O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) possibilita que o estudante  ingresse em uma faculdade pública ou particular usando sua nota na avaliação.

Embora haja programas do governo voltados ao ingresso nas universidades, as faculdades particulares também estão oferecendo bolsas de estudo e financiamentos próprios usando o resultado do exame.  

Um dos programas mais conhecidos do governo federal é o ProUni, que oferece bolsas de estudo para faculdades públicas e privadas.  

Conheça melhor o programa!

ProUni

O Programa Universidade para Todos oferece bolsas integrais (100%) e parciais (50%) a quem deseja fazer uma graduação.  

Podem participar alunos de baixa renda e que ainda não têm um título de ensino superior.  

Tipos de bolsas  

Integral: para estudantes com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Parcial: para estudantes com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

O aluno que quiser se candidatar ao ProUni precisa ter participado da edição do Enem do ano anterior e alcançado, no mínimo, 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.

Requisitos para participar do Programa

Podem participar do ProUni os estudantes brasileiros que não têm diploma de curso superior e atendam a pelo menos uma das condições abaixo:

  • Tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública.

  • Tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola.

  • Tenha cursado o ensino médio parte em escola da rede pública e parte em escola da rede privada, na condição de bolsista integral na escola privada.

  • Seja uma pessoa com deficiência

  • Seja professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição. Nesse caso, estão disponíveis bolsas apenas para os cursos de licenciatura. Os requisitos de renda não se aplicam.

O ProUni possibilita que o candidato concorra a bolsas em cursos presenciais e também a distância. Também é possível obter bolsas residuais, disponíveis para os estudantes que perderam o período de inscrição no ProUni e atendam a um dos critérios abaixo:  

  • Seja professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição. Estão disponíveis bolsas apenas para os cursos de licenciatura e não há necessidade de comprovação de renda.

  • Tenha participado do Enem a partir de 2010 e obtido, em uma mesma edição, média igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.

  • Não tenha sido aprovado no processo seletivo regular do ProUni no segundo semestre de 2018.

  • Não tenha sido aprovado no processo de bolsa remanescente do Prouni no segundo semestre de 2018.

Fique atento: essas bolsas também podem ser obtidas por estudantes que já estão matriculados em uma instituição de ensino. Nesse caso, se a sua opção não estiver disponível, é possível escolher um similar e transferir-se depois para o curso desejado.

Outra forma de ingressar em uma faculdade particular pelo Enem

Algumas faculdades particulares oferecem a opção de ingresso pelo Enem. Escolhendo essa forma, o estudante deve inserir seu número de inscrição no Exame e as notas de cada uma das provas. Então, após o período estipulado pela instituição, o aluno saberá se foi aprovado ou não.

Conheça algumas universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o ingresso por meio do Enem:  

As faculdades que selecionamos possuem mensalidades de baixo custo e além disso elas dispõem de bolsas e financiamentos próprios.

Veja mais:  

Conheça as melhores faculdades do Brasil de acordo com o MEC

Vai usar a sua nota do Enem no ProUni? Conte para a gente nos comentários!