Como é o curso de Farmácia?

Os farmacêuticos são os profissionais que cuidam da liberação de produtos e serviços farmacêuticos. Eles podem desenvolver, produzir, realizar o controle de qualidade, gerenciar armazenamento, distribuição e transporte desses produtos.

Esses profissionais ainda são responsáveis por realizar pesquisas, análises clínicas de medicamentos e podem trabalhar na regulação e fiscalização de estabelecimentos, produtos e serviços farmacêuticos.

O curso de Farmácia é oferecido na nível superior e técnico. Enquanto o curso técnico de Farmácia tem duração média de 1 ano e meio, o curso superior dura cerca de 5 anos. Durante o curso, os estudantes se habilitam a atuar em toda cadeira produtiva de medicamentos, cosméticos e produtos de higiene pessoal, desde a pesquisa, produção, manipulação, controle de qualidade até a comercialização.

A grade curricular do curso é dividida em Cuidado em Saúde, Tecnologia e Inovação em Saúde e Gestão em Saúde. Para se formar, é necessário realizar estágios nas áreas de fármacos, cosméticos, medicamentos e assistência farmacêutica; análises clínicas, genéticas e toxicológicas e alimento; e especificidades institucionais e regionais.

Após formado, o farmacêutico pode atuar em farmácias e drogarias, hospitais, indústrias farmacêuticas e cosméticas e laboratórios de análises clínicas.

Quantos pontos são necessários para passar em Farmácia?

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a principal porta de entrada para os estudantes que desejam ingressar no curso superior de Farmácia, tanto em universidades públicas quanto privadas.

Para classificar os candidatos por meio da nota do exame, as instituições de ensino exigem uma nota mínima do estudante e os classificam pela nota de corte, que equivale a nota do último colocado no curso.

Para saber qual nota é necessária para se classificar no curso desejado, é importante ficar atento às notas de corte dos anos anteriores. Mesmo que elas variem a cada ano, são um bom referencial. Nos próximos tópicos, dê uma olhada nas últimas notas de corte do curso de Farmácia nos programas federais de acesso ao Ensino Superior.

Nota de corte para o curso de Farmácia no Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é uma das principais formas de ingressar em universidades públicas com a nota do Enem. Para se inscrever no programa federal, basta ter feito o último Enem e não ter zerado a redação. Algumas instituições cobram nota mínima para a inscrição. 

Segundo os dados do Sisu de 2019, a nota de corte média para o curso de Farmácia é de 701.58. A maior nota de corte registrada no ano passado foi de 746.08 e a menor, 659.57.

Nota de corte para o curso de Farmácia no Prouni

Enquanto o Sisu dá acesso às instituições públicas, o Programa Universidade Para Todos (Prouni) é destinado aos que desejam usar a nota do Enem estudar com bolsa de estudo de 50% ou 100% em universidades privadas.

Para se inscrever no programa, é necessário ter tirado, pelo menos, 450 pontos no último Enem, não ter zerado a redação e se encaixar nos pré-requisitos de renda e escolaridade do Prouni.

Conforme as informações do Prouni 2019, a média das notas de corte do Prouni para o curso de Farmácia em 2019 foi de 647.84. As notas de cortes variaram de 765.72 a 566.98 pontos.

Nota de corte para o curso de Farmácia no Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é outro programa federal destinado ao ingresso em instituições privadas. No programa, os estudantes podem financiar seus cursos e começar a pagar somente depois de formado.

Para se inscrever no Fies, é necessário ter feito Enem a partir de 2010 e obtido nota mínima de 450 pontos e não ter zerado a redação, além de se encaixar nos pré-requisitos  socioeconômicos da modalidade de financiamento escolhida. 

De acordo com os dados do Fies de 2019, a nota de corte média para Farmácia no Fies foi de 554.66. A maior nota de corte do ano anterior foi 696.00 e a menor, 452.00.

Onde estudar Farmácia?

Os programas do governo não são as únicas formas de ingressar no Ensino Superior com a nota do Enem. Também é possível usar a nota do exame para conseguir bolsas de estudos e descontos diretamente na instituição de ensino desejada. 

Algumas universidades que oferecem ótimas condições para ingresso independente da nota do Enem, por meio de vestibular próprio e on-line e sem precisar comprovar renda. Se interessou? Então, confira abaixo essas faculdades bem reconhecidas pelo MEC para você ingressar sem burocracia e estudar pagando pouco, no ensino presencial e a distância:

Veja mais: Conheça a faculdade de Farmácia

E você? Já sabe onde irá estudar Farmácia? Compartilha com a gente nos comentários abaixo!