A segunda edição do Programa Universidade para Todos (ProUni) de 2016, que seleciona bolsistas para o segundo semestre, aconteceu em junho. As inscrições foram de 7 a 10 de junho e o resultado saiu no dia 13, com uma segunda chamada no dia 27 do mesmo mês.

Quem não conseguiu entrar nas duas chamadas regulares do ProUni 2016 pode tentar uma das vagas remanescentes. O processo seletivo para as bolsas disponíveis é feito no site do Programa, pela Internet.

Descubra como fazer para tentar uma bolsa remanescente do ProUni em 2016!

Quando fazer a inscrição para as vagas remanescentes do ProUni 2016?

O período de inscrição para ocupar as vagas remanescentes do segundo semestre do ProUni 2016 começou no dia 1o de agosto. O encerramento depende da condição do candidato. Confira:

  • até 26 de agosto de 2016: para o candidato que ainda não esteja matriculados na instituição em que deseja se inscrever.
  • até 14 de novembro de 2016: para o candidato que já esteja matriculado na instituição em que deseja se inscrever.

Quem pode participar das vagas remanescentes do ProUni?

A principal diferença entre o processo regular e seleção para as vagas remanescentes do ProUni 2016 é que, no segundo caso, o candidato pode ter feito o Enem a partir de 2010 (no processo regular, apenas quem fez o Enem em 2015 podia participar). Vale lembrar que o desempenho no Enem continua valendo para concorrer às bolsas remanescentes: 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.

Professores efetivos da rede pública de ensino, concorrendo a vagas em cursos de licenciatura, também podem tentar uma vaga remanescente do ProUni. Nesse caso, não precisam ter feito o Enem.

As bolsas do ProUni podem ser parciais ou integrais, dependendo das condições de renda do candidato:

  • Bolsas integrais: pagam 100% da mensalidade e são destinadas a estudantes com renda familiar bruta mensal por pessoa de até um salário mínimo e meio.
  • Bolsas parciais: pagam 50% da mensalidade e são destinadas a estudantes com renda familiar bruta mensal por pessoa de até três salários mínimos.

Como fazer a inscrição para as vagas remanescentes do ProUni 2016?

As inscrições para vagas remanescentes do ProUni devem ser feitas pela Internet, seguindo os passos:

  1. Acessar o site do ProUni.
  2. Clicar em “Fazer inscrição”.
  3. Se for seu primeiro acesso, você deve clicar em “Primeiro Acesso”, informar o CPF e a data de nascimento. O sistema verifica automaticamente se o candidato participou do Enem a partir da edição de 2010 e se obteve a pontuação mínima necessária. Se você for professor efetivo da rede pública de ensino e quiser se candidatar a uma bolsa remanescente em curso de licenciatura, não precisa ter feito o Enem. Basta informar que é professor e prosseguir com o cadastro.
  4. Cadastrar uma senha para acessar o sistema de bolsas remanescentes e informar e-mail válido, para o qual será enviado o link de ativação do cadastro.
  5. Consultar seu e-mail e abrir a mensagem de ativação do cadastro.
  6. Acessar o sistema de inscrição, informando CPF e a senha cadastrada.
  7. Seguir as orientações da tela, escolhendo a opção de curso e confirmar a inscrição.

Como usar as vagas remanescentes do ProUni para fazer transferência de curso?

A partir de 2016, os estudantes que já têm bolsa do ProUni poderão se inscrever a uma vaga remanescente em outro curso da mesma faculdade, desde que seja para uma “área afim”, ou seja, um curso com currículo semelhante.

Se você quiser mudar de curso usando esse recurso, basta se inscrever para uma vaga no sistema do ProUni e, caso seja selecionado, a própria faculdade fará a transferência.

Faculdades que participam do ProUni

A quantidade de vagas

disponíveis e as faculdades participantes mudam a cada edição do ProUni.

Você pode conferir a lista durante o período de inscrições. Confira

algumas instituições que costumam oferecer vagas do ProUni:

Veja também:

Principais bolsas de estudos oferecidas pelo governo e por instituições

Você vai tentar uma bolsa remanescente do ProUni? Deixe um comentário!