Administração é a segunda maior graduação no Brasil em número de estudantes, atrás apenas do curso de Direito, de acordo com o último Censo da Educação Superior. Se você está pensando em fazer parte desse grupo, é importante ficar de olho na nota de corte.

A nota de corte é o mínimo de pontos que um candidato deve acertar para conseguir uma vaga. É uma informação útil, pois dá um parâmetro de quanto é preciso estudar. Mas vale um alerta: as notas de corte variam de acordo com cada universidade. E estudar para atingir a nota mínima é sempre um risco, pois de um ano para outro a concorrência pode aumentar e a nota subir.

Para ajudar você a planejar seus estudos, fizemos uma pesquisa sobre a nota de corte de Administração em diferentes vestibulares. Confira também a pontuação necessária para disputar uma vaga no Sisu, uma bolsa do ProUni e um financiamento do FIES!

Nota de corte para o curso de Administração em vestibulares

Os vestibulares tradicionais ainda acontecem por todo o Brasil, embora cada vez mais instituições utilizem as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de classificar seus futuros alunos.

Existe uma grande diversidade de formatos de provas de vestibulares. Veja algumas características que podem variar:

Tipos de questões: há provas formadas apenas por questões objetivas e redação. Outras são de questões objetivas, dissertativas e redação.

Número de questões: há concursos com 80 questões, outros com 100 e até 300.

Etapas de provas: a maioria das universidades realiza uma única maratona de provas. Outras fazem a seleção em duas fases: a primeira serve como uma peneira para selecionar os candidatos mais preparados.

Contagem de pontos: em uma prova pode ser de 0 a 100. Em outra, de 0 a 700, ou até de 0 a 1.000.

Dada essa ampla variação, a dica é sempre ler com atenção o edital, pois todas as regras estão registradas ali.

Agora, quanto à nota de corte para Administração, tudo vai depender da concorrência em cada faculdade. Para você ter uma ideia de como essa nota varia, confira os resultados de alguns vestibulares recentes:

A Universidade de São Paulo (USP) realiza sua seleção através da Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST), com provas em duas fases. Para passar para a segunda fase, o candidato ao curso de Administração teve que atingir a pontuação mínima de 42 pontos em um campus no interior.

Na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) o vestibular é em apenas uma fase, com o máximo de 100 pontos. Os candidatos ao curso de Administração tiveram que atingir 53 pontos para se classificarem.

Na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) o cenário tem sido um pouco mais competitivo em provas recentes. Para conseguir uma vaga no curso de Administração, o candidato teve que atingir em torno de 60 pontos.

Os vestibulares também destinam vagas para programas de ações afirmativas. As notas de corte, ao contrário do senso comum, costumam ser tão altas quanto as de ampla concorrência.

Nota de corte para o curso de Administração no Sisu

A principal forma de acesso a vagas em universidades públicas é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), coordenado pelo Ministério da Educação (MEC). Instituições de todo o País oferecem milhares de vagas e o estudante concorre com suas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano imediatamente anterior.

Em edição recente do Sisu, o curso de Administração ficou em primeiro lugar entre os mais procurados pelos estudantes: foram mais de 294 mil inscritos.

A nota de corte para Administração no Sisu situa-se na faixa de 600 a 700 pontos. É possível encontrar vagas para pontuações mais baixas, só que são em menor número do que as vagas acima de 700 pontos.

Confira exemplos de universidades que adotam o Sisu e a nota mínima para as vagas de Administração:

• Universidade de Brasília (UNB): 702 pontos

• Universidade Federal de Viçosa (UFV): 656 pontos

• Universidade Federal de Alagoas (UFAL): 630 pontos

• Fundação Universidade do Tocantins (UNITINS): 613 pontos

• Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS): 581 pontos

Nota de corte para o curso de Administração no ProUni

Um dos principais processos seletivos para quem busca vagas de Administração em faculdades privadas é o Programa Universidade para Todos (ProUni). Esta iniciativa do Governo Federal é voltada para estudantes de baixa renda e cobre 50% ou 100% das mensalidades. Para concorrer, o estudante utiliza suas notas da edição mais recente do Enem.

Dependendo da universidade e da concorrência, a nota de corte para Administração pode superar os 750 pontos.

No entanto, é possível encontrar vagas a partir da nota mínima para participar do programa, que corresponde a 450 pontos e acima de zero na redação.

Nota de corte para o curso de Administração no FIES

Uma alternativa para quem busca financiar sua faculdade particular de Administração é o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Trata-se de uma iniciativa do Governo Federal para facilitar o acesso de pessoas de baixa renda ao ensino superior. O estudante financia sua faculdade a juros baixos e paga depois de se formar.

A principal condição para concorrer é ter participado de alguma edição do Enem a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos e sem ter zerado a redação.

Vale destacar que está cada vez mais difícil conseguir um financiamento pelo FIES. As regras mudam a cada edição, como a mais recente, que priorizou a área da Saúde, cursos de Engenharia e Licenciatura.

Por isso, a recomendação é que você acompanhe de perto o site do FIES nas datas de realização do programa. Só assim você saberá as condições para participar, além de conhecer as notas de corte para Administração.

Onde estudar Administração

A oferta de faculdades de Administração é ampla, tanto em universidades privadas quanto públicas, nas modalidades presencial e a distância.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Administração:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

• Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade de Franca (UNIFRAN) 

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Veja também:

Quanto custa estudar Administração?

E então, a nota de corte para Administração está na faixa de pontos que você esperava? Conte para a gente nos comentários!