Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


Enem

Descubra o que fazer com a nota do Enem 2018

4 de março de 2018
Imagem default
Imagem do autor
Escrito porRedação

O Enem é, sem dúvida, o atalho mais rápido para o ensino superior, seja em faculdades públicas ou particulares.

Quer fazer Medicina? Com o Enem é possível! Direito, Administração, Gastronomia, Psicologia ou Jornalismo? Também dá!

E nem precisa ter um desempenho sobrenatural para conseguir entrar.

O segredo é conhecer todas as opções que estão ao seu dispor e saber aproveitá-las.

Pensando em facilitar sua vida, a gente fez um levantamento de tudo o que você pode fazer com a nota do Enem 2018.

Quer saber como? A gente explica em 5 tópicos rápidos!

Vamos lá:

1. Entrar em uma universidade pública

O Governo Federal oferece mais de 200 mil vagas todos os anos em universidades e institutos federais de todo o Brasil pelo Sisu. Há cursos presenciais em todas as áreas do conhecimento.

Veja como conseguir entrar:

  • Para participar da disputa, você precisa ter feito o Enem mais recente, sem ter zerado a redação.
  • Não tem nota mínima para se inscrever, mas esse é o processo seletivo mais disputado do Brasil. Portanto, quanto maior for sua pontuação, mais chances você vai ter.
  • O Sisu abre inscrições logo depois que o resultado do Enem é divulgado, no começo do ano. Há uma segunda edição no segundo semestre também.
  • Todo o processo é feito pela internet. A seleção dura mais ou menos uma semana. Os resultados são divulgados logo a seguir.
  • A nota média para conseguir vaga aqui é de 680 pontos. Ela pode variar para bem mais, no caso de cursos muito procurados, ou para um pouco menos, nos mais tranquilos.

Quem fizer o Enem 2018 e não zerar a redação tem duas chances de participar do Sisu 2019 – para ingresso no primeiro e no segundo semestre.

2. Ganhar uma bolsa de estudos

O Programa Universidade para Todos concede bolsas de estudos em faculdades particulares de primeira linha.

Para concorrer a uma delas, você precisa:

  • Ter feito o Enem mais recente e obtido pontuação de pelo menos 450 na média das provas. Não pode zerar a redação.
  • Ter feito todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Não ter diploma de nível superior.
  • Apresentar renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.
  • De preferência, ter uma boa pontuação nas provas. Nos cursos mais disputados, a corrida por uma vaga gera notas de corte próximas às do Sisu.
  • Ficar atento às datas: o ProUni acontece duas vezes por ano, logo após o encerramento do Sisu.

O ProUni também oferece vagas em cursos a distância – o que é um diferencial e tanto para quem quer estudar nessa modalidade sem pagar nada.

Quem cumprir os requisitos do programa vai poder usar a nota do Enem 2018 para disputar vaga no ProUni 2019.

3. Financiar os estudos

O FIES está aí para facilitar a vida de quem precisa fazer um curso superior e está sem condições financeiras para isso no momento.

O financiamento é concedido a juros baixos (às vezes até a juro zero) e o prazo para pagamento da dívida é super longo. A cobrança só começa a ser feita depois da formatura.

Para conseguir o benefício, você precisa:

  • Ter desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas de qualquer edição do Enem a partir de 2010, sem ter zerado a redação.
  • Ter renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa.
  • Inscrever-se no processo seletivo, que abre duas vezes ao ano, logo que se encerra o ProUni.
  • Ficar atento à seleção. Aqui o processo seletivo é muito similar ao do ProUni e o do Sisu: leva quem tiver a maior nota. Por isso é recomendável checar as notas de corte enquanto a disputa estiver acontecendo. Dá para mudar de opção até o último dia de inscrição.

4. Estudar em uma universidade portuguesa

Você sabia que com a nota do Enem dá para tentar vaga em uma universidade no exterior?

O órgão responsável pelo Enem, o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), tem parceria com nada menos que 28 universidades portuguesas. Todo mundo que faz o Enem mais recente tem chances de entrar.

Para isso é necessário:

  • Obter uma ótima pontuação para aumentar as chances de passar.
  • Não ter zerado a redação.
  • Ficar atento às datas de inscrição, que são diferentes das faculdades brasileiras.

É preciso ressaltar que as notas de corte são de responsabilidade das próprias universidades portuguesas e podem variar bastante de uma para a outra.

O ingresso via Enem dá direito apenas à vaga. Os custos com transporte, hospedagem, documentação, mensalidades, alimentação, etc. correm por conta do estudante.

5. Entrar em uma faculdade particular sem fazer vestibular

Já é possível conseguir vaga em faculdade particular sem ter que fazer vestibular. Com o ingresso direto tudo ficou mais fácil.

Veja como funciona:

  • Entre no site da faculdade do seu interesse e vá ao link de inscrições.
  • Procure a opção de ingresso com a nota do Enem.
  • Informe o curso que quer fazer e as notas que tirou em cada uma das provas.
  • E só: o sistema já retornará com a informação se você conseguiu a vaga ou não.

O ingresso direto não requer comprovação de renda, nem exige ter estudado em escola pública, nada do tipo. Porém, o aluno terá que comprovar que tem a pontuação correspondente apresentando o Boletim de Desempenho Individual no ato da matrícula.

Outro ponto positivo dessa modalidade é que ela, na maioria das vezes, é gratuita.

Escolha a faculdade onde você quer estudar

Quem for fazer o Sisu vai topar com vagas em aproximadamente 130 instituições públicas de ensino. Parece muito, mas esse número é quase nada perto da quantidade de instituições particulares que participam dos outros processos seletivos – o ProUni, o FIES e o ingresso direto.

São centenas e centenas de instituições em todas as partes do Brasil. Para se dar bem é preciso saber escolher.

E isso não tem segredo. Basta seguir alguns passos simples:

  • Procure instituições que sejam bem avaliadas pelo MEC.
  • Verifique se a faculdade tem autorização do MEC para oferecer o curso que você procura.
  • A infraestrutura de ensino oferecida é legal? Então é mais um ponto a favor.
  • Tem o curso na modalidade que você deseja (presencial, semipresencial, a distância)? Mais um ponto!
  • Aceita sua nota do Enem? Então está tudo certo!

Que tal conhecer algumas faculdades agora mesmo?

Veja também:

Nota de corte Enem 2018 https://www.mundovestibular.com.br/articles/19379/1/Nota-de-corte-Enem-2018/

E aí, já sabe onde vai usar a sua nota do Enem 2018? Conte para a gente aqui nos comentários!

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.