O gabarito do Enem 2020 já saiu, e você já sabe que não conseguiu alcançar a nota de corte necessária para tentar uma vaga em uma universidade pública. 

Não se preocupe, você pode tentar uma bolsa de estudos pelo ProUni e estudar em uma instituição particular. 

Mas você sabe como funciona o Prouni e quais os critérios para se inscrever? Separamos para você todas as informações necessárias para se inscrever e ver o resultado da seleção para 2020. Vamos lá? 

Como concorrer a uma bolsa do ProUni 2020

As seleções para o ProUni acontecem todos os anos em duas datas: uma no primeiro semestre, entre os dias 28 e 31, e a outra no segundo semestre, normalmente no mês de agosto.

Para concorrer a uma das vagas, o estudante precisa acessar o sistema do ProUni com o número de inscrição e a senha que foram cadastrados, e preencher seus dados, inclusive com a situação socioeconômica. 

Para encerrar, o estudante precisa selecionar o curso e a instituição de ensino e declarar se pretende participar da seleção de bolsas por cotas (destinadas a índios, negros ou pardos e a estudantes com deficiência). 

Passo a passo para ver o resultado do ProUni

A seleção dos contemplados com bolsas do ProUni é divulgada na própria plataforma do programa. No primeiro semestre, o resultado sai no dia 4 de fevereiro. 

Para saber se você foi contemplado, basta seguir os seguintes passos: 

  • Acesse o site do ProUni
  • Clique em "resultado"
  • Preencha os dados que são solicitados (são os mesmos dados que você utilizou para o Enem 2019)
  • Clique em "enviar"
  • Pronto! Agora você terá acesso ao seu boletim

Fique atento às datas das chamadas do ProUni

O ProUni oferece três oportunidades para concorrer a uma bolsa. A primeira chamada atende os alunos mais bem classificados no Enem. 

Em seguida, quando as vagas não são totalmente preenchidas, seja por falta de documentação, seja por informações não comprovadas pelo candidato, é aberta uma segunda chamada. No primeiro semestre, ela acontece no dia 18 de fevereiro.

Se ainda assim você não for contemplado com uma bolsa em segunda chamada, é possível participar da lista de espera do programa. Mas atenção, o prazo para entrar na lista de espera do primeiro semestre vai de 6 a 9 de março.

Por isso, é importante que você acesse o site do ProUni frequentemente para não perder o prazo. 

Como funciona o ProUni

O ProUni, Programa Universidade para Todos, é um incentivo do Governo Federal para que estudantes de baixa renda possam cursar uma faculdade com bolsas que variam de 50% a 100%.

Para conseguir a bolsa parcial, de 50%, o estudante precisa, além de tirar 450 na somatória das notas do Enem e mais do que zero na redação, ter cursado todo o ensino médio em uma escola pública e ter uma renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Já para concorrer a uma bolsa integral, de 100%, o estudante precisa ter cursado todo o ensino médio em escola pública, tirado 450 na somatória das notas do Enem e nota maior que zero na redação e uma renda familiar mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Professores do ensino básico da rede pública e portadores de deficiência também podem concorrer ao ProUni, desde que comprovem suas respectivas condições. 

Aos professores, a concorrência de bolsa é exclusiva para cursos de pedagogia e licenciatura, e não é preciso comprovar renda, basta comprovar que integram o quadro permanente de uma instituição da rede pública. 

Já estudantes portadores de deficiência precisam comprovar sua condição com um laudo médico que ateste o grau e a classificação internacional da doença – CID.

Qual é a documentação exigida?

O estudante que pretende se inscrever para concorrer a uma das bolsas disponíveis para o ProUni precisa reunir uma documentação que comprove a sua situação socioeconômica. 

Essa etapa é muito importante, pois, caso não consiga essa comprovação, perderá o direito à bolsa.

Por isso, fique atento na hora de reunir toda a documentação exigida. Quando o estudante não entrega a documentação, sua vaga é disponibilizada para a segunda chamada ou lista de espera. 

Então, não dá para comer bola em um momento tão importante para o seu futuro. Confira abaixo quais os documentos que você precisa entregar:

  • Comprovante de identidade (RG, carteira funcional, identidade militar, CNH ou passaporte);
  • Comprovante de residência (contas de água, telefone, energia elétrica, gás, boleto bancário ou fatura do cartão de crédito);
  • Comprovante de conclusão do ensino médio;
  • Comprovante de ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou comprovante de ter cursado todo o ensino médio em escola particular com bolsa integral;
  • Se celetista, cópia dos três últimos contracheques;
  • Se trabalhador autônomo, extratos da conta bancária.

A documentação precisa ser entregue em cópia simples (não precisa ser autenticada) acompanhada dos documentos originais para conferência. 

Confira uma lista de universidades que oferecem bolsa do ProUni

Documentação reunida e tudo certo, separamos para você uma seleção de faculdades e universidades que aceitam estudantes com bolsas do ProUni. 

A melhor parte é que você ainda pode conseguir um desconto progressivo nas mensalidades de acordo com a sua nota no Enem, podendo chegar a 100% de bolsa.

Já escolheu o seu curso e a sua universidade? Então, conte para a gente nos comentários. 

Veja também: 

Descubra como fazer a inscrição para o Sisu 2020

Descubra onde é possível usar a nota do Enem 2020