Quem faz o Enem já sabe: o caminho é longo e exige paciência.

Entre a aplicação da última prova e o dia em que a organização do exame finalmente libera o acesso ao boletim individual de desempenho são dois meses, aproximadamente.

O motivo da demora é o método de pontuação do Enem, a Teoria de Resposta ao Item, que exige cálculos complexos. E ainda tem a prova de redação, que é corrigida uma a uma.

Mas um dia o resultado sai!

Descubra aqui quando você vai poder ver sua nota do Enem 2019 e comece a planejar onde estudar!

Resultado do Enem 2019

As provas do Enem 2019 foram aplicadas nos dias 4 e 11 de novembro.

O resultado sai no dia 17 de janeiro de 2020, mais de dois meses depois.

O que fazer com o resultado do Enem 2019

A nota do Exame pode ser usada para entrar na faculdade sem fazer vestibular, conquistar uma bolsa de estudos ou um financiamento a juros baixos.

Todas essas possibilidades envolvem se inscrever em processos seletivos que duram poucos dias. Por isso, é melhor se planejar com antecedência e ficar de olho no calendário.

Aqui vai um resumo para você começar seu planejamento:

Enem 2019 para entrar na universidade pública

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) usa a nota do Enem mais recente para distribuir vagas em mais de cem universidades públicas espalhadas por todo o Brasil.

Em 2020 o Sisu tem duas edições. A primeira deles abre inscrições no dia 21 de janeiro. A segunda acontece no segundo semestre.

Para participar do Sisu 2020 basta não ter zerado na redação do Enem 2019. Apesar de haver poucos requisitos para a inscrição, a concorrência por uma vaga é alta e a pontuação para entrar fica acima de 650 pontos na média das provas, podendo superar os 800 pontos dependendo do curso.

Enem 2019 para ganhar bolsa de estudos do ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) usa a nota do Enem mais recente para distribuir bolsas de estudos em faculdades bem avaliadas pelo MEC.

Para participar do ProUni em 2020 é obrigatório ter feito o Enem 2019, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. O programa exige ainda que o candidato tenha renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa e tenha cursado todo o ensino médio em escola pública (ou como bolsista de escola particular).

O ProUni tem duas edições em 2020, com inscrições logo após a divulgação do resultado do Sisu.

Enem 2019 para ganhar financiamento estudantil a juros baixos

Assim que acaba o ProUni vem o terceiro processo seletivo de âmbito nacional para quem pretende usar a nota do Enem como passaporte para o ensino superior.

O Fundo de Financiamento Estudantil distribui financiamentos a juros baixos (ou zero, em alguns casos). Para participar da concorrência é preciso ter obtido pelo menos 450 pontos na média das provas e não ter zerado na redação do Enem. O programa tem também requisitos de renda familiar máxima.

Enem 2019 para entrar direto na faculdade privada

Deixamos para o final uma alternativa que vem ganhando cada vez mais adeptos: o ingresso direto. Com ele, basta apresentar a nota obtida no Enem e, caso tenha pontuação suficiente, fazer a matrícula.

Muito comum em cursos a distância, essa modalidade de ingresso tem regras e datas diferentes em cada faculdade. Em algumas, dá até para conseguir bolsa e descontos caso apresente um bom desempenho no exame. Vale muito a pena consultar as vantagens junto à faculdade.

Onde estudar com o Enem 2019

Veja aqui algumas ótimas faculdades onde você pode estudar com sua nota do Enem 2019.

Além de participarem de programas como FIES e ProUni, elas têm programas de acesso direito, bolsas e financiamento sem burocracia.

Conheça:

Veja também:

Conheça as notas de corte do ProUni 2020 para cada curso

Vai tentar vaga em qual curso com sua nota do Enem 2019? Conte para a gente!