Se você vai fazer o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2019, fique atento às datas importantes do calendário do exame. 

Hoje, o Enem é considerado o maior vestibular do país e pode ser decisivo para garantir uma vaga em universidades públicas e privadas. 

As provas do Enem 2019 serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro, conforme divulgado no mês de fevereiro pelo Inep, órgão responsável pelo exame. 

Este é o terceiro ano em que o Enem será aplicado em dois domingos consecutivos. Veja quais provas serão aplicadas em cada dia:

  • 3 de novembro: provas de Linguagens, Redação e Ciências Humanas
  • 10 de novembro: provas de Matemática e Ciências da Natureza

Horários do Enem 2019

Além de anotar na agenda as datas do exame, preste muita atenção também aos horários das provas.

Afinal, mesmo o menor atraso pode colocar tudo a perder, já que os organizadores são bem rígidos nesse aspecto.

Os horários de fechamento dos portões e início da prova são os mesmos para os dois dias. Apenas o horário de término do exame é diferente. Confira:

  • 12h: abertura dos portões dos locais de prova
  • 13h: fechamento dos portões
  • 13h às 13h30: procedimentos de segurança, realizados nas salas de prova
  • 13h30: início das provas
  • 19h no dia 03/11 e 18h30 no dia 10/11: término das provas

Não se esqueça de que esses horários estão de acordo com o horário de Brasília. 

Portanto, se você mora em uma região do Brasil com fuso horário diferente, verifique exatamente quais horários você precisará seguir. 

Por questão de segurança, todos os estudantes que realizarão o Enem no Brasil deverão começar as provas ao mesmo tempo.

A partir de outubro, o estudante inscrito no Enem 2019 poderá acessar o Cartão de Confirmação da Inscrição no portal do Inep. 

Lá, estarão disponíveis o número de inscrição, as datas e os horários das provas e o local onde o participante fará a prova.

O próprio Inep recomenda que os estudantes imprimam e levem o Cartão de Confirmação da Inscrição nos dois dias de prova.

Documento de identificação

Além do Cartão de Confirmação da Inscrição, quem vai fazer o Enem deverá apresentar um documento de identificação original, oficial e com foto nos dois dias de prova. 

Entre os documentos aceitos, estão:

  • Cédula de identidade expedida por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal.
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros.
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social, emitida após 27 de janeiro de 1997.
  • Certificado de Reservista.
  • Passaporte.
  • Carteira Nacional de Habilitação.

Atenção: cópias simples, cópias autenticadas, documentos digitais e documentos sem foto não serão aceitos. 

Para ver a lista completa de documentos de identificação que podem ser apresentados, acesse o site oficial do Enem, dentro do portal do Inep. 

Materiais obrigatórios e proibidos

O único material que você poderá usar para fazer as provas do Enem será caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente. 

Dica: para garantir, procure levar pelo menos duas canetas reservas com você.

Qualquer outro material de papelaria – como lapiseiras, réguas e borrachas – é proibido.

Também não será permitido realizar a prova portando boné, relógio, óculos escuros, celulares e qualquer outro tipo de eletrônico (calculadora, tablet, pen drive etc.). 

Antes de entrar na sala, o participante receberá um envelope porta-objetos para guardar todos os itens proibidos. Guarde o envelope embaixo da carteira, deixando os eletrônicos desligados.

Outras datas importantes

Confira também outras datas importantes do calendário do Enem 2019:

  • 13 de novembro: divulgação do gabarito das provas.
  • Janeiro de 2020: publicação do resultado individual.
  • Março de 2020: publicação do resultado individual dos treineiros.
  • Março de 2020: publicação da vista pedagógica da redação, em que o participante poderá verificar como se saiu nas competências avaliadas.

Como usar a nota do Enem

Seu resultado no Enem pode ser usado para conseguir uma vaga na universidade.

Por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), por exemplo, você poderá se cadastrar para concorrer a uma vaga em instituições públicas de todo o país.

Já em universidades privadas, é possível usar a nota do Enem como forma de ingresso direto.

Dependendo do seu resultado, você também poderá participar de programas de bolsas e descontos das próprias instituições.

O ProUni (Programa Universidade para Todos) e o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), ambos iniciativas do governo federal, também utilizam a nota do Enem como critério de participação e classificação.

Onde estudar usando a nota do Enem

Você já percebeu que existem muitas formas de usar seu resultado no Enem para conseguir uma vaga no ensino superior, certo? 

Agora, conheça algumas universidades particulares reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC (Ministério da Educação) que aceitam sua nota no exame como forma de ingresso:

Todas as universidades dessa lista emitem diplomas válidos em todo o território nacional, aceitos tanto no mercado de trabalho privado quanto em concursos públicos e cursos de pós-graduação.

Que tal conhecer um pouco mais sobre essas instituições? Acesse os sites, conheça as opções de graduação disponíveis e pergunte sobre programas de bolsas e descontos!

Leia também:

Como se preparar para ir bem no Enem

Veja 5 dicas para fazer uma boa redação no Enem

Você vai fazer o Enem 2019? Como está se preparando para as provas? Fale um pouco sobre sua rotina de estudos nos comentários.