Apesar de já ser a modalidade escolhida por mais de um milhão de universitários brasileiros, o ensino a distância (EAD) ainda não é tão concorrido como os cursos presenciais.

Se compararmos com os processos seletivos tradicionais, podemos dizer que na maioria das vezes é mais fácil de conseguir vaga em cursos EAD, mesmo nas universidades públicas.

O modelo de seleção de alunos para cursos a distância costuma ser diferente dos presenciais. Cada universidade tem um sistema diferente, algumas aplicam provas específicas, outras promovem vestibulares agendados e muitas fazem apenas a análise da nota do Enem do candidato.

É isso mesmo, você não leu errado: com a nota do Enem dá para entrar num curso a distância reconhecido pelo MEC e com boa aceitação no mercado de trabalho.

Quer saber como ingressar em cursos EAD utilizando as notas do Enem? Dá uma olhada a seguir!

Como entrar na faculdade a distância usando a nota do Enem

Existem pelo menos duas maneiras de usar a nota do Enem para entrar numa faculdade a distância. Conheça:

1. Ingresso direto

Muitas instituições aceitam a nota do Enem para classificar candidatos a um curso a distância.

Funciona da seguinte forma: durante o processo seletivo para determinado curso EAD, a faculdade vai recebendo as inscrições e as notas do Enem dos alunos interessados. Quanto mais alta for a pontuação, maiores as chances de conseguir a vaga. Ao final, é divulgada a lista com os aprovados de acordo com a nota e o número de vagas disponíveis. Instituições públicas e privadas fazem uso desse sistema de seleção.

Dependendo da faculdade, pode ser exigida uma nota mínima para entrar no curso. Cursos em instituições públicas costumam ser mais concorridos. A vantagem é que geralmente os cursos a distância têm mais vagas disponíveis que os presenciais!

Cada universidade tem a sua forma de selecionar alunos para cursos EAD. Nas públicas também existe a opção de entrar por políticas afirmativas (cotas). Consulte o modelo na instituição de sua preferência!

2. Programa Universidade para Todos (ProUni)

Também dá para entrar num curso a distância pelo ProUni. Para quem não sabe, este é o programa do Governo Federal que oferece bolsas de estudo integrais ou parciais a alunos de baixa renda que querem fazer uma graduação em universidade privada. A maioria dos cursos disponíveis no ProUni é presencial, mas existem também opções EAD.

O ProUni abre inscrições duas vezes por ano, sempre no início de cada semestre (janeiro e junho). Para participar é preciso ter feito o Enem mais recente, com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior que zero na redação.

O tipo de bolsa é definido a partir da comprovação de renda dos candidatos. Quem tem renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa pode tentar o benefício integral. Já para os candidatos com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa, a bolsa custeia 50% da mensalidade.

A lista com a distribuição de vagas e as universidades participantes muda a cada edição do processo seletivo.

Quais cursos é possível fazer a distância?

No Brasil já existe uma lista grande de cursos a distância. São bacharelados, licenciaturas e tecnológicos em diversas áreas do conhecimento. Conheça alguns dos mais comuns:

  • Administração
  • Administração de Redes
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Artes
  • Banco de Dados
  • Biblioteconomia
  • Biologia
  • Ciência da Computação
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Políticas
  • Economia
  • Educação Física
  • Empreendedorismo
  • Enfermagem
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Elétrica
  • Estética e Cosmética
  • Eventos
  • Filosofia
  • Física
  • Fisioterapia
  • Gastronomia
  • Geografia
  • Gestão Financeira
  • História
  • Hotelaria
  • Letras
  • Logística
  • Marketing
  • Matemática
  • Negócios Imobiliários
  • Nutrição
  • Pedagogia
  • Relações Internacionais
  • Secretariado
  • Segurança da Informação
  • Segurança Pública
  • Serviço Social
  • Sistemas de Informação
  • Teatro
  • Tecnologia em Radiologia
  • Turismo

Tem muito mais cursos para você fazer a distância e a perspectiva é que o número continue a crescer nos próximos anos.

Os cursos EAD, além de permitirem uma flexibilidade maior de tempo para os estudos, têm diploma válido no mercado de trabalho e são avaliados com o mesmo rigor das graduações presenciais pelo Ministério da Educação (MEC).

Mas saiba que mesmo os cursos a distância mais teóricos vão exigir momentos presenciais. O MEC determina que no máximo 80% das atividades sejam feitas online. O restante é usado para apresentação de trabalhos, tarefas em laboratório e encontros do grupo, por exemplo.

Faculdades EAD que aceitam a nota do Enem

Confira algumas faculdades EAD reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam o Enem como forma de ingresso e costumam participar do ProUni:

E se você não se enquadrar nos requisitos do ProUni, não desista do seu sonho! Em todas as instituições acima você vai encontrar descontos, bolsas de estudos convênios e facilidades de pagamento sem burocracia!

Veja também:

Os melhores cursos EAD e suas faculdades

Está pensando em usar a nota do Enem para entrar em algum curso EAD? Conte para a gente nos comentários!

 

//

<a href="https://o1.qnsr.com/cgi/r?;n=203;c=1374072/695294;s=11019;x=0;f=201211230620590;u=j;z=TIMESTAMP" target="_blank"><img border="0" width="468" height="30" src="https://o1.qnsr.com/cgi/x?;n=203;c=1374072/695294;s=11019;x=0;u=j;z=TIMESTAMP" alt="Click here"></a>