A Universidade de Pernambuco (UPE) anunciou uma mudança significativa

nos critérios de cotas para o vestibular 2010. Agora, a exigência para

concorrer a 20% das 3.530 vagas oferecidas para o ano que vem é ter

cursado desde a 5ª série do ensino fundamental escolas das redes

estadual ou municipais.

Até o ano passado, poderiam brigar os estudantes que estivessem concluindo apenas

o ensino médio na rede pública (com exceção dos alunos da rede

federal). Segundo o presidente da Comissão de Concursos da UPE,

Reginaldo Inojosa, a medida foi tomada para evitar fraudes na seleção.

Três alunos aprovados em medicina em 2007 estão frequentando o curso

sub judice, até que a Justiça determine se eles, de fato, ganharam o

benefício sem necessidade. Cotistas ou não podem se inscrever no

vestibular tradicional da instituição de hoje até o próximo dia 30 de

julho, por meio do site www.upenet.com.br.

"Com

a exigência do vínculo desde o ensino fundamental, as chances defraude

são menores. Não podemos deixar que pessoas que não precisem do sistema

de cotas se beneficiem dele", justificou o reitor da UPE, Carlos

Calado. Ele afirmou que três denúncias de fraudes de alunos

matriculados já estão sendo investigadas por ações judiciais.

A

política de cotas foi implantada na UPE em 2005. Dos 14 mil estudantes

da universidade, 2 mil ingressaram através das cotas. "Estamos mudando

para preservar o espírito que norteou a criação das cotas na UPE.

Alguns pais estavam tentando levar vantagem matriculando os filhos no

ensino médio da escola pública enquanto esses estudantes também

cursavam, em paralelo, cursinhos particulares de matérias isoladas, de

olho nas cotas", explicou Reginaldo Inojosa.

Além dos novos

critérios das cotas, o vestibular 2010 terá outras novidades. Uma delas

é a quantidade de questões. No ano passado, todas as disciplinas

contavam com 16 enunciados. Este ano, com a implantação dos testes de

filosofia e sociologia, apenas português e língua estrangeira (inglês

ou espanhol) permanecem com o mesmo número de questões.

As outras

matérias terão 14 quesitos, enquanto as estreantes terão seis questões

cada uma. O formato das perguntas será o mesmo dos anos anteriores. Os

conteúdos, entretanto, seguirão a matriz de assuntos do Exame Nacional

do Ensino Médio (Enem). Incluindo o conceito de interdisciplinaridade.

As provas acontecem em três dias consecutivos: 29 e 30 de novembro e 1º

de dezembro, no horário das 8h15 às 12h15. Os testes serão aplicados em

seis câmpus. O listão deve ser divulgado até o dia 21 de dezembro. A

relação de remanejáveis sai no dia seguinte.

Isenção - Ontem

saiu o resultado das isenções na taxa de inscrição (R$ 100) do

vestibular da UPE. A lista com o nome dos contemplados totais e

parciais está disponível na internet (www.upenet.com.br).

Foram oferecidas 10 mil isenções: 2,5 mil com desconto de 100%, 2,5 mil

com desconto de 50% e 5 mil com desconto de 25%. Os beneficiados devem,

assim como os demais estudantes, efetuar a inscrição. O prazo segue até

o dia 17 de julho. Quem perder a data será eliminado do processo

seletivo.