O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) oferece milhares de vagas em diversas instituições públicas, federais e estaduais, do país. 

As inscrições para Sisu 2020.2 geralmente acontecem em maio, e para participar deste processo seletivo é necessário ter realizado o Enem 2019 sem ter zerado a redação. 

A seleção do Sisu é feita com a nota do Enem. A menor nota necessária para se conseguir a aprovação é chamada de nota de corte, e esta varia conforme o curso, o turno, a universidade, o campus e a modalidade de concorrência (por cotas ou geral). 

Veja agora as notas de corte do Sisu 2020.2 e saia na frente! 

Nota de corte do Sisu 2020.2

As notas de corte do Sisu 2020.2 vão ser liberadas no período de inscrição, mas, para te dar uma ajudinha, trouxemos uma média das menores e maiores notas de corte dos principais cursos oferecidos nas universidades que participam do processo seletivo. Confira:

  • Administração: 570 a 771
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas: 553 a 788
  • Arquitetura e Urbanismo: 688 a 797
  • Biologia: 618 a 710
  • Biomedicina: 693 a 790
  • Ciências Contábeis: 581 a 768
  • Ciências da Computação: 576 a 819
  • Ciências Sociais: 536 a 743
  • Design: 634 a 749
  • Direito: 678 a 866
  • Enfermagem: 649 a 764
  • Engenharia Ambiental: 628 a 788
  • Engenharia Bioquímica: 720 a 801
  • Engenharia Civil: 652 a 883
  • Engenharia Elétrica: 626 a 806
  • Engenharia Mecânica: 636 a 856
  • Estatística: 592 a 758
  • Farmácia: 659 a 746
  • Fisioterapia: 668 a 776
  • Fonoaudiologia: 652 a 753
  • Gastronomia: 617 a 741
  • História: 547 a 735
  • Hotelaria: 569 a 774
  • Jogos Digitais: 627 a 673
  • Jornalismo: 626 a 796
  • Marketing: 628 a 786
  • Matemática: 515 a 785
  • Medicina: 769 a 901
  • Medicina Veterinária: 669 a 804
  • Nutrição: 660 a 776
  • Oceanografia: 656 a 769
  • Odontologia: 719 a 805
  • Pedagogia: 537 a 738
  • Psicologia: 678 a 834
  • Publicidade e Propaganda: 651 a 762
  • Radiologia: 636 a 716
  • Rádio e TV: 621 a 704
  • Relações Públicas: 620 a 796
  • Sistemas de Informação: 551 a 779
  • Tecnologia da Informação: 658 a 681

Para ser selecionado na maioria dos cursos disponibilizados pelo Sisu é preciso tirar uma nota média acima de 600 pontos no Enem. Porém, alguns cursos, como Medicina e Odontologia, exigem que o estudante tenha um maior desempenho, com notas superiores a 700 pontos. 

Notas de corte do Sisu 2020.2 por universidade

Veja agora as notas de corte aproximadas do Sisu 2020.2 para algumas das principais universidades que participam da seleção: 

Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

  • Nota de corte média: 720 pontos
  • Menor nota de corte: 635 pontos (Ciências)
  • Maior nota de corte: 743 pontos (Ciências Econômicas)

Universidade de São Paulo (USP)

  • Nota de corte média: 750 pontos
  • Menor nota de corte: 870 pontos (Engenharia Aeronáutica)
  • Maior nota de corte: 745 pontos (Biblioteconomia)

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

  • Nota de corte média: 717 pontos
  • Menor nota de corte: 643 pontos (Arquivologia)
  • Maior nota de corte: 811 pontos (Medicina)

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

  • Nota de corte média: 788 
  • Menor nota de corte: 671 pontos (Ciências Matemáticas e da Terra)
  • Maior nota de corte: 822 (Medicina)

Universidade Federal de Goiás (UFG)

  • Nota de corte média: 668 pontos
  • Menor nota de corte: 554 pontos (Física)
  • Maior nota de corte: 799 pontos (Medicina)

Universidade Federal do Ceará (UFC)

  • Nota de corte média: 685 pontos
  • Menor nota de corte: 611 pontos (Redes de Computadores)
  • Maior nota de corte: 801 pontos (Medicina)

Universidade Federal do Paraná (UFPR)

  • Nota de corte média: 715 pontos
  • Menor nota de corte: 560 pontos (ABI-Ciências Exatas)
  • Maior nota de corte: 828 pontos (Medicina)

Universidade de Brasília (UNB)

  • Nota de corte média: 705 pontos
  • Menor nota de corte: 641 pontos (Ciências Naturais)
  • Maior nota de corte: 819 pontos (Medicina)

Lembrando que essas notas foram calculadas com base em edições anteriores, portanto, são pontuações médias aproximadas.

O que fazer se não conseguir uma vaga no Sisu 2020.2?

Se você não conseguir uma vaga no Sisu 2020.2, não fique triste! Existem outras formas de iniciar um curso superior com a nota do Enem. Veja:

 

  • ProUni: O ProUni (Programa Universidade para Todos) abre as inscrições logo após o resultado do Sisu. Nele é possível conseguir uma bolsa de estudo, parcial ou integral, para estudar em uma faculdade particular. 

 

  • Fies: O Fies (Financiamento Estudantil) abre as inscrições após o resultado do ProUni. Com ele, é possível conseguir uma vaga de financiamento para toda a sua graduação. 
  • Ingresso direto pelo Enem: O Ingresso direto permanece durante quase todo o ano com inscrições abertas. Com ele, o estudante não precisa ter obtido nota mínima no Enem e pode usar a nota de qualquer uma das edições, desde 2010, para se inscrever. 

 

 

Veja agora uma lista com instituições reconhecidas pelo MEC, que, além de participarem do ProUni e Fies, possuem o ingresso direto pelo Enem e oferecem bolsas, descontos e financiamentos próprios, sem burocracia para os seus novos alunos:

Veja mais:

Tecnológico ou bacharelado? Qual o melhor? 

Como escolher entre um curso EAD ou presencial?  

Já sabe qual curso vai tentar no Sisu 2020.2? Conte para a gente aqui nos comentários!