1) nos substantivos derivados de verbos com terminação ter, ir, er, mir (a terminação permanece, mas perdem o "r” e, em muitos casos, ganham "m”):

Abster > abs-ten- ção > abstenção

ater > aten-ção > atenção

conter > con-ten-ção > contenção

deter > de-ten-ção > detenção

extinguir > extin-ção > extinção

obter > obten-ção > obtenção

Observação: remir > remição = resgatar, liberar >>> diferente da homófona <<< remir > remissão = resistência, indulgência

2) quando o verbo termina em "ar" o substantivo se escreve com "ç":

falar> falação

reputar > reputação

importar > importação

divulgar > divulgação

adotar > adoção

3) em todos os vocábulos de origem tupi ou africana:

paçoca / miçanga / araçá / Iguaçu / caçula

4) em todos os vocábulos de origem árabe:

açúcar / açucena / açafrão / muçulmano

5) quando houver sufixos nominais (próprios dos substantivos) com terminação: aça, aço, iça, uça, uso e anca:

barcaça / ricaço / sumiço / armação / fiança / convalescença

6) quando o "t" substituído por "c" ou por "ç":

absorto > absorção

alto > alçar > realçar

ato > ação > acionar

canto > canção

executar > execução

relatar > relação > relacionar

torto - torção - distorção – contorção

Observação: extorsão

O dígrafo "sc"

Usado em termos eruditos, enquanto a letra "c" é usada nas formas populares e nas formações comuns:

Formas populares:

conhecer / falecer / parecer / amadurecer

Formas eruditas

(muitas palavras permaneceram com o modo erudito de grafia)

intumescer / convalescer / rescindir / abscesso / acrescentar / acréscimo / adolescência / ascensão / ascendente / consciência / crescer / nascer

Usos da letra "x"

1) com som de "s":

aproximar / auxílio / contexto / expectativa / explanar / expiar / explicar / têxtil / inexperiência

2) com som de "z":

exagero / exames / exato / exemplo / exausto / exaurir / execução / executar / exigir / inexato / êxodo / exótico

3) com som de "ks":

anexo / asfixiar / complexo / conexo / crucifixo / dislexia / léxico / perplexo / tóxico

4) com som de "ch":

caixa / desleixado / elixir / enxergar / enxugar / mexer / paixão / lixo / luxúria / praxe / taxa / relaxar / vexame / taxativo / rixa

5) grafado com "xc", mas com som de “s”:

exceção / excelência / excedente / exceto / excitação

Usos da letra "z"

1) com os sufixos:

a) "ez" "eza" na formação de substantivos abstratos:

altivo > altivez

macio > maciez

belo > beleza

surdo > surdez

singelo - singeleza

b) "izar" na formação de verbos e substantivos

fiscalizar > fiscalização

organizar > organização

colonizar > colonização

humanizar > humanização

valorizar > valorização

Observação:

sem o sufixo "izar", o verbo pode ser com "s" ou com "z"

pesquisa > pesquisar

aviso > avisar

juízo > ajuizar etc.

2) temos "z" nas terminações az, ez, iz, oz e uz:

capaz / faz / traz / feliz / atriz / foz / luz /cruz

3) nos diminutivos e derivados que apresentam uma consoante de ligação, a consoante é representada pela letra "z”:

pai+inho > paizinho (diminutivo)

rei+inho > reizinho (diminutivo)

café > cafezal (palavra derivada)

Observação: quando a palavra de base termina em "s", essa letra se mantém:

lapis+inho > lapisinho

chinês > chinesinho

sisudo

mesa > mesinha > mesada

4) palavras com a consoante “c” entre vogais:

ácido – azedo

décimo- dezena

5) palavras com a terminação "triz":

atriz / diretriz / embaixatriz / matriz

6) palavras de origem árabe:

azar / azeite / chafariz / algoz

7) derivados que na base já se escreve a letra "z":

baliza > balizado

raiz > enraizar

razão > arrazoar

jazer > jazigo

Usos da letra “j”

1) em palavras de origem latina:

jeito / majestade / hoje / cerejeira

2) em palavras de origem tupi-guarani, africana ou árabe:

jibóia / jirau / alforje

3) nas formas derivadas em que já existe a letra “j”:

lisonja > lisonjear

loja > lojista

pegajosos

rijeza > rijo

4) nas terminações "age":

laje / traje / ultraje

5) vocábulos com “j”:

adjetivo / objeção / berinjela / objetivo / projeção / ojeriza / pajé / injeção / cafajeste / hoje / jibóia

Usos da letra “g”

1) em palavras de origem latina ou grega que já possuíam a letra “g”:

agir / falange / frigir / gesto / tigela

2) em palavras de origem árabe que já possuíam o “g”:

álgebra / ginete / girafa / giz

3) nas terminações: agem, igem, egem, ugem, ege e oge:

malandragem / vertigem / ferrugem / herege /

Exceções: laje

4) nas terminações: ágio, égio, igio, ógio e úgio:

estágio / relógio / refúgio

5) nos verbos terminados em ger e gir:

eleger / proteger / fingir

6) depois da letra "r" antes:

submergir / divergir

Exceções : palavras que já tenham o "j" no radical, ex: alforje

7) derivadas de outras palavras que se escrevem com a letra "g":

fugir = afugentar

ferrugem = ferrugento

Exceções: rijo = rígido = rigidez

8) palavras que iniciam com a letra “a”:

ágil - agente - agitar - aborígine, argila

Usos da letra "h"

(essa letra não representa fonema, não tem um som determinado)

1) no início da palavra:

herói / hipótese / homem

2) no início ou no final das interjeições:

ah! / hein! / oh! / bah!

3) no interior de palavras integrando um dígrafo (duas letras que produzem apenas um som):

chá / chuva

Por: Pré-Vestibular - Humanista