A segunda edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) teve quase 1,2 milhão de inscritos disputando 55.571 vagas em 72 universidades federais e institutos tecnológicos em todo o Brasil.

O Sisu usa a nota do Enem para selecionar candidatos a vagas de ensino superior em instituições públicas e, em alguns cursos, a concorrência chegou a mais de 120 candidatos por vaga.

Confira os cursos mais procurados e os mais concorridos do Sisu 2015!

Cursos mais concorridos do Sisu 2015

A concorrência dos cursos do Sisu é calculada por vaga em cada universidade, para determinado curso e turno. Com isso, alguns cursos de mesmo nome (Direito, por exemplo) podem ser mais concorridos em algumas instituições e menos concorridos em outras.

O MEC fez uma média da relação candidato/vaga nos cursos mais procurados do Sisu em todas as universidades participantes do programa e Medicina ocupa o primeiro lugar entre os mais concorridos.

Veja os cursos mais concorridos do Sisu em 2015 e a média da relação candidato/vaga:

  1. Medicina: 120,46
  2. Direito: 67,86
  3. Psicologia: 63,87
  4. Engenharia Civil: 58,53
  5. Nutrição: 50,33
  6. Administração: 48,23
  7. Enfermagem: 46,87
  8. Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 44,79
  9. Educação Física: 42,73
  10. Pedagogia: 34,6

Cursos mais procurados do Sisu 2015

Confira os cursos mais procurados da segunda edição do Sisu 2015:

1. Medicina

Inscritos: 185.818

2. Direito

Inscritos: 128.929

3. Administração

Inscritos: 95.272

4. Engenharia Civil

Inscritos: 77.085

5. Pedagogia

Inscritos: 74.233

Universidades mais procuradas do Sisu 2015

A Federal de Minas Gerais lidera o ranking das universidades mais procuradas na segunda edição do Sisu 2015, com mais de 176 mil inscritos.

Confira a lista com as instituições públicas com o maior número de inscrições:

  1. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG): 176.285 inscrições
  2. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): 139.406 inscrições
  3. Universidade Federal do Maranhão  (UFMA): 136.480 inscrições
  4. Universidade Federal do Piauí (UFPI): 117.863 inscrições
  5. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR): 111.627 inscrições
  6. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE): 110.747 inscrições
  7. Universidade Federal Fluminense (UFF): 108.450 inscrições
  8. Universidade Federal da Bahia (UFBA): 91.978 inscrições
  9. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP): 61.057 inscrições
  10. Universidade Federal de Pelotas (UFPEL): 61.057 inscrições

Como funciona o Sisu

O Sisu tem duas edições por ano, no primeiro e no segundo semestre. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet, no site do Sisu.

Para participar é obrigatório ter feito o Enem no ano anterior, com nota maior do que zero na redação.

Quando o candidato se inscreve no Sisu, usando o mesmo número de inscrição e senha do Enem, o sistema recupera as notas do exame automaticamente e faz a seleção dos candidatos a uma vaga em universidades públicas usando esse critério.

Algumas universidades publicas substituíram totalmente o vestibular tradicional pelo Sisu e outras oferecem uma parte de suas vagas para esse processo seletivo.

Veja também:

Sisu