13) Buscar e eliminar

Buscar e destruir. Isso significa que após o primeiro rascunho, faça uma busca no texto pelas palavras "fracas" (lá, isso, etc.) ou verbos "fracos" ou advérbios (procure os sufixos "mente") ou outras frases ou palavras que você tende a utilizar como uma "muleta", e altere-os para algo mais forte.

14) Vendo o lado positivo

Converter fatos negativos em positivos? Descubra uma maneira de dizer o que é, em vez do que não é? Dizendo o que é geralmente é mais curto, claro e mais direto. (É óbvio que algumas vezes você quer quebrar essa regra). Procure as palavras "não" e "não foi" (ou "não é") e veja se faz sentido reescrevê-las.

Exemplos: "O filme não estava encantando e a maior parte das pessoas não ficou até o final".

Mude para: "O filme estava tedioso e as pessoas foram embora cedo".

15) Adjetivo: a criança com a faca de cozinha na mão

Aplique adjetivos com a mesma parcimônia com que você daria uma faca a uma criança. Os adjetivos geralmente implicam em julgamentos de valores subjetivos que sua história pode ou não passar (e que os leitores irão interpretar de sua própria maneira).

16) Sobre quem é a história?

Nunca suponha que a visão oficial é o forte da história. Quando eu dou aulas sobre escrita, um dos pontos que eu exijo que os repórteres considerem é de quem é a história.

Um exemplo: o prefeito John Higgins irá se desculpar à mulher que ele expulsou de uma reunião pública para amenizar seu longo e caro processo contra ele, afirmou o escritório de advocacia da cidade.

Contada de outro ponto de vista: após dois anos de luta contra a prefeitura, Rita Moore está para conseguir o que queria, um pedido de desculpas formal do ex-prefeito John Higgins.

17) Leia!

Leia bons escritores. LEIA!

18) Resuma sua história em uma palavra

Associe um tema de uma só palavra à sua história - por exemplo, ambição, monopólio, confiança, fome, etc - para manter você concentrado no tema.

19) Detalhes, detalhes

Inclua no texto os detalhes que mostram que o repórter não prestou atenção somente no que foi dito mas também em como e onde foi dito.

20) A grande procura de um jargão

Leia um artigo e assinale todos os jargões, as palavras usadas por autoridades, policiais e jornalistas de esportes que podem não ter sentido algum para os leitores comuns. Olhe essas palavras e veja se consegue uma maneira de traduzi-las para o leitor.

21) Escreva em "tempo real"

Escreva enquanto você apura a notícia. Não espere até ter todas as informações reunidas para começar uma história. Não insista em escrever o início primeiro. Algumas vezes o processo de escrita trará o melhor início. Escreva sem anotações. A história deve estar em seu coração e na sua cabeça. Só olhe as anotações para checar os fatos.

22) Antes de escrever

Organize as anotações e informações, desenvolva um sistema bom para você. Você pode utilizar canetas de cores diferentes, estrelas, o que for. Escreva partes da história ou pontos importantes antes de começar a escrever para não esquecer elementos que você quer incluir.

23) Dê uma volta

A menos que você esteja quase na hora de entregar o texto, dê uma volta se estiver encalhado. Se isso não for possível, levante e ande um pouco enquanto trabalha, relaxe e deixe sua mente viajar com a história.