Decidir qual carreira seguir não é uma decisão fácil. Apesar de muitos já terem definido seu caminho profissional desde cedo, grande parte dos jovens sequer sabe para que lado ir. E isso é mais comum do que você pode imaginar, então relaxe!

Tomar uma decisão acertada pode demandar tempo e muita pesquisa sobre cursos de graduação. Por isso, decidimos te ajudar nessa caminhada. Neste artigo você encontrará dicas e sugestões de como identificar suas aptidões e qual o melhor curso para você fazer. Preparado?

Qual faculdade escolher? Identifique sua afinidade com as áreas do conhecimento

O primeiro passo para você descobrir qual faculdade escolher é entender com qual área do conhecimento você mais se identifica. Quer ver?

Ciências Exatas: quem gosta de cálculos, números e de criar e acompanhar as inovações tecnológicas, se encaixa nessa grande área.

Nas Ciências Exatas estão cursos como as engenharias, Arquitetura, Ciência da Computação, Física, Matemática, Estatística, Mecatrônica, Química, Redes de Computadores, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Jogos Digitais e outros.

Ciências Humanas: área ligada à comunicação, ao pensamento e às linguagens.

Entre os cursos desta área é possível citar: Administração, Letras, Jornalismo, Sociologia, Pedagogia, Serviço Social, Artes Visuais, Direito, Secretariado, Ciências Políticas, Comunicação Social, dentre outros.

Ciências Biológicas: aqui estão as profissões que estudam, analisam, pesquisam, diagnosticam, cuidam e tratam todas as formas de vida.

Neste grupo estão cursos como Medicina, Enfermagem, Biologia, Medicina Veterinária, Biomedicina, Odontologia, Nutrição, Farmácia, Fisioterapia, Psicologia, etc.

Essa é uma divisão geral. Algumas universidades, como a Cruzeiro do Sul e a Unicid, dividem os cursos de forma mais específica ― Ciências Administrativas e de Negócios, Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Exatas e Tecnológicas, e Ciências Humanas e Sociais.

Como decidir qual faculdade escolher?

Depois de descobrir o grande grupo do conhecimento com o qual você se identifica, é preciso escolher o curso. Para isso, temos algumas dicas que podem te ajudar.

Veja alguns pontos que  você pode analisar para escolher seu curso de graduação:

As tendências de mercado

Analise como se comporta o mercado atual e projete para quatro anos à frente. Quais profissões estão em alta e quais setores estão aquecidos e com chances de continuarem assim até que você se forme?

Um exemplo: em 2008, o setor contábil entrou em uma fase de transformações, que se estenderá até 2021, com a convergência (agora chamada “harmonização”) de 32 normas contábeis às normas internacionais. A cada ano são harmonizadas algumas normas, que mudam significativamente as transações e os registros contábeis. Isso significa que a profissão de contador tem se destacado bastante — mais que o normal — ao longo desse tempo.

Além disso, nesse mesmo período, houve a revisão das normas contábeis para cooperativas, a implementação do eSocial, que continua em andamento, e a reforma trabalhista. Ou seja, aqueceu bastante o segmento contábil.

As profissões do futuro

Os avanços tecnológicos andam a passos largos, e nós corremos para alcançá-los. É isso mesmo, para que você tenha uma ideia, estima-se que em 2022 haja uma carência de profissionais em algumas áreas de TI.

Cientista de dados, por exemplo, é uma das profissões do momento, e também chamada de profissão do futuro.

Sim, a tecnologia será responsável por muitas novas profissões, mas não pense que é somente na área de TI.

Estamos engatinhando em todos os aspectos relacionados à 4a Revolução Industrial, ou Indústria 4.0. Isso significa que a próxima década será propícia às engenharias Mecânica, de Produção, Mecatrônica e outras.

A Biologia Sintética, por sua vez, traz a promessa de revolução ao redesenhar sistemas biológicos naturais já existentes. A área ambiental continuará sendo —  e cada vez mais — um segmento em alta.

Fazendo uma boa pesquisa sobre as áreas que estão se desenvolvendo, você pode encontrar o seu caminho.

As profissões mais bem pagas

Escolher a carreira tem a ver com sonho, aptidão e habilidades, certo? Mas não podemos deixar de lado a questão financeira. É natural do ser humano querer ser bem recompensado pelo trabalho que faz, e com você não deve ser diferente.

Pesquise sobre quais as carreiras mais bem pagas e coloque isso como um dos fatores de decisão sobre o que estudar.

Faça um teste vocacional

Você vai notar que há características das áreas do conhecimento que têm muito a ver com a sua personalidade. No entanto, é preciso esmiuçar, ir além.

Um exemplo: se gosta de cuidar de pessoas, você se aproxima da área da saúde.

Agora, se você até se imagina como um médico ou enfermeiro, mas seu estômago embrulha só de pensar em ver um ferimento — pior, ter que tratar isso —, descarte as profissões mais clássicas da saúde e busque opções como Assistência Social e Psicologia.

Para ter certeza na hora de escolher, busque uma orientação vocacional e faça um teste. Este procedimento te ajudará a definir melhor suas aptidões e afinidades com determinada carreira.

Desenvolvidos por especialistas em Psicologia e Educação, os testes vocacionais podem clarear sua mente e direcionar suas habilidades a algo mais específico.

Onde estudar

Outra decisão importante é a escolha da instituição de ensino superior onde estudar. Abaixo, apresentamos uma lista com algumas, todas com boa avaliação e reconhecidas pelo MEC.

Visite o site de cada uma delas e conheça as diversas opções em cursos, assim como os benefícios que elas oferecem, como bolsas de estudo, financiamentos e descontos.

Veja onde você pode estudar:

Estes artigos podem interessar a você:

Saiba quais as 10 profissões com maiores salários

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

 

Queremos seu feedback! Gostou do artigo? Ele te ajudou na escolha pela curso de graduação? E a universidade onde vai estudar, já escolheu? Conte-nos tudo aqui embaixo!