mínimo, dois anos de estudos.

Tem curso nas principais áreas da profissão, como Finanças, Comércio Exterior, Marketing, etc.

Dê uma olhada em algumas das opções disponíveis hoje no Brasil:

• Comércio Exterior

• Comunicação Institucional

• Gestão Comercial

• Gestão da Qualidade

• Gestão de Cooperativas

• Gestão de Recursos Humanos

• Gestão Financeira

• Gestão Pública

• Logística

• Marketing

• Processos Gerenciais

• Secretariado

Os cursos de tecnólogo podem ser feitos tanto presencialmente quanto a distância. O diploma é de nível superior, o que permite disputar empregos na área, fazer concursos públicos e entrar em pós-graduações.

Onde estudar Administração?

O curso de Administração pode ser encontrado em mais de 1.500 faculdades espalhadas por todo o País. Isso significa que você não terá qualquer problema de encontrar um lugar para estudar.

A oferta é tanta que, por ano, são abertas mais de 500 mil vagas só nesse curso. A imensa maioria delas, cerca de 95%, está nas faculdades particulares.

Além disso, os cursos de Administração a distância conseguem chegar até as menores cidades, nas regiões mais remotas do Brasil. Eles são responsáveis por uma parte considerável dessa gigantesca oferta de vagas.

O segredo para fazer um bom curso de Administração é ingressar em uma faculdade bem avaliada pelo Ministério da Educação. Só isso irá garantir que seu diploma vai se destacar no mercado de trabalho.

Em meio a tantas opções, encontrar a faculdade ideal pode ser um desafio. Pensando nisso, a gente foi atrás de algumas instituições bem avaliadas que oferecem o curso de Administração em diversos formatos e em inúmeras cidades pelo país.

Elas também têm a maioria dos cursos de tecnólogo na área.

Dê uma olhada no que a gente encontrou:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Estácio de Sá (UNESA) 

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 

Universidade de Franca (UNIFRAN) 

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Veja também:

Que nota preciso tirar no ENEM pra passar em Administração

Está pensando em fazer Administração? Conte para a gente em qual faculdade você quer tentar vaga!