Interessado em ingressar na área de Sistemas para Internet? Neste artigo, você conhece mais sobre essa profissão e descobre como é o curso da área. Confira!

O que faz o profissional de Sistemas para Internet?

Os especialistas em Sistemas para Internet são os responsáveis pelo desenvolvimento de todos os tipos de sistemas no ambiente da web, como sites, portais, plataformas e aplicativos.

Com conhecimento em programação, eles podem planejar, criar, configurar, implementar e gerenciar páginas da internet e intranet, sites de comércio eletrônico, servidores, banco de dados e aplicativos para celular.

Veja algumas das atribuições dos tecnólogos em Sistemas para Internet descritas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO):

  • Projetar soluções de tecnologia da informação, identificando a necessidade do cliente e desenhando diagramas de arquitetura;
  • Desenvolver e implantar sistemas de tecnologia da informação, dimensionando requisitos e funcionalidades dos sistemas;
  • Administrar e estabelecer padrões para ambiente de TI;
  • Elaborar planejamento e execução de testes dos sistemas;
  • Prestar suporte técnico ao cliente;
  • Elaborar documentação técnica;
  • Pesquisar inovações tecnológicas.

Como é o curso de Sistemas para Internet?

Para ingressar na área de Sistemas para Internet, é preciso se formar na área de Tecnologia da Informação (TI). Uma das opções é o curso que carrega o nome da área, a graduação em Sistemas para Internet.

O curso de Sistemas para Internet é um tecnólogo, ou seja, um curso mais prática, de curta duração e com foco no mercado de trabalho. O tecnólogo de Sistemas para Internet dura de 2 a 3 anos e tem estágio obrigatório.

Durante o curso, os estudantes não veem somente conteúdos de tecnologia e programação, eles também estudam sobre criação, marketing, comunicação e gerenciamento. No Catálogo Nacional de Cursos Superiores, criado pelo Ministério da Educação (MEC), são listadas as principais competências que os alunos desenvolvem no curso, veja: 

  • Desenvolver programas, interfaces, aplicativos, páginas e portais para internet e intranet;
  • Gerenciar projetos de sistema;
  • Cuidar da implantação, atualização, manutenção e segurança dos sistemas para internet;
  • Utilizar metodologias e ferramentas adequadas para o desenvolvimento das aplicações;
  • Elaborar e estabelecer diretrizes para a criação de interfaces adequadas à aplicação de acordo com características, necessidades e público-alvo;
  • Vistoriar, realizar perícia, avaliar, emitir laudo e parecer técnico.

Agora, confira algumas disciplinas do curso de Sistemas para Internet:

  • Análise de Sistemas Web;
  • Computação Gráfica;
  • Economia e Mercado;
  • Estatística;
  • Fundamento de Banco de Dados;
  • Fundamentos de Redes Dados e Comunicação;
  • Fundamentos de Sistemas Operacionais;
  • Gerenciamento de Projetos Web;
  • Lógica;
  • Matemática para Computação;
  • Programação em Banco de Dados;
  • Segurança para Internet;
  • Serviços Web;
  • Ética e Legislação Profissional.

A graduação em Sistemas para Internet tem muita semelhanças com outros cursos da área, como Análise e Desenvolvimento de Sistemas. O diferencial do curso de Sistemas para Internet é que ele foca no desenvolvimento no ambiente web, enquanto os outros tratam de programação de softwares em geral.

Quais as áreas de atuação de Sistemas para Internet?

A área de Sistemas para Internet exige um profissional analítico, com raciocínio lógico, voltado para a resolução de problemas, organizado e responsável. Também é importante dominar programação, banco de dados e inglês.

Com esses conhecimentos prévios, eles podem trabalhar nas áreas de desenvolvimento e manutenção de sites, como desenvolvedor web; administração de sites, como webmaster; e criação de interfaces gráficas em web sites, como web design. Eles também podem atuar com Segurança da Informação na Web e Sistemas ERP (Enterprise Resource Planning, ou seja, Planejamento de Recursos Empresariais).

Quanto ganha o profissional de Sistemas para Internet?

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), levantados pela plataforma Salario.com.br, a média salarial de um tecnólogo em Sistemas para Internet no Brasil é de R$ 5.623,98.

A faixa salarial desses profissionais fica entre R$ 4.969,00 e R$ 13.707,36, o teto salarial da profissão. Um recém-formado na área começa ganhando em média R$ 3.892,59 por mês. No setor público, onde os salários costumam ser maiores, a média é de R$ 6.773,39 mensais.

Onde estudar Sistemas para Internet?

Infelizmente, o curso de Sistemas para Internet não é oferecido por muitas instituições de ensino do país. Algumas instituições que oferecem o curso são a Cruzeiro do Sul Virtual e a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID).

Mas, existem outras opções de cursos para quem deseja ingressar nessa área. De acordo com os dados do CAGED, as formações superiores mais comuns dos profissionais de Sistemas para Internet são Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciências da Computação e Sistemas de Informação

Dê uma olhada em outras opções de graduações tecnológicas e bacharelados na área de tecnologia:

Se interessou por algum desses cursos? Além de escolher a graduação que mais combina com você, também é importante selecionar bem a instituição que você pretende ingressar, conferindo sua estrutura e suas avaliações dadas pelo MEC.

Existem faculdades privadas oferecem ótimos descontos e ingresso sem burocracia, com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou vestibular próprio. Veja algumas instituições bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, no ensino presencial e a distância:

Leia também: 5 Melhores Cursos para quem gosta de Tecnologia 

E você, já pensou qual dessas graduações você quer cursar? Conta para a gente nos comentários abaixo!