Se você quer garantir sua participação no Enem 2020, é preciso ficar de olho no prazo de inscrição e demais datas. Vamos mostrar no artigo quando ocorrerá cada etapa do exame em 2020, para você não correr o risco de ficar de fora!

Após fazer as provas do Enem, você poderá usar seu resultado para participar dos programas Sisu, ProUni e FIES ou entrar sem vestibular em uma faculdade privada com direito a bolsa de estudos, como veremos adiante.

Mas, para aproveitar essas oportunidades, você precisa dar o primeiro passo, que é se inscrever no Enem 2020. Veja agora mesmo como fazer!

Como se inscrever no Enem 2020

As inscrições para o Enem 2020 devem ser feitas pelo site oficial do Enem, na Página do Participante.

Para se inscrever, é preciso ter em mãos o número do CPF, RG, o endereço com CEP, além de um e-mail e telefone válidos para contato. Durante a inscrição, o candidato deverá cadastrar uma senha, que será usada para acompanhar sua participação no Enem.

Veja agora o passo a passo da inscrição:

  • Acesse a Página do Participante.
  • Resolva o desafio (selecione a palavra correspondente à imagem apresentada).
  • Informe o número do seu CPF.
  • Informe sua data de nascimento.
  • Confirme os dados pessoais apresentados.
  • Preencha as informações pessoais solicitadas.
  • Informe seu endereço com CEP.
  • Informe se precisa de atendimento especial nos dias de provas.
  • Escolha a opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol).
  • Escolha o estado e município onde realizará as provas.
  • Preencha as informações sobre o ensino médio.
  • Preencha o questionário socioeconômico.
  • Informe os dados de contato e cadastre sua senha.
  • Confira todos os dados e confirme o envio da inscrição.
  • Imprima o boleto da taxa de inscrição, que deve ser pago até a data de vencimento especificada (caso não tenha obtido a isenção)

Prazo de inscrição

É provável que o prazo de inscrição para o Enem 2020 comece no dia 4 de maio e termine no dia 15 de maio de 2020

Essa é uma data estimada, calculada com base no cronograma anterior, já que o Inep, órgão responsável pelo Enem, ainda não divulgou o calendário oficial.

Taxa de inscrição

Para fazer a prova do Enem, é preciso pagar uma taxa de inscrição, que em 2020 deve custar em torno de 87 reais (valor exato ainda não divulgado).

Solicitação de isenção da taxa de inscrição

Como vimos, é preciso pagar uma taxa para fazer o Enem. Porém, é possível solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição.

Mas fique atento, pois o prazo para pedir isenção acontece antes do início das inscrições.

Os pedidos de isenção do Enem 2020 devem ser enviados pelo site do Enem, de 30 de abril a 8 de março de 2020 (data estimada).

Depois, o participante precisa conferir se teve seu pedido de isenção aceito. Caso contrário, será preciso pagar a taxa de inscrição para fazer a prova.

E mesmo quem conseguir a isenção deverá fazer a inscrição normalmente, dentro do prazo estipulado no edital.

O resultado dos pedidos de isenção do Enem 2020 deve ser divulgado no dia 20 de abril de 2020 (data estimada).

Aplicação das provas do Enem 2020

O Inep já confirmou as datas de aplicação das provas do Enem 2020, que neste ano poderão ser de dois formatos: digitais ou impressas.

  • Provas digitais: 11 e 18 de outubro de 2020.
  • Provas tradicionais (impressas): 1º e 8 de novembro de 2020.

Como usar o resultado do Enem 2020

Conheça agora as diferentes opções de como usar sua nota do Enem 2020 para entrar em uma faculdade pública ou particular.

Sisu 2021

Quem tirar nota acima de zero no Enem 2020 poderá participar do Sisu 2021. O Sisu é um sistema online gerenciado pelo MEC por meio do qual universidades públicas do país inteiro ofertam vagas em seus cursos presenciais, selecionando os candidatos pela nota do Enem.

Porém, a chamada nota de corte, que é a nota mínima do Enem para conseguir uma vaga pelo Sisu, pode ultrapassar os 800 pontos em cursos mais disputados, como Medicina e Odontologia.

As inscrições para o Sisu 2021 devem abrir no final de janeiro de 2021, no site oficial do Sisu na internet. Não há taxa de inscrição.

ProUni 2021

Candidatos que obtiverem nota média igual ou superior a 450 pontos no Enem 2020, sem zerar na redação, poderão se inscrever no ProUni 2021. 

O ProUni é um programa do Governo Federal, que oferta bolsas de estudos de 50% e 100% em cursos presenciais e EAD de faculdades particulares, voltado a brasileiros sem diploma de nível superior.

Os candidatos no ProUni também são selecionados pela nota do Enem, e as notas de corte variam conforme o curso e a universidade. Geralmente, as notas de corte ficam acima da pontuação mínima para inscrição (450 pontos).

Além de cumprir os pré-requisitos de inscrição, é necessário atender a pelo menos uma das condições abaixo para ter direito às bolsas do ProUni:

  • Ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola particular.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor em exercício da rede pública na educação básica (somente cursos de licenciatura e, nesse caso, os limites de renda não se aplicam).

Há também limites de renda para cada tipo de bolsa:

  • Bolsas de 50%: renda familiar mensal bruta máxima de até três salários mínimos por pessoa.
  • Bolsas de 100%: renda familiar mensal bruta máxima de até um salário mínimo e meio por pessoa.

As inscrições para o ProUni são gratuitas e devem ser feitas pela internet, no site oficial do programa.

FIES

O FIES é um programa do Governo Federal que oferece financiamentos de cursos superiores presenciais em faculdades privadas a juros baixos ou zero, selecionando os candidatos pela nota do Enem.

Para se inscrever no FIES e tentar um financiamento, o candidato deve ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010, com nota média igual ou superior a 450 pontos e nota acima de zero na redação.

Assim como no Sisu e ProUni, há notas de corte para cada vaga no FIES, variando conforme o curso e a instituição de ensino. As inscrições gratuitas para o FIES costumam abrir no início de fevereiro e devem ser feitas pelo site do programa.

Ingresso direto em faculdades particulares

A nota do Enem também permite entrar direto em cursos presenciais e a distância de faculdades particulares, sem ter que prestar o vestibular interno. Normalmente são aceitas as notas do Enem a partir da edição de 2010.

Nesse caso, a nota mínima do Enem para passar varia bastante conforme o curso e a faculdade, mas em geral, uma nota média acima de 300 pontos, sem zerar na redação, já garante a vaga. 

Muitas faculdades ainda concedem bolsas de estudos de até 100% aos novos alunos que ingressam direto com a nota do Enem. O percentual da bolsa varia de acordo com a nota do candidato no Enem.

Onde estudar com a nota do Enem

Conheça agora algumas faculdades autorizadas e bem avaliadas pelo MEC nas quais você pode entrar direto com a nota do Enem e ganhar bolsa de estudos. Clique nos links abaixo para obter mais informações:

Saiba mais:

Descubra quais são as notas de corte do Enem 2020

Veja como solicitar a isenção da prova do Enem 2020

Depois de ver como fazer a sua inscrição no Enem 2020, conhecer os prazos e saber como usar sua nota, responda nos comentários: qual faculdade você quer fazer?