A nota de corte para Fisioterapia varia de acordo com cada universidade. Mas uma coisa é certa: o curso faz parte daquelas graduações da área da Saúde que podem ter notas de corte entre intermediárias e altas.

Quem se prepara para uma prova sabe que atingir a nota de corte não é garantia de vaga. No entanto, esta informação é útil para dar uma noção do quanto é preciso focar nos estudos.

Confira agora a nota de corte para Fisioterapia em diferentes vestibulares no País. Veja também qual é a nota mínima para conseguir uma vaga em universidades públicas pelo Sisu, bolsas pelo ProUni e financiamento pelo FIES!

Nota de corte para o curso de Fisioterapia em vestibulares

A cada ano os vestibulares perdem espaço para processos seletivos que utilizam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ainda assim, muitas universidades ainda usam o vestibular tradicional para selecionar seus alunos.

Cada instituição organiza seu vestibular de acordo com regras próprias, o que faz com que existam os mais diferentes tipos de provas. Veja alguns pontos que podem variar:

• Quantidade de questões: existem vestibulares com 80, 100 e até 300 questões.

Tipos de questões: há vestibulares apenas com questões objetivas; outros apresentam questões objetivas e dissertativas.

Fases: a maioria dos vestibulares realiza suas provas em apenas uma fase; outros fazem em duas fases, a primeira delas eliminatória.

Contagem de pontos: há provas que valem no total 100 pontos; outras podem valer até 1.000.

Por isso, passar em uma universidade não significa vaga garantida em outra. Mas uma coisa é certa: para entrar em Fisioterapia não dá para tirar nota baixa.

Para você ter um parâmetro, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) a nota de corte para Fisioterapia foi de 587 pontos em um concurso recente. Só ficou atrás de Medicina, Odontologia diurno e Biomedicina. Praticamente empatou com Odontologia noturno e Nutrição.

Outro exemplo é o da Universidade de São Paulo (USP), que tem um vestibular de duas fases, organizado pela Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest). Para chegar à segunda fase em Fisioterapia, a pontuação mínima está na faixa de 43 até 50, nota que equivale a de cursos como Odontologia, também na USP.

Na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a nota de corte para Fisioterapia é a segunda mais baixa dos cursos da área da Saúde: são 46 pontos de uma prova que vale 100.

Muitos vestibulares contam com programas de cotas e ações afirmativas, que destinam vagas a grupos específicos de estudantes. No entanto, quando se fala em nota de corte, uma comparação já deixa claro: as vagas de cotas não exigem necessariamente notas muito mais baixas que as de ampla concorrência, como acredita o senso comum.

Nota de corte para o curso de Fisioterapia no Sisu

A disputa por uma vaga de Fisioterapia em uma universidade pública se dá cada vez mais pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), iniciativa centralizada pelo Ministério da Educação (MEC). Os estudantes são classificados a partir do desempenho na edição mais recente do Enem.

No Sisu, a nota de corte para Fisioterapia na maioria das universidades concentra-se na faixa de 650 a 700 pontos. É possível encontrar vagas com notas menores, mas se você quer garantir seu espaço deve mirar em uma pontuação mais elevada.

Confira alguns exemplos de nota de corte para Fisioterapia em diferentes universidades que participam do Sisu:

• Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF): 707 pontos

• Universidade Federal do Amazonas (UFAM): 688 pontos

• Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS): 681 pontos

• Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB): 678 pontos

• Universidade Federal de Goiás (UFG): 651 pontos

Nota de corte para o curso de Fisioterapia no ProUni

As notas do Enem também servem para que estudantes de baixa renda se candidatem a uma bolsa de estudos pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). A iniciativa do Governo Federal concede bolsas de 50% e de 100% em faculdades particulares.

Para concorrer, é preciso atender aos requisitos de escolaridade e renda, ter participado do Enem mais recente, com nota mínima de 450 pontos e não ter zerado na redação. Além disso, o candidato não pode ter diploma de nível superior.

A nota de corte do curso de Fisioterapia do ProUni pode variar do mínimo de 450 pontos até pouco mais de 730. Tudo vai depender da universidade participante, da procura por esta graduação em determinada unidade e do desempenho dos demais concorrentes.

Nota de corte para o curso de Fisioterapia no FIES

O FIES é o Fundo de Financiamento Estudantil, programa do Governo Federal voltado a pessoas de baixa renda que financia graduações em faculdades particulares a juros baixos. O estudante só começa a pagar depois de se formar.

Entre as regras para participar estão: atender aos requisitos de renda e ter participado de alguma edição do Enem a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos na média geral das provas e nota maior que zero na redação.

Mas a cada ano podem surgir novas regras e, vale ressaltar, está cada vez mais difícil conseguir um financiamento. Uma das regras recentes priorizou cursos da área da Saúde, Engenharias e Licenciaturas, bem como regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Como são regras que podem mudar, a recomendação é que você acompanhe o site do FIES, especialmente durante a realização do programa. Assim você fica por dentro das regras e verifica as notas de corte de Fisioterapia.

Onde estudar Fisioterapia

A graduação em Fisioterapia pode ser cursada em centenas de faculdades privadas e públicas.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Fisioterapia.Universidades Privadas:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

• Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Veja também:

Carreira de Fisioterapia

E então, as notas de corte de Fisioterapia estão dentro do que você esperava? Conte para a gente nos comentários!