As provas do Enem 2018 acontecem no início de novembro em centenas de cidades de todos os estados brasileiros. Na lista há desde as capitais e grandes municípios até pequenas localidades do interior do país.

A cidade onde você vai prestar o exame é escolhida na hora da inscrição. Já o local exato é definido pela organização do Enem e divulgado algumas semanas antes das provas, em outubro.

Geralmente, as provas são aplicadas em colégios e instituições públicas. Assim que você souber o endereço, é bom fazer o trajeto da sua casa até o lugar do exame. Dessa forma você pode saber quanto tempo vai gastar e evita chegar atrasado no dia!

Veja agora mesmo como escolher a cidade, quando é divulgado o local, quais são as datas mais importantes do Enem 2018 e como serão as provas!

Local do Enem 2018

O Enem 2018 será aplicado em muitos municípios de todos os estados brasileiros. No edital do exame, que pode ser acessado no site oficial do Enem, você encontra a lista completa, que tem quase 2.000 cidades!

A escolha do município em que você quer fazer a prova deve ter sido feita no momento da inscrição, que foi de 7 a 18 de maio de 2018, realizada na página oficial do Enem.

Além dessa informação, cada candidato precisou fornecer também dados como CPF, e-mail e telefone para contato. Durante o período de inscrições, você também deve ter optado pelo idioma da prova de língua estrangeira – Espanhol ou Inglês.

A partir de 22 de outubro de 2018, você pode entrar no mesmo sistema usando o número de inscrição e senha para consultar seu local de prova. Ele vai estar no Cartão de Confirmação de Inscrição, que você pode imprimir a partir do site do Enem ou consultar no aplicativo oficial do exame.

Enquanto as inscrições estiverem abertas, é possível de mudar a cidade escolhida quantas vezes desejar. Depois do encerramento (ou seja, depois de 18 de maio), já não há mais como alterar a sua opção.

Quando e como serão as provas do Enem 2018

As provas do Enem 2018 acontecem nos dias 4 e 11 de novembro, em dois domingos consecutivos.

No dia 4, o exame começa às 13h30 e vai até as 19h. Os temas são Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da prova de redação.

Já no dia 11, o exame começa no mesmo horário, mas termina um pouco antes, às 18h30. As provas são de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Em todas as provas, cai o conteúdo dos três anos do ensino médio. São 45 questões de múltipla escolha para cada área do conhecimento. Então, são 180 perguntas nos dois dias de prova, mais a redação.

A redação, aliás, é um caso à parte: essa prova tem grande importância, já que um zero elimina a possibilidade de participar de programas como ProUni, FIES e Sisu (que oferecem bolsas de estudos, financiamento a juros baixos e vagas em universidades públicas, respectivamente).

O texto da redação deve ser claro e obedecer ao tema proposto. Você deve produzir um texto dissertativo-argumentativo.

Como o tema da redação é extraído de algum assunto de relevância atual na sociedade, procure estar por dentro de tudo o que acontece em economia, política, cultura etc., por meio de jornais e sites confiáveis de notícias.

E atenção ao horário: o início do exame é às 13h30, mas a partir das 13h os portões são fechados e aí ninguém mais entra. O bom mesmo é tentar chegar ao local da prova um pouco antes das 12h, que é quando se abrem os portões para o acesso dos candidatos.

Qual a importância da nota do Enem?

A nota do Enem pode ter diferentes funções:

• Verificar seus conhecimentos: o desempenho no Enem serve como termômetro do seu nível de conhecimento relativo aos conteúdos do ensino médio. A partir das notas obtidas em cada uma das áreas é possível saber em quais está bem e quais precisa estudar mais para melhorar.

• Acesso a faculdades: cada vez mais faculdades no Brasil inteiro utilizam as notas do Enem como critério para selecionar alunos. Um bom desempenho no exame pode garantir acesso direto em muitas instituições de ensino superior, sem ter que fazer o vestibular. Algumas faculdades usam um sistema misto: você faz o vestibular e pode completar a nota com os pontos obtidos no Enem.

• Programas do governo: iniciativas governamentais como o ProUni e o FIES usam as notas do Enem como critério para a seleção de candidatos. Primeiro, é claro, você tem que se encaixar nos parâmetros de renda, já que esses programas procuram beneficiar estudantes desfavorecidos financeiramente. Para se inscrever é preciso apresentar pelo menos 450 pontos na média geral das provas e mais do que zero na redação.

Faculdades que aceitam a pontuação do Enem

As faculdades a seguir aceitam as notas do Enem para selecionar alunos. Todas elas são reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC e trabalham também com o ProUni e o FIES, além de outras possibilidades de programas privados de financiamento, bolsas de estudo e descontos.

Confira:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) - a distância

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) - a distância

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) - a distância

Universidade de Franca (UNIFRAN) - a distância

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Veja também:

Possíveis temas de redação do Enem 2018

Já está se preparando para as provas do Enem 2018? Verificou se sua cidade está na lista de municípios onde o exame será aplicado? Comente!