Sabemos que o Enem é a principal porta de entrada para o ensino superior no Brasil. Através do exame, é possível ingressar em universidades públicas e privadas ou mesmo conseguir bolsas de estudo e financiamentos a juros baixos.

Com tantas coisas em jogo, os candidatos ficam ansiosos para saber seus resultados. Mas tão importante quanto sua nota pessoal é saber quantos pontos são necessários para conseguir uma vaga por meio dos principais programas do governo: o Sisu, o ProUni e o FIES.

Pensando nisso, preparamos uma tabela com os pontos necessários no Enem para os cursos mais procurados pelos estudantes brasileiros nos três programas federais. Confira agora mesmo!

Tabela de pontos do Enem para cada curso no Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o programa criado pelo governo federal com o objetivo de ampliar o acesso ao ensino superior, concedendo vagas em universidades públicas de todo o país.

Para concorrer, o aluno deve ter realizado a edição mais recente do Enem e tirado nota acima de zero na redação. Conseguem uma vaga os candidatos que alcançam as maiores pontuações.

Dos três programas, o Sisu é o que conta com as maiores notas de corte. Confira a média de pontos dos cursos mais procurados, de acordo com as edições mais recentes do Enem:

600 pontos: Cursos de grau tecnológico e licenciaturas menos procuradas

600 a 650 pontos: História, Letras, Geografia, Agronomia, Biblioteconomia, Sociologia

651 a 699 pontos: Enfermagem, Educação Física, Pedagogia, Farmácia, Serviço Social, Biologia, Ciências Contábeis, Fonoaudiologia

700 a 750 pontos: Arquitetura e Urbanismo, Administração, Matemática, Jornalismo, Nutrição e engenharias menos procuradas

751 a 799 pontos: Odontologia, Direito, Psicologia, Engenharia Civil, Engenharia de Automação, Engenharia Mecânica, Engenharia da Computação e Engenharia Elétrica

800 a 850 pontos: Medicina e Engenharia Aeronáutica

851 a 900 pontos: Pontuação padrão para a disputa nas universidades e cursos mais concorridos

Tabela de pontos do Enem para cada curso no ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é o programa do governo federal que concede bolsas de estudo parciais e integrais nas faculdades particulares brasileiras bem avaliadas pelo MEC.

O ProUni é voltado para alunos de baixa renda e, para participar, o candidato deve se enquadrar nas exigências de renda familiar e escolaridade exigidas pelo Ministério da Educação.

Além disso, é necessário prestar a edição mais recente do Enem e apresentar desempenho de no mínimo 450 pontos, sem zerar a redação.

Assim como o Sisu, o ProUni é bastante concorrido. Veja a média de pontos para os principais cursos:

600 pontos: Saneamento Ambiental e cursos de grau tecnológico e licenciaturas pouco procurados

600 a 650 pontos: Letras, Veterinária, Petróleo e Gás, Podologia, Produção Agrícola, Oceanografia

651 a 699 pontos: Farmácia, Recursos Humanos, Fisioterapia, Sistemas Web, Secretariado, Webdesign, Segurança

700 a 750 pontos: Administração, Odontologia, Enfermagem, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Nutrição, Comunicação

751 a 799 pontos: Psicologia, Engenharia Civil, Engenharia de Automação, Engenharia Elétrica, Engenharia Aeronáutica, Engenharia Química, Engenharia Mecânica, Engenharia da Computação

800 a 850 pontos: Medicina e Direito

851 a 900 pontos: Pontuação padrão para a disputa nas universidades e cursos mais concorridos

Tabela de pontos do Enem para cada curso no FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) foi criado pelo governo federal com a finalidade de conceder crédito estudantil a alunos que não podem arcar com as mensalidades das faculdades particulares.

Através do FIES, os estudantes podem financiar o valor do curso a juros baixos e longo prazo para pagamento — a cobrança começa a ser feita apenas após a formatura.

Para concorrer, é necessário ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, com desempenho mínimo de 450 pontos e nota acima de zero na redação. Além disso, o participante deve atender aos critérios de renda familiar exigidos pelo programa.

Em comparação ao Sisu e ao ProUni, o FIES é o programa com a concorrência mais baixa e as menores notas de corte.

Como as médias de cada curso variam bastante, montamos uma lista com a pontuação que você precisa alcançar no Enem para ser contemplado pelo FIES nos principais cursos:

Cursos

Pontuação

Administração

450 a 690 pontos

Arquitetura e Urbanismo

580 a 750 pontos

Agronomia

480 a 640 pontos

Biomedicina

460 a 690 pontos

Design de Moda 

460 a 700 pontos

Direito 

460 a 765 pontos

Educação Física

460 a 670 pontos

Enfermagem

460 a 670 pontos

Engenharia Civil

460 a 740 pontos

Engenharia de Produção 

450 a 720 pontos

Engenharia Elétrica

450 a 700 pontos

Gastronomia

455 a 680 pontos

Jornalismo

460 a 725 pontos

Marketing

450 a 670 pontos

Medicina

720 a 830 pontos

Medicina Veterinária

540 a 700 pontos

Odontologia

540 a 760 pontos

Pedagogia

450 a 670 pontos

Psicologia

450 a 700 pontos

O que você precisa saber sobre a tabela de pontos do Enem

É importante notar que aqui publicamos uma estimativa das notas de corte do Enem, baseadas nas edições anteriores do exame.

No entanto, essas notas costumam variar de acordo com a instituição de ensino desejada, o turno escolhido e a modalidade da concorrência (ampla ou por cotas).

Sendo assim, a tabela de pontos tem o objetivo de ajudar você a calcular o desempenho necessário para entrar no curso que deseja, mas não informa com exatidão a nota mínima que garantirá a sua classificação.

Onde estudar com a nota do Enem 

Não é fácil conseguir uma vaga no ensino superior através dos principais programas federais. Porém, não há motivos para desanimar: é possível utilizar a sua nota no Enem para entrar em boas faculdades particulares sem nem precisar fazer o vestibular.

Isso porque várias instituições trabalham com o sistema de ingresso direto, em que o candidato informa a pontuação obtida no Enem durante a inscrição e confere se tem os pontos mínimos exigidos pela faculdade escolhida.

Caso alcance a pontuação necessária, ele pode fazer a matrícula imediatamente, sem burocracia ou complicações!

Selecionamos algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem para ingresso direto e ainda concedem descontos e bolsas de estudos de acordo com a pontuação. Conheça:

As faculdades listadas acima oferecem ainda benefícios como bolsas de estudo, convênios e financiamentos sem burocracia. Entre no site da instituição desejada e saiba como se inscrever.

Veja também:

Conheça os 10 cursos mais baratos do Brasil

As 20 melhores faculdades EAD

Agora que você já viu a tabela de pontos do Enem, conta para a gente: que curso gostaria de fazer? Responda nos comentários!