Desde sua criação, em 2005, o Programa Universidade para Todos (ProUni) já beneficiou mais de um milhão de estudantes brasileiros com bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades privadas.

O processo seletivo do ProUni é totalmente automatizado e utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para classificar os candidatos a uma bolsa de estudo em universidades particulares de todo o Brasil. Para participar, o candidato precisa ter feito o Enem no ano anterior, com desempenho de pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação. Além disso, deve cumprir alguns requisitos de renda.

São duas edições do ProUni por ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre, quando milhões de estudantes disputam uma vaga nas centenas de milhares de bolsas oferecidas. Por se tratar de um processo seletivo, apenas os candidatos com o melhor desempenho no Enem conseguem entrar no ProUni e, com isso, muita gente fica de fora do Programa.

Muitos estudantes que não passam no ProUni têm dúvida se podem tentar uma vaga novamente, ou se podem participar do ProUni duas vezes. Confira as respostas a seguir e conheça um pouco mais sobre as regras de participação do ProUni!

Posso participar do ProUni duas vezes?

Desde que cumpra os requisitos do Programa, você pode participar do processo seletivo do ProUni quantas vezes quiser. Ou seja, você pode tentar uma bolsa do ProUni quantas vezes for necessário, até conseguir. Não existe um limite de tentativas (e nem de idade) para participar do ProUni.

O candidato ao ProUni precisa ter feito o Enem no ano anterior, com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação e atender a pelo menos uma das condições a seguir:

  • ter cursado o ensino médio completo em escola pública;
  • ter cursado o ensino médio completo em escola privada como bolsista integral;
  • ter cursado o ensino médio parcialmente em escola pública e parcialmente em escola privada como bolsista integral
  • ser pessoa com deficiência;
  • ser professor efetivo da rede pública, e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesse caso não há requisitos de renda.

A renda familiar bruta mensal máxima para concorrer a uma bolsa do ProUni é de três salários mínimos por pessoa.

Já me formei pelo ProUni e quero fazer outra faculdade. Posso participar do ProUni de novo?

Não. O ProUni é um programa que dá oportunidades de acesso ao ensino superior para quem ainda não tem um diploma universitário.

Se você já usou o ProUni para se formar em uma faculdade, não poderá entrar no programa novamente para tentar mais uma bolsa.

Não consegui passar no ProUni. Posso tentar uma vaga remanescente?

Pode e deve! O processo seletivo do ProUni acontece em duas etapas:

  1. Processo Regular: é obrigatório ter participado do Enem no ano imediatamente anterior àquela edição do ProUni, ter obtido pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.
  2. Vagas Remanescentes: podem participar professores efetivos da rede pública concorrendo a bolsas em cursos de licenciatura, ou pessoas que tenham feito o Enem a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero em uma mesma edição do Enem.
A etapa das vagas remanescentes abre inscrições após o encerramento do processo regular. São vagas que por alguma razão não foram preenchidas na primeira etapa do ProUni e voltam a ficar disponíveis para os interessados em uma bolsa de estudos em universidade privada.

Vale lembrar que para concorrer a uma bolsa remanescente o candidato também deve cumprir os demais critérios do Programa.

As inscrições para bolsas remanescentes são gratuitas e devem ser feitas pela Internet, no site do ProUni.

Já estou na faculdade. Posso tentar uma bolsa do ProUni?

Sim. Se você preencher os requisitos do Programa, pode se candidatar a uma bolsa do ProUni mesmo já estando matriculado em um curso superior. Você pode, inclusive, tentar uma bolsa na mesma faculdade particular onde está matriculado, caso ela participe do ProUni.

Tenho uma bolsa parcial. Posso participar do ProUni novamente e tentar outra bolsa para completar o valor da mensalidade?

Não. Se você já tem uma bolsa de 50% do ProUni e gostaria de conseguir outra bolsa parcial do Programa para completar o valor da mensalidade, deve buscar uma outra solução. Isso porque um mesmo estudante não pode acumular duas bolsas do ProUni.

Se os 50% da mensalidade que você precisa pagar estão pesando no orçamento, você tem a opção de tentar um financiamento do FIES. Vale lembrar que o FIES só pode ser usado com o ProUni para complementar a mensalidade do mesmo curso e faculdade onde o estudante tem a bolsa do ProUni e a soma dos dois benefícios não pode ultrapassar o valor da mensalidade com desconto.

Estou estudando em universidade pública. Posso participar do ProUni?

Caso você atenda os requisitos do Programa, pode se candidatar a uma bolsa do ProUni, mesmo estando matriculado em uma universidade pública. No entanto, caso seja selecionado para uma bolsa do ProUni, precisará optar por apenas uma das matrículas: universidade pública ou ProUni.

Veja também:

ProUni

Você vai participar do ProUni? Conte para a gente nos comentários!