O Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja) é realizado anualmente para certificar os conhecimentos de jovens e adultos que não concluíram o Ensino Fundamental ou Médio na idade apropriada. 

As informações sobre a nota obtida no exame para poder retirar o certificado são disponibilizadas somente após a aplicação da prova. Veja mais detalhes sobre o Encceja 2020 abaixo.

O Encceja

O exame é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em um único dia, nos períodos da manhã e da tarde.

A prova possui 120 questões, sendo 30 para cada uma das quatro áreas do conhecimento, além da redação. No entanto, os conteúdos do exame para o Ensino Fundamental e Médio são diferentes. Confira:

 

  • Ensino Fundamental: Ciências Naturais; Matemática; Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Redação; História e Geografia

 

  • Ensino Médio: Ciências da Natureza, Química, Física e Biologia; Matemática; Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação; História, Geografia, Filosofia e Sociologia.

 

 

Para aqueles que tiverem interesse, o Inep também disponibiliza no site uma cartilha com materiais para estudo, assim como provas e gabaritos de edições anteriores do exame.

Os pré-requisitos para fazer a prova é ter no mínimo 15 anos, para o certificado do Ensino Fundamental; e pelo menos 18 anos para o do Ensino Médio. As inscrições podem ser feitas pela página do Encceja, no site do Inep.

Calendário do Encceja 2020

O calendário do Encceja é divulgado no edital, com informações sobre a data da prova e o período de inscrições. Normalmente o edital é publicado nas primeiras semanas de maior, portanto, ele deve estar disponível nos próximos dias.

Esse texto será atualizado com as informações oficiais do calendário do Encceja 2020 assim que o edital for publicado. Por isso, salve essa página e fique atento!

Onde ver a lista de aprovados do Encceja

Na última edição do Encceja, em 2019, não foi divulgada uma lista de aprovados. Para saber qual foi o resultado da prova, os candidatos precisam seguir o seguinte passo a passo:

  • Acessar a página do participante, no site do Inep
  • Preencher o número do CPF, a senha e a figura indicada
  • Verificar a aba com as notas

Em até dez dias úteis após a aplicação da prova, o gabarito oficial é disponibilizado pelo Inep. Por meio dele é possível saber o número de erros e acertos, mas não é possível se informar sobre a aprovação ou reprovação, pois o método de correção do exame é a Teoria de Resposta ao Item (TRI), a qual prevê possíveis chutes e não se baseia apenas no número de acertos.

É necessário tirar pelo menos 100 pontos em cada uma das quatro áreas do conhecimento e 5 na redação para ser aprovado. Caso o candidato não alcance essa nota em toda as disciplinas, ele recebe uma declaração de proficiência somente das disciplinas em que foi aprovado e pode prestar a prova novamente apenas nas matérias em que foi reprovado.

No Encceja 2019, o resultado foi divulgado no dia 6 de dezembro, quase quatro meses após a data da prova, que aconteceu no dia 25 de agosto.

O que fazer com o resultado do Encceja?

Se aprovado, o próximo passo para o participante é retirar o certificado, que é emitido pelas Secretarias Estaduais de Educação. Durante a inscrição, o candidato pode escolher em qual unidade deseja obter o documento - essa informação pode ser acessada a qualquer momento na página do participante do Encceja, no site do Inep.

Em seguida, é preciso entrar em contato com a secretaria para saber qual é o procedimento necessário para retirar o certificado. Normalmente a retirada é feita pessoalmente, por meio da apresentação de documentos como CPF, RG e impressão do resultado do Encceja - no site do Inep.

Com o certificado em mãos, além de ter concluído o Ensino Fundamental e Médio, é possível ingressar no Ensino Superior em cursos de graduação como tecnológicos, bacharelado e licenciatura.

Ter um diploma de nível superior pode aumentar as chances de ingresso no mercado de trabalho, de promoção e até mesmo de aumento de salário, pois quanto maior for o grau de instrução de um profissional, maior será sua remuneração. De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), quem possui diploma de graduação pode ganhar até 140% a mais.

No entanto, a escolha de onde fazer um curso superior também é muito importante. Para que o diploma seja válido em todo o território nacional, é necessário que o curso seja autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Veja a seguir algumas opções de instituições de ensino que oferecem diversos tipos de graduação nas modalidades presencial e a distância, de acordo com as diretrizes do MEC: