De acordo com o Censo Escolar 2005, do Instituto Nacional de Estudos e

Pesquisas Educacionais (Inep/MEC), as matrículas dos alunos com surdez

em classes comuns cresceram quase 40%. No entanto, quase não existem

profissionais no mercado preparados para dar aulas para surdos. Para

atender essa demanda, a Universidade Cidade de São Paulo - Unicid acaba

de lançar o curso de Licenciaturas em Libras.

Segundo a

coordenadora do curso, professora Luciana Gimenes, a Licenciatura em

Libras se ampara no Decreto nº 5.626/05, que torna a disciplina

obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do

magistério no ensino médio e superior. “O aluno do curso poderá atuar

como docente de Libras nas séries finais do ensino fundamental, no

ensino médio e na educação superior", explica.

O curso terá

duração de seis semestres e será organizado em 12 módulos, com carga

horária total de 2800 horas. O curso de Licenciatura em Artes Visuais

foi criado para suprir a atual demanda da educação básica por

profissionais capacitados para atuarem no ensino de Arte. As novas

Licenciaturas poderão dialogar com outros cursos oferecidos pela

instituição, como por exemplo, História, Design Gráfico, Design de

Interiores e Comunicação, alem dos novos cursos de Produção Cultural e

Arquitetura e Urbanismo. O profissional formado na Licenciatura de

Artes Visuais, além de estar habilitado para atuar na educação formal,

lecionando em escolas públicas e particulares nos níveis de Educação

Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, poderá também trabalhar em

Centros Culturais, Museus, Galerias, Teatros, Agências Publicitárias,

Gráficas, eventos artísticos em geral, exercendo atividades como:

produção cultural, programação visual, ateliês, monitoria, montagem de

exposições, mediação cultural e oficinas.

Todas as licenciaturas

da Universidade (História, Pedagogia, Letras, Ciências Biológicas,

Matemática e Educação Física) estão inseridas no Programa de Formação

de Professores. Criado em 2000, para atender a uma política educacional

do MEC, que recomendava uma nova dinâmica dentro de uma perspectiva

interdisciplinar, o programa é hoje referência no meio educacional.

Segundo

a coordenadora, do Programa de Formação de Professores, professora

Eliane Pascoal, ele oferece uma formação generalista para os alunos de

diferentes áreas, reproduzindo nas salas de aula o ambiente de uma

escola, com diversos tipos de profissionais da educação. Seu currículo

é organizado de forma que o aluno reúna competências ligadas a três

eixos de formação: competências comuns a todos os professores;

competências relativas ao nível de escolaridade que pretende atuar e

competências quanto à área de conhecimento que escolheu. “Queremos que

os futuros professores sejam capazes de mobilizar conhecimentos e

atitudes e não se apóiem apenas nos conteúdos específicos das áreas”,

afirma.

Sobre a Universidade Cidade de São Paulo – Unicid

Primeira instituição de ensino superior instalada no bairro paulistano

do Tatuapé, ao lado da estação Carrão do Metrô, a Universidade Cidade

de São Paulo - Unicid, mantém há 37 anos diferenciais bastantes nítidos

marcados pela consistência de seus cursos que oferecem formação afinada

com o mercado de trabalho, um corpo docente qualificado e uma

permanente preocupação em investimentos de infra-estrutura. Foi

pioneira em oferecer os cursos de Fisioterapia em 1984 e Engenharia de

Telecomunicações em 1995, o qual, sob orientação do MEC, serviu de

referência a muitas instituições de ensino superior.

Desde que

iniciou suas atividades educacionais, em 1972, inicialmente como

Faculdades da Zona Leste, a instituição sempre esteve atenta à demanda

do mercado e da sociedade atualizando e modernizando seus projetos

pedagógicos. A Universidade oferece cursos de graduação nas áreas da

Saúde, Humanas, Exatas e o Programa de Formação de Professores

reconhecidos pelo MEC, cursos superiores de tecnologia modulares que

formam em dois anos, três programas de mestrado recomendados pela

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes),

além de cursos de especialização e de extensão universitária.