A dez dias para o fim das inscrições do Enem, as amigas Lorena Perini e

Beatriz Fernandes de Melo Silva, ambas com 17 anos, ainda não

conseguiram confirmar a participação no exame. Tentativas não faltaram.

Desde a abertura do prazo, elas tentam concluir o cadastro pela

internet, sem sucesso.

"Logo depois de responder à

primeira pergunta, aparece na tela a mensagem ‘processando’, e o

cadastro não avança", explica Beatriz.

As alunas, assim como outros colegas do ensino médio na rede

particular, acreditam que a dificuldade em concluir a inscrição seja

resultado do grande número de acessos à página da internet

(http://enem.inep.gov.br/inscricao). Neste ano, a web é o único caminho

para quem quer fazer a inscrição no Enem. Até o ano passado, também era

possível preencher um formulário e enviá-lo pelos Correios.

Por ora, o governo federal mantém o cronograma. A assessoria de

imprensa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Anísio Teixeira (Inep) informa que desconhece o problema, mas não

descarta a possibilidade de ampliar o prazo, se necessário. A

orientação é que os estudantes entrem em contato com o Fala Brasil,

pelo telefone 0800 61 61 61.

Beatriz mobilizou a família para tentar garantir uma vaga na prova.

"Tento fazer a inscrição todos os dias pela manhã, antes de ir para a

escola; minha mãe tenta à tarde; e eu volto a acessar o site à noite;

inclusive, nos finais de semana. Vou tentar o curso de Engenharia

Química em várias universidades que utilizam a prova do Enem e estou

preocupada. Conheço pessoas que estão na mesma situação e outras que já

conseguiram", conta.

Lorena, candidata ao curso de Psicologia, diz que seu pai já tentou

fazer a inscrição para a estudante até de madrugada, mas também não

conseguiu. "Fiz meu CPF só para participar do Enem e até agora não

consegui me inscrever", lamenta.

O problema também atinge estudantes da rede pública. Danieli Alvernaz,

17, aluna do 3º ano da rede estadual e candidata ao curso de Engenharia

Civil diz que ficou na internet das 7h às 21h para concluir o cadastro.

"Além de travar, tive dúvidas sobre o código da escola", lembra.

As inscrições

6 milhões previstos

Era o número inicialmente previsto de inscritos no Enem 2009, de acordo

com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio

Teixeira (Inep).

2.442.191 até ontem

Era o número de inscrições do Enem registradas até ontem à tarde, de

acordo com o Inep. Dessas, 61.231 haviam sido feitas por estudantes do

Espírito Santo.

Alunos podem enfrentar outros problemas

O cadastro não é o único obstáculo para quem deseja fazer o exame. A

Secretaria Estadual de Educação (Sedu) admitiu, em junho, que

estudantes do ensino médio que trocaram de escola ou não estiveram

matriculados em 2008 poderiam enfrentar problemas. O governo federal

estava utilizando os dados do Censo Escolar 2008. Na ocasião, a dica

para os alunos foi fazer inscrição como "aluno concluinte". Eles também

deveriam informar a situação à escola atual. A Sedu esclarece que o

processo é controlado pelo Inep, portanto não saberia informar com que

frequência isso aconteceu. Informou, apenas, que as reclamações podem

ser feitas pelo Fala Brasil (0800 61 61 61).

Por dentro do Enem

Data. As inscrições do Enem podem ser feitas até as 23h59 do dia 17 de julho, pela internet (http://enem.inep.gov.br/inscricao)

Valor. A taxa de inscrição é de R$ 35,00. O pagamento poderá ser feito em qualquer agência bancária

Isenção.

Serão isentos do pagamento da taxa os concluintes do ensino médio

matriculados em escolas públicas e todos os participantes do Encceja,

nos anos de 2006, 2007 e 2008. Também têm direito à isenção os

candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do

governo federal (CadÚnico) ou que forem membros de famílias de baixa

renda

Provas. O exame será realizado nos dias 3 e 4

de outubro. No primeiro dia, serão aplicadas as provas de Ciências da

Natureza e de Ciências Humanas, das 13h às 17h30. No segundo dia, as de

Matemática e de Linguagens e a redação, das 13h às 18h30

Questões. A prova terá 180 questões objetivas, sendo 45 questões para cada área de conhecimento, e uma redação

Resultado. A nota da prova objetiva será divulgada em 4 de dezembro

Ufes.

A segunda etapa do vestibular acontece entre 13 e 15 de dezembro. O

Enem será utilizado para classificar o aluno para a segunda etapa, mas

a nota não será levada em conta na soma de pontos