Prestar

atenção aos fatos marcantes da atualidade e saber relacioná-los a

acontecimentos históricos podem ser a grande dica para quem quer se dar

bem no novo Enem. Eleições nos Estados Unidos, crise econômica mundial,

gripe suína e escândalos no congresso brasileiro prometem estar no alvo

das questões do novo exame, que será aplicado nos dias 3 e 4 de outubro.

No entanto, não basta saber dos assuntos mais recentes. "É preciso

entender o contexto em que se apresentam e as disciplinas que podem

envolvê-lo", diz o professor de História Renato Coutinho.

Para ele, também não adianta o aluno saber tudo sobre as medidas

tomadas por Barack Obama no seu início de governo, por exemplo, sem

entender as relações dessas medidas com o que se passa em outros

países, como Cuba e Iraque.

As atualidades podem ser tema de Redação ou aparecer apenas nos

enunciados das questões, como elemento ilustrativo. "O objetivo

principal será exigir do aluno a capacidade de traçar um paralelo entre

o que é atual e o que é diretamente ligado às disciplinas", diz.

Para o professor de Biologia Mauro Koppe, a prova não será muito

diferente dos anos anteriores. "O que muda é que os alunos deverão

demonstrar uma noção mais ampla sobre assuntos variados e atuais", diz.

E exemplifica: "A prova pode cobrar um tema, como a gravidez na

adolescência sob diversos aspectos. Dentro da Biologia, pode falar da

reprodução humana. Na Geografia, abordar o aspecto populacional do

assunto. E, ainda, falar do problema social e familiar que é gerado",

diz.

O aluno do 3º ano Hugo Patrocínio Belshoff, 16 anos, já está mudando a

rotina de estudos para ficar ligado nos temas atuais. "Estou lendo

jornais e sites de notícias diariamente. Os professores já disseram que

a gente vai precisar aprender a relacionar disciplinas, como Matemática

e Geografia ou Geografia e Física em uma só questão", explica.

Ele diz, ainda, que os alunos estão abandonando a decoreba. "Vamos

continuar aprendendo as disciplinas, mas sempre pedindo indicações de

como elas podem ser cobradas agora", diz.

Inscrição em junho e julho

As inscrições para o novo Enem estão previstas para acontecer entre os

dias 15 de junho e 17 de julho. O Ministério da Educação (MEC), porém,

ainda não definiu como elas serão feitas nem divulgou em quais cidades

as provas serão aplicadas.

O valor da taxa de inscrição será de R$ 35,00, como no ano passado, mas

estudantes que estiverem concluindo o ensino médio em escolas públicas

podem se inscrever gratuitamente. Também são isentos da taxa alunos da

rede privada ou que finalizaram os estudos em anos anteriores, desde

que declarem situação de carência.

O Enem vai acontecer nos dias 3 e 4 de outubro, em 1.600 cidades

brasileiras. O resultado das provas objetivas será divulgado no dia 4

de dezembro. Já o resultado final, incluindo a redação, será conhecido

em 8 de janeiro de 2010.

O novo exame será composto por 200 questões, divididas em quatro áreas

de conhecimento: linguagens, matemática, ciências da natureza e

ciências humanas. Os blocos de conteúdos, com 50 questões cada, serão

divididos nos dois dias de provas, que acontecem no sábado à tarde e no

domingo pela manhã e à tarde.

Os assuntos a serem focados

A dica dos

professores é ficar de olho nos assuntos atuais e saber relacioná-los

com os acontecimentos que ocorreram no passado

Política

Relacionar a eleição de Barack

Obama, nos Estados Unidos, com a atuação de outros presidentes que

marcaram época, como Nelson Mandela, na África do Sul

Ficar ligado nos escândalos recentes da política brasileira, como o mensalão e a concessão de passagens no Congresso

Saber relacionar a lei que torna sigilosos documentos federais ao período da Ditadura Militar

Economia

Relacionar a crise econômica mundial à recessão da economia vivida em 1929

Entender a ligação entre a queda no consumo de bens duráveis e o desemprego no Brasil

Perceber as relações entre a situação atual do petróleo no país e a crise vivida na década de 80

Meio ambiente

Alterações climáticas, poluição e ecologia relacionadas às políticas mundiais em torno da preocupação com o meio ambiente

A produção de biocombustíveis e a relação dos produtos com os benefícios ao meio ambiente

Saúde

Gripe suína: saber relacioná-la à Gripe Espanhola, de 1918, e ser capaz

de abordá-la sob diferentes aspectos, tanto na Geografia (impactos

geográficos) quanto na Biologia (aspectos da doença)

Doenças relacionadas à poluição do ar e da água, e questões ambientais interligadas

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e aspectos sociais, como a

gravidez na adolescência e suas implicações nos novos modelos familiares

Cultura

Pode ser cobrada a leitura de textos gerados em diversas esferas

sociais, como a internet (suporte textual em gêneros digitais)

A cultura e suas manifestações: dança, teatro, música, artes visuais

Estudo das práticas corporais, como esporte, dança, lutas, jogos e brincadeiras

Relacionar obras de arte e manifestações culturais ao estilo artístico e o contexto histórico de obras

Filmes.

É bom ficar de olho nas produções cinematográficas. Os filmes em cartaz

nos cinemas, e os que foram lançados, recentemente, trazem assuntos

atuais e que movimentam polêmicas sobre diversos assuntos

Quadrinhos.

Assim como a música representou, até os anos 90, uma grande fonte de

atualidades, hoje os quadrinhos são os preferidos para o tratamento

informal de assuntos importantes. E eles sempre estão nas provas

Saiba tudo sobre o Enem 2009