Você se esforçou, estudou bastante, conseguiu ser aprovado no curso superior e agora está a um passo do grande sonho de fazer um curso no Ensino Superior: conseguir um crédito estudantil para realizar a faculdade. 

Agora é segurar a ansiedade de esperar o resultado para se inscrever no curso que você escolheu. Neste artigo você encontrará as informações mais importantes relativas ao Fies e também confere onde ver a lista de aprovados do Fies 2020. 

As mudanças no Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil vem mudando constantemente desde a sua criação, em 1999, e, nas últimas edições, o programa tem estabelecido novas regras a fim de que os estudantes possam solicitar um financiamento com mais facilidade e melhores condições.

O Novo Fies, como é chamado desde sua reformulação a partir do segundo semestre de 2018, está dividido em duas modalidades, possibilitando, desse modo, juro zero a quem mais precisa.

Além disso, há também uma mudança em outro ponto fundamental: a escala de financiamento, que varia conforme a renda familiar do candidato, com juros mais baixos do que os praticados no mercado.

Prazos de inscrição para o Fies

Todos os anos o programa abre duas seleções, uma no início do primeiro semestre e outra também no princípio do segundo semestre.

Por isso, é muito importante que você fique sempre atento ao site, para não perder os prazos e a oportunidade de conseguir um financiamento para seu curso.

No primeiro semestre de 2020, o calendário do processo seletivo do FIES ficou assim:

  • 5 a 12 de fevereiro: inscrições
  • 26 de fevereiro: resultado
  • 27 de fevereiro a 2 de março: prazo para complementar a inscrição
  • 28 de fevereiro a 31 de março: preenchimento de vagas da lista de espera

As datas para solicitação do Fies do meio do ano de 2020 ainda não foram abertas.

Quais as regras para solicitar o Fies? 

O Fies é voltado exclusivamente para estudantes com renda familiar mensal bruta por pessoa de até três salários mínimos e quem opera o financiamento é a Caixa Econômica Federal. 

Porém, é preciso ficar atento. Existem requisitos para que o candidato possa, efetivamente, participar. Confira:

  • Ter participado de, pelo menos, uma das edições do Enem, desde 2010.
  • Ter conseguido uma nota igual ou superior a 450 pontos na somatória das provas do Enem.
  • Ter feito uma nota maior que zero na redação.

Uma vez atendendo os requisitos acima, o candidato terá que observar outros critérios. O principal deles é que o estudante comprove sua situação socioeconômica para poder solicitar o financiamento. 

Confira abaixo quais as opções de financiamento oferecidas pelo programa: 

  • Fies: É preciso comprovar uma renda mensal familiar de até 3 salários mínimos por pessoa. Além disso, para quitação do financiamento, é aplicada uma taxa de juro zero.
  • P-Fies: Nesta modalidade é preciso comprovar uma renda familiar mensal de 3 a 5 salários mínimos por pessoa. Para o P-Fies, as taxas de juros variam de acordo com a instituição financeira na qual o estudante fará seu financiamento.

Onde ver a lista de aprovados do Fies 2020? 

Você pode saber se o seu nome está na lista de aprovados do Fies 2020 consultando o resultado das modalidades Fies, no site oficial do Fies Seleção, e também pode conferir na instituição para a qual tenha se inscrito.

Em 2019, o nome dos selecionados foi divulgado nos meses de fevereiro e de julho. Os prazos para o Fies 2020 ainda não foram divulgados, mas fique atento para acompanhar cada etapa e não perder sua vaga. 

Quantidade de vagas

O número de vagas ofertadas nos últimos anos para o programa foi de 100 mil. Tendo os anos de 2018 e 2019 como base, é bastante provável que a quantidade em 2020 seja a mesma, caso não seja ainda maior.

Lista de espera para o Fies

Seu nome não apareceu entre os selecionados? Não se preocupe! Após a divulgação dos resultados, a lista de espera se forma. E, boa notícia: esse processo ocorre de maneira automática!

Ou seja, diferentemente de outros processos seletivos, como o Sisu, em que o candidato precisa ficar atento a prazos e manifestar interesse quando não tiver sido selecionado, com o Fies não há necessidade de nenhum tipo de solicitação.

Caso você não tenha sido escolhido no processo de seleção, seu nome já estará apto para entrar na lista de espera.

Mas atenção: ainda assim é preciso ficar atento à sua posição. Se finalmente conseguir a vaga, o programa não se responsabiliza por entrar em contato e avisar.

Cabe a você completar o cadastro em outro sistema do Fies, levar os documentos comprobatórios das informações que preencheu no ato da inscrição e assinar o contrato de financiamento.

Como contratar o financiamento

Conseguiu sua vaga? Depois de ter as informações e a documentação validadas pela instituição particular selecionada, compareça à agência da Caixa que você escolheu no ato da inscrição para contratar o financiamento. 

O  prazo de carência para quitação do financiamento começa a contar somente depois da formatura do estudante, e varia de acordo com a modalidade selecionada, Fies ou P-Fies.

Por isso, é importante que você selecione a modalidade de financiamento de acordo com seus planos futuros.

Não consegui o Fies. E agora? 

Você conferiu a lista de aprovados para o Fies e seu nome não estava lá. Ainda não é a hora para desistir!

Separamos para você algumas instituições que oferecem, além do Fies, outras formas de ingresso nos cursos.

Existem faculdades com convênios, parcerias ou ainda bolsas de até 100% no valor da mensalidade, levando em consideração a nota do aluno no Enem. Confira:

Veja também: 

Conheça os cursos que aceitam e participam do Fies 2020

Saiba todas as datas do Fies 2020 e tente sua vaga 

Agora é só se preparar e começar 2020 no curso superior. Deixe um comentário sobre sua experiência em pedir o Fies!