A prova do Enem se aproxima e, com ela, surgem as dúvidas sobre a pontuação necessária para conseguir a tão desejada vaga na universidade. 

Como todos os anos, as notas de corte do Enem são baseadas nas edições anteriores: portanto, não deixe de acessar este link para conferir as notas de corte do Enem 2019.

Um bom desempenho no Enem abre diversas portas para os estudantes: é possível tentar uma vaga em universidades públicas através do Sisu, concorrer a bolsas de estudo em faculdades públicas pelo ProUni ou financiar as mensalidades a juros baixos pelo FIES.

Com bastante estudo, muito foco e dedicação, o sonho de cursar uma graduação pode se tornar uma realidade!

Continue lendo este artigo para saber quais são as notas de corte do Enem 2020 e descubra quantos pontos você precisa alcançar para entrar na universidade.

Notas de corte do Enem 2020 para cada curso no Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o processo seletivo criado pelo governo federal para conceder vagas em universidades públicas de todo o país por meio da nota do Enem.

Para participar da edição de 2020, o candidato precisa ter feito o Enem 2019 e tirar nota acima de zero na redação. Quem alcançar as maiores pontuações no exame, consegue a vaga.

O processo seletivo é um dos mais concorridos e também o que exige a pontuação mais alta. Confira a seguir as notas de corte para os principais cursos em 2020:

  • 600 pontos: cursos de grau tecnológico e licenciaturas menos procuradas.
  • 600 a 651 pontos: História, Letras, Geografia, Agronomia, Biblioteconomia, Sociologia.
  • 651 a 699 pontos: Enfermagem, Educação Física, Pedagogia, Farmácia, Serviço Social, Biologia, Ciências Contábeis, Fonoaudiologia.
  • 700 a 750 pontos: Arquitetura e Urbanismo, Administração, Matemática, Jornalismo, Nutrição, engenharias menos procuradas.
  • 751 a 799 pontos: Odontologia, Direito, Psicologia, Engenharia Civil, Engenharia de Automação, Engenharia Mecânica, Engenharia de Computação e Engenharia Elétrica.
  • 800 a 850 pontos: Medicina e Engenharia Aeronáutica.
  • 851 a 900 pontos: pontuação padrão para a disputa nas universidades e cursos mais concorridos.

O Sisu é realizado duas vezes ao ano. A primeira seleção está prevista para começar logo após a divulgação dos resultados do Enem 2019: em janeiro de 2020.

Os candidatos poderão participar das duas edições de 2020. Mas atenção: o Enem acontece apenas uma vez por ano!

Notas de corte do Enem 2020 para cada curso no ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado pelo governo federal para conceder bolsas de estudo, parciais e integrais, em faculdades particulares bem avaliadas pelo Ministério da Educação.

O processo seletivo é exclusivo para pessoas que atendam às exigências de escolaridade e renda determinadas pelo MEC. 

Para participar da seleção de 2020, o candidato deverá ter prestado o Enem 2019, apresentando média igual ou superior a 450 pontos e nota maior que zero na redação. 

Embora as notas de corte do ProUni sejam um pouco mais baixas do que as do Sisu, o processo também é bastante concorrido. Confira a pontuação da edição 2020 para os principais cursos:

  • 600 pontos: Saneamento Ambiental e cursos de grau tecnológico e licenciaturas pouco procurados.
  • 600 a 651 pontos: Letras, Veterinária, Petróleo e Gás, Podologia, Produção Agrícola, Oceanografia.
  • 651 a 699 pontos: Farmácia, Recursos Humanos, Fisioterapia, Sistemas Web, Secretariado, Webdesign, Segurança.
  • 700 a 750 pontos: Administração, Odontologia, Enfermagem, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Nutrição, Comunicação.
  • 751 a 799 pontos: Psicologia, Engenharia Civil, Engenharia de Automação, Engenharia Elétrica, Engenharia Aeronáutica, Engenharia Química, Engenharia Mecânica, Engenharia da Computação.
  • 800 a 850 pontos: Medicina e Direito.
  • 851 a 900 pontos: pontuação padrão para a disputa nas universidades e cursos mais concorridos.

O ProUni acontece duas vezes ao ano. Candidatos que prestarem o Enem 2019, e atenderem aos critérios do programa, poderão participar das duas edições do ProUni em 2020.

Notas de corte do Enem 2020 para cada curso no FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é o programa de crédito estudantil do governo federal. Por meio do FIES, os estudantes de todo o país podem financiar o valor das mensalidades a juros baixos e prazo longo para pagamento.

Para participar do FIES, é necessário ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, apresentando média igual ou superior a 450 pontos e nota acima de zero na redação. 

O programa é voltado para pessoas que atendam a determinados critérios de renda familiar estabelecidos pelo governo.

Comparado ao Sisu e ao ProUni, o FIES é o processo seletivo de menor concorrência. Confira as notas de corte que você precisa alcançar no Enem para conseguir uma vaga nos principais cursos em 2020:

  • Administração: 450 a 683 pontos
  • Arquitetura e Urbanismo: 481 a 749 pontos
  • Biomedicina: 457 a 685 pontos
  • Ciências Biológicas: 462 a 682 pontos
  • Ciências Contábeis: 450 a 682 pontos
  • Ciências Econômicas: 486 a 751 pontos
  • Cinema: 505 a 691 pontos
  • Comunicação: 451 a 632 pontos
  • Direito: 457 a 765 pontos
  • Educação Física: 451 a 667 pontos
  • Enfermagem: 453 a 674 pontos
  • Engenharia Civil: 451 a 733 pontos
  • Engenharia Química: 460 a 741 pontos
  • Fisioterapia: 458 a 711 pontos
  • Medicina: 720 a 831 pontos
  • Odontologia: 532 a 759 pontos
  • Pedagogia: 450 a 670 pontos
  • Psicologia: 450 a 705 pontos
  • Serviço Social: 453 a 622 pontos

Assim como os outros processos seletivos, o FIES também acontece duas vezes ao ano. Lembramos que o crédito é válido somente para cursos presenciais e não está disponível para a graduação a distância.

Use sua nota do Enem 2020 para entrar na faculdade pelo ingresso direto

Sabemos que não é fácil conseguir uma vaga nos principais processos seletivos do país. 

Caso você não atinja a pontuação necessária para entrar no curso que deseja, não se preocupe: há alternativa para ingressar na faculdade com a sua nota do Enem 2020.

Estamos falando do ingresso direto, um processo muito simples oferecido pelas principais faculdades particulares. Funciona assim: 

  • O candidato entra no site da faculdade e vai até o link de inscrições.
  • Em seguida, informa a sua pontuação do Enem: caso tenha a nota mínima exigida, pode fazer a matrícula no mesmo dia, sem nenhuma burocracia e sem prestar vestibular. Basta levar o Boletim de Desempenho Individual do Enem e a documentação exigida.

Na maioria dos casos, não é necessário pagar taxa de inscrição para entrar na faculdade pelo ingresso direto. É opção ideal para quem quer começar a estudar imediatamente!

Onde estudar com a nota do Enem 2020

Inúmeras faculdades, públicas e privadas, em todo o Brasil utilizam a nota do Enem em seus processos seletivos. Com ela é possível até ingressar em cursos oferecidos a distância.

Selecionamos algumas boas faculdades particulares onde você pode tentar uma vaga no curso superior após prestar o Enem 2020. Todas elas são reconhecidas pelo MEC, o que garante que o seu diploma será válido e bem aceito em todo o mercado nacional. Conheça:

Além da possibilidade de cursar a graduação por meio do ingresso direto, ProUni ou FIES (no caso de cursos presenciais), as faculdades listadas acima também oferecem vantagens financeiras como descontos, bolsas de estudo e financiamentos sem burocracia.

Veja também:

Descubra como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Saiba quais são os 10 cursos com maior empregabilidade

O que achou das notas de corte do Enem 2020? Conta para a gente nos comentários se achou fácil ou difícil conseguir uma vaga!