O que é o Sisu? 

O Sisu, ou Sistema de Seleção Unificada, é o sistema informatizado do MEC onde as instituições públicas de ensino superior colocam à disposição suas vagas aos estudantes que prestaram o Enem. 

É por meio do Sisu que os estudantes que almejam ingressar em uma universidade pública têm acesso ao número de vagas disponíveis e se inscrevem para concorrer a elas. 

Separamos um passo a passo para que você possa entender como funciona o Sisu e para que saiba como faz para se inscrever na plataforma. 

Passo a passo de como se inscrever no Sisu

Para se inscrever no Sisu é muito simples e não é preciso pagar nenhuma taxa. Basta inserir algumas informações relativas à sua prova do Enem, e você já está concorrendo à vaga de seus sonhos em uma universidade pública. 

Vamos às etapas: 

  • Para começar o processo de inscrição, é preciso ter em mão o número de inscrição e a senha, atualizada e cadastrada no Enem. 
  • Em seguida, escolha até duas opções de curso. Mas não se preocupe se você ainda está indeciso, é possível alterar a opção de curso durante as inscrições. 
  • Os candidatos são selecionados a partir da nota obtida no Enem, de acordo com o número de vagas disponível em cada curso e conforme a modalidade e concorrência para a qual está inscrito. 
  • É importante lembrar que as inscrições são gratuitas e realizadas, exclusivamente, por meio do sistema. 

Atenção aos critérios para o Sisu

Cada universidade tem autonomia para decidir alguns parâmetros de seleção de seus futuros estudantes. Por isso, é importante que você fique atento a cada uma das especificidades adotadas pelas instituições em relação ao curso que você pretende seguir. Separamos abaixo as principais informações para você ficar atento em relação aos critérios, como nota de corte, média mínima e peso.  

Pesos diferentes

Os cursos podem ter pesos diferentes para cada uma das quatro áreas de conhecimento da prova do Enem. 

Por exemplo, na hora de estabelecer o critério seletivo para o ingresso do aluno, o curso de Letras pode exigir um peso maior para o conteúdo de Linguagens em relação aos conteúdos de Matemática, Ciências da Natureza ou Ciências Humanas. 

Já o curso de Direito pode exigir um peso maior para os conteúdos de Ciências Humanas.  

Média mínima e nota mínima

As universidades podem exigir também uma média mínima igual ou maior que um determinado valor e, ainda, acrescentada a essa média, uma nota mínima em determinada área de conhecimento. 

Por exemplo, o curso de Medicina pode exigir que o estudante alcance uma média mínima no Enem de 580 pontos e, ainda, pelo menos, uma nota mínima igual ou maior que 400 em Ciências da Natureza. 

Nota de corte

A nota de corte é a menor nota que o candidato pode tirar para estar na lista de selecionados para determinado curso. Ela é baseada no número de vagas e no total de candidatos inscritos. 

Diariamente, o Sisu calcula e atualiza a nota de corte para cada curso. Por isso, é importante consultar a plataforma todos os dias e acompanhar a nota de corte para o curso que você escolheu. 

Fique ligado no Sisu 2020

A seleção do Sisu acontece duas vezes ao ano, sempre nos meses de janeiro e de junho. 

A próxima oportunidade de inscrição é para o Sisu 2020, para concorrer a uma das mais de 200 mil vagas disponíveis nas universidades públicas, e acontece entre os dias 22 e 27 de janeiro. Fique ligado no prazo para não perder essa oportunidade!

Mas se depois de ter prestado o Enem, ter feito a seleção das universidades no Sisu e não ter alcançado uma nota que seria seu passaporte para o ensino superior, não se desanime. Existem boas alternativas para você entrar em uma universidade. 

Alternativas para o ingresso no ensino superior

Você se esforçou, se dedicou, mas não conseguiu a nota suficiente para ingressar em uma universidade pública? Não se preocupe, ainda não é hora de desistir de fazer um curso superior. 

Algumas universidades particulares oferecem desconto aos alunos, de acordo com a nota do Enem, com valores que podem chegar até a 100% da mensalidade. 

Na Universidade Cruzeiro do Sul, os descontos fazem parte da Bolsa Mérito Enem. Os estudantes têm isenção do valor de matrícula, e os descontos nas mensalidades funcionam de acordo com a seguinte tabela: 

  • De 300 a 449,99 pontos: 10% de desconto em todos os semestres do curso
  • De 450 a 549,99 pontos: 15% de desconto em todos os semestres do curso
  • De 550 a 599,99 pontos: 20% de desconto em todos os semestres do curso
  • De 600 a 699,99 pontos: 30% de desconto em todos os semestres do curso
  • De 700 a 799,99 pontos: 50% de desconto em todos os semestres do curso
  • De 800 a 1.000 pontos: 100% de desconto em todos os semestres do curso

Já na Faculdade Pitágoras, você não precisa prestar o vestibular tradicional. Com a sua nota do Enem é possível se inscrever para os mais de 60 cursos, em um dos 53 campi de ensino presencial ou nos 400 polos de ensino EaD. E a melhor parte é que, usando a sua nota do Enem, você já ingressa com uma bolsa de 30%. 

Separamos para você outras instituições que oferecem vagas, descontos e valores especiais a partir da sua nota no Sisu. 

Comece 2020 com sua vaga garantida no ensino superior. Veja mais em:

Veja que nota precisa tirar no Enem para passar no Sisu 2020

Entenda como funciona a nota de corte do Sisu