É o aparelho de reprodução das angiospermas. Uma flor completa de angiosperma aparece organizada em:

  • pedúnculo floral – eixo que liga a flor ao caule.

  • receptáculo floral – parte dilatada do pedúnculo, onde estão inseridos os elementos florais.

  • cálice – constituído por folhas modificadas estéreis chamadas sépalas.

  • corola – constituída por folhas modificadas estéreis chamadas pétalas.

  • androceu – constituído por folhas modificadas férteis chamadas estames ou microesporofilos.

  • gineceu – constituído por folhas modificadas férteis chamadas carpelares, pistilos ou macroesporofilos.

  • perianto – nome que se dá ao conjunto de cálice e corola.

  • perigônio – às vezes o cálice fica igual à corola na forma e na cor; ao conjunto dá-se o nome de perigônio.

  • brácteas – são folhas modificadas que servem para a proteção da flor ou de uma inflorescência.

Organização da flor de angiosperma

Organização esquemática da flor de angiosperma

Estame – folha modificada organizada em três partes:

  • filete

  • antera

  • conectivo.

Folha carpelar ou carpelo – a folha carpelar toma a forma de uma garrafa, na qual se podem reconhecer três partes: estigma, estilete e ovário. No interior do ovário formam-se os óvulos.

Por: Curso Objetivo