A graduação de Ciências Econômicas também é conhecida como Economia pelos estudantes e futuros estudantes da área. É um curso para quem tem interesse em dois tipos de área do conhecimento: as Ciências Exatas e as Ciências Humanas.

Os estudantes se formam bacharéis em Ciências Econômicas em uma duração média de quatro anos para conseguir o diploma.

O cientista econômico, ou economista, vai trabalhar com a análise da economia global, entender possibilidades de processos de distribuição de renda e bens, como a sociedade desenha suas relações em volta da economia, mercado financeiro e outras áreas dos setores de mercado.

Se você tem interesse pela profissão e está ansioso para saber como deve ser o seu desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ser aprovado no curso, esse texto vai te ajudar a se preparar.

Qual é a nota de corte para Ciências Econômicas?

É por meio do Enem que a grande maioria dos estudantes brasileiros ingressam em universidades públicas e privadas, tanto para o curso de Ciências Econômicas, como para qualquer graduação do ensino superior do país.

O exame é feito por milhões de candidatos de todo o Brasil e pode ser utilizado como forma de ingresso nas principais faculdades. Os alunos fazem a prova dividida em dois dias, com 90 questões divididas em quatro cadernos: Códigos e Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Há também a redação, que tem um peso muito importante na nota final do Enem.

Essa média final do aluno que vai dar a chance do estudante ingressar no curso que deseja. Para isso, ela precisa ser maior que a nota de corte para o curso e faculdade que pretende entrar. A nota de corte é a menor nota entre os alunos aprovados, e variam de acordo com o desempenho dos candidatos concorrentes ao curso na instituição selecionada.

Veja as notas de corte para a aprovação em Ciências Econômicas nos três principais programas do governo com ingresso pela nota do Enem (Sisu, Prouni e Fies).

Qual a nota de corte para Ciências Econômicas no Sisu?

Para ingressar em instituições públicas federais e estaduais com a nota do Enem, os estudantes devem se inscrever pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

O Sisu conta com processos seletivos abertos duas vezes ao ano, um para cada semestre letivo. Para participar do Sisu, o estudante não pode ter zerado na nota da redação. Algumas faculdades também exigem uma nota mínima para inscrição para concorrer às vagas.

O portal Quero Bolsa conta com uma plataforma que mostra quais são as notas de corte nos programas do governo. Para Ciências Econômicas pelo Sisu, o Quero Bolsa mostra as seguintes médias:

  • Maior nota de corte de Ciências Econômicas no Sisu: 810.26, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Menor nota de corte de Ciências Econômicas no Sisu: 583.71, na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN)
  • Nota de corte média para o curso no Brasil: 687.22

As notas acima são referentes para a ampla concorrência das vagas de Ciências Econômicas nas universidades públicas do Sisu.

Qual a nota de corte para Ciências Econômicas no Prouni?

Para bolsas parciais e integrais em faculdades particulares do Brasil, o principal programa do governo é o Programa Universidade Para Todos (Prouni). A depender das vagas da instituição e da condição socioeconômica do candidato, ele pode aplicar a sua nota do Enem para concorrer a uma bolsa de 100% ou 50% do valor da mensalidade do curso.

A inscrição do candidato no Prouni depende de alguns requisitos: não ter zerado na redação e ter uma nota geral acima de 450 do do Enem. Seguindo essas obrigatoriedades, além de se encaixar no critério socioeconômico, o estudante pode se inscrever para concorrer às vagas, disponíveis semestralmente.

Para ser aprovado em uma faculdade de Ciências Econômicas, essas foram as notas de corte da última seleção do Prouni, segundo o Quero Bolsa:

  • Maior nota de corte de Ciências Econômicas no Prouni: 728.70, na Faculdade de Ciências Econômicas de Campinas (Facamp)
  • Menor nota de corte de Ciências Econômicas no Prouni: 677,20, no Centro Universitário IBMEC
  • Nota de corte média para o curso no Brasil: 700.70

As notas acima são referentes às vagas de Ciências Econômicas com bolsas integrais destinadas à ampla concorrência do Prouni.

Qual a nota de corte para Ciências Econômicas no Fies?

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) oferece aos estudantes uma forma de financiar os cursos nas universidades privadas do Brasil.

O requisito básico para se inscrever no Fies é possuir a renda familiar de até três salários mínimos per capita. O Fies também tem duas seleções por ano.

Na plataforma do Quero Bolsa, essas são as notas de corte para ingressar em uma faculdade de Ciências Econômicas pelo Fies:

  • Maior nota de corte de Ciências Econômicas no Fies: 751.00, na PUC Rio
  • Menor nota de corte de Ciências Econômicas no Fies: 486.00, na UniSant’Anna
  • Nota de corte média para o curso no Brasil: 600.14.

Minha nota não é suficiente, ainda consigo entrar em um curso de Ciências Econômicas?

Se a sua nota do Enem não é suficiente para ingressar na faculdade de Ciências Econômicas usando algum dos programas do governo, há outras alternativas para entrar em uma faculdade.

Melhor que isso, há universidades que aceitam a nota do Enem para que alunos usem a pontuação para conseguir bolsas de estudo diretamente com a instituição, de forma menos burocrática e sem critérios socioeconômicos.

Abaixo, selecionamos alguns exemplos dessas faculdades que oferecem esse tipo de bolsa de estudo e outras formas de ingresso, que não dependam dos programas do governo. Confira:

Há também outras formas de ingressar nessas faculdades mesmo sem ter feito o Enem. Basta entrar em contato com as instituições e conferir as condições das bolsas de estudo.

Veja também:
Conheça a grade curricular e o curso de Ciências Econômicas

E você, está se preparando para entrar na faculdade de Ciências Econômicas? Conta para a gente nos comentários abaixo!