9. Comparando social, geográfica ou historicamente nações, ações, acontecimentos, circunstâncias.

O que poderia haver de comum entre jovens pobres do Harlem no final do século XX e um poeta italiano do século XIII? A equipe de McClintock mostrou que Dante, como eles, também era rebelde, incompreendido, pressionado. (Gilberto Dimenstein, Projeto Aprendiz, via Internet)

"Enquanto que em países desenvolvidos como o Japão ou I tália o índice de mortalidade infantil é inferior a 2%, na América Latina há regiões em que atinge os imorais 6,4%, como em alguns bolsões de miséria absoluta no Piauí, sul do Pará e Maranhão."

"Antigamente se dizia do FGTS que se tratava de uma "poupança forçada". Estávamos no regime militar e, sempre que possível, punha-se ênfase no fato de que as coisas eram "forçadas". Mas o tempo passou, e o FGTS acabou promovido "patrimônio do trabalhador", inclusive com os sindicatos participando de sua gestão." (Gustavo Franco, revista Veja)

10. Caracterizando aspectos físicos ou espaços (fechados e abertos), descrevendo-os "Um corredor superlotado, pessoas deitadas pelo chão, nas macas, sobre pias, em péssimas condições de higiene e de saúde: eis uma fotografia da perversa realidade brasileira na área da saúde."

"É num pequeno sobrado, numa rua de pouco movimento, que acontecem, entre paredes encardidas, na salta exígua, as sórdidas negociações envolvendo os incentivos oficiais da Sudam, em Belém."

Além desses tipos que agora aprendemos, você poderá utilizar-se de um expediente interessante quando começar suas redações: mesclar os dez tipos que temos disponíveis. Que tal, por exemplo, interrogar e descrever?

Quem poderia supor Miss Brasil 2001 totalmente biônica ? Quem poderia apostar numa miss quase robótica produzida a partir de 19 cirurgias plásticas?

Pois foi o que aconteceu. Juliana Borges, a gaúcha vencedora do concurso, arrumou as orelhas de abano, sugou excessos na barriga, costas e quadris, injetou silicone nas maçãs do rosto e nos lábios, além de dezenas de outras "arrumadinhas" antes ~e vestir o maiô e desfilar, encantadora, quase perfeita, pela passarela.