Depois da última prova do Enem, a maioria dos participantes só quer saber de tirar uns dias de folga e ficar longe de tudo o que diz respeito a estudos, exames e notas.

Mas algumas semanas mais tarde, conforme a data de divulgação dos resultados vai se aproximando, aquele frio na barriga volta com tudo.

O motivo da ansiedade não pode ser outro: a nota do Enem abre muitas portas para quem está na expectativa de entrar no ensino superior. Se a pontuação obtida for boa, as chances de conseguir vaga em uma instituição pública ou particular aumentam bastante!

Por isso é tão importante ficar ligado na data do resultado do Enem 2018 e saber exatamente quais são os processos seletivos nos quais você vai poder entrar com a pontuação obtida.

A gente explica tudo a seguir!

Quando é divulgado o resultado do Enem 2018

Depois que passarem as provas do Enem, em novembro de 2018, é preciso esperar mais ou menos dois meses até a divulgação dos resultados, provavelmente na segunda quinzena de janeiro de 2019.

Parece tempo demais para quem está com pressa de entrar na faculdade, mas se você souber tudo o que o que acontece nesse meio tempo, vai entender o porquê de tamanha demora:

•1. Todas as provas objetivas precisam ser submetidas a um supercomputador que “lê” as alternativas que você marcou no cartão de respostas e transmite os resultados a um banco de dados, onde as notas serão calculadas de acordo com a Teoria de Resposta ao Item (TRI).

2. Essa leitura é feita repetidas vezes, para não haver erros.

3. Depois é hora de corrigir as redações, o que é feito manualmente. Um a um, os milhões de textos são lidos por pelo menos dois avaliadores diferentes. Eles vão analisar a estrutura da redação e atribuir pontos em cinco quesitos diferentes.

4. Caso haja muita divergência entre a pontuação dada pelos avaliadores, a redação pode ser submetida a outras análises.

Como ver o resultado do Enem 2018

Assim que o Ministério da Educação liberar os resultados, os candidatos vão poder acessar seus boletins de desempenho individual pelo site oficial do Enem 2018.

Basta informar o número do CPF e a senha cadastrada para acessar todos os dados.

O site mostra a nota alcançada em cada uma das cinco provas do Enem:

• Ciências Humanas e suas Tecnologias

• Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

• Redação

• Matemática e suas Tecnologias

• Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Para que serve o resultado do Enem 2018

Com o resultado do Enem você pode conseguir vaga em universidades públicas e particulares sem ter que fazer outras provas.

Mas, para isso, será preciso encarar um processo seletivo.

O governo federal oferece três maneiras diferentes de usar sua nota do Enem para entrar na faculdade: pelo Sisu, pelo ProUni e pelo FIES.

As faculdades particulares, por sua vez, contam com o sistema de ingresso direto – que é bastante simples.

Você precisa conhecer para que serve cada um deles. Assim, poderá usar sua pontuação para tentar a vaga que melhor se encaixa nos seus objetivos de estudo.

Vamos lá:

  • Sisu (para entrar em universidades públicas): O Sisu é o processo seletivo que distribui vagas em instituições públicas de ensino superior (universidades e institutos federais). Cerca de 130 delas participam total ou parcialmente do programa todos os anos. Para entrar na disputa é preciso ter feito o Enem mais recente e ter tirado nota maior que zero na redação. Quem fizer os exames em 2018 poderá participar do Sisu em janeiro e também no segundo semestre de 2019. A seleção é feita totalmente pela internet. O candidato pode tentar entrar por meio de cotas ou pela concorrência geral.
  • ProUni (bolsas de estudos): As bolsas do ProUni permitem que o aluno faça uma faculdade particular de primeira linha sem ter que arcar com os custos das mensalidades (ou tendo que pagar somente a metade). Elas valem até para os cursos mais caros, como Medicina. Para entrar na disputa por uma dessas bolsas em 2019 o candidato precisará ter feito o Enem em 2018 – desde que apresente desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação. Ele também terá que provar que sua renda familiar está dentro dos parâmetros estabelecidos pelo MEC, e que se encaixa nos critérios de formação exigidos pelo programa. O ProUni abre inscrições no primeiro e no segundo semestre.
  • FIES (financiamento estudantil): O FIES permite financiar um curso superior a juros baixos e só começar a pagar a dívida depois que terminar os estudos. Para se inscrever, o interessado precisa apresentar pelo menos 450 pontos na média das provas e acima de zero na redação em qualquer edição do Enem a partir de 2010. Ele também precisa se enquadrar em alguns perfis de renda determinados pelo MEC. O processo seletivo acontece duas vezes por ano.
  • Ingresso direto em faculdades particulares: O ingresso direto é a forma mais fácil de entrar em faculdades particulares de todo o Brasil. Basta, durante o período de seleção, informar o desempenho obtido no Enem para conseguir a vaga – desde que tenha a pontuação solicitada. As notas mínimas para passar em cada curso variam de faculdade para faculdade.

Faculdades que aceitam a nota do Enem 2018

Um aviso: quem fizer o Enem 2018 terá um cardápio gigantesco de instituições de ensino à disposição.

Além das 130 públicas presentes no Sisu, temos outras centenas de faculdades particulares no ProUni, FIES ou no ingresso direto.

Caso você queira começar desde já procurar onde fazer um curso presencial ou a distância com qualidade reconhecida pelo MEC, dê uma olhada em nossas sugestões:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) – no Distrito Federal

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Anote as principais datas do Enem 2018

• O edital pode ser acessado a partir do dia 21 de março no site oficial do Enem.

• As inscrições abrem no dia 7 de maio e se encerram no dia 18.

• O cartão de confirmação pode ser acessado a partir de 22 de outubro.

• As provas de Linguagens e Códigos, Redação e Ciências Humanas serão aplicadas no dia 4 de novembro de 2018.

• As de Ciências da Natureza e Matemática, no dia 11 de novembro.

Veja também:

Inscrição Enem 2018

E aí, onde você pretende usar os seus resultados do Enem 2018? Conte para a gente nos comentários!