O reitor da UFRGS, Carlos Alexandre Netto, anunciou na tarde desta

segunda-feira que a instituição não vai utilizar o sistema proposto

pelo MEC, em que Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passaria a valer

como o único processo seletivo para o ingresso nas universidades

federais, para o ingresso em 2010. Ainda assim, não está descartada a

utilização da nota do Enem para o cálculo no processo seletivo deste

ano. A universidade estuda um modelo para utilizar o exame no Concurso

Vestibular de 2011.

— Nós não conhecemos ainda o novo Enem,

então nós não podemos adotar esse novo Enem como única forma de seleção

para a universidade. E de outra forma, nós estamos também agora

começando um trabalho de organização do vestibular em duas fases,

provavelmente para o ano de 2011. Então nós não podemos então usar o

Enem como primeira fase pois nós só teremos duas fases em 2011.

Segundo o reitor, a decisão sobre utilização do exame como uma das notas será

proferida no final de julho. Netto

elogiou a iniciativa do MEC:

A universidade vê com muito bons olhos essa proposta do Ministério da

Educação, porque ela permite uma visão mais sistêmica do ensino, ou

seja, as universidades trabalharão em contato muito mais próximo com as

escolas e com o próprio Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Educacionais Anísio Teixeira) na avaliação da proficiência dos alunos egressos do Ensino Médio.

A

substituição do vestibular pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

tem a pretensão, a longo prazo, de reformar o Ensino Médio, e a decisão

de acatá-la está nas mãos das universidades. O exame deste ano foi

marcado para os dias 3 e 4 de outubro, e participarão entre 4 milhões e

5 milhões de estudantes, conforme a adesão estimada.

No Rio Grande do Sul, apenas a Universidade Federal do Pampa

(Unipampa) optou pelo Enem como critério único. Há, também, uma

inclinação favorável nas federais de Rio Grande (Furg), de Ciências da

Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e Pelotas (UFPel). A Universidade

Federal de Santa Maria (UFSM) prepara o vestibular tradicional para

2010, mesmo que a instituição opte pelo Enem.