O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é a maior prova que acontece no país e, neste ano, será aplicada em dois formatos: digital e presencial.

O Enem digital é a novidade desta edição. Essa modalidade será aplicada em dois domingos, dias 11 e 18 de outubro, em diversas instituições do país. Já o Enem presencial será novamente aplicado no mês de novembro, nos dias 1º e 8. 

Ambas as provas serão divididas em dois domingos e, como de costume, elas serão compostas de 180 questões e uma redação. 

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de: 

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Redação

E no segundo:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias

Se você quer fazer o Enem 2020, mas não pode arcar com valor da taxa de inscrição, veja agora como pedir a isenção dessa cobrança! 

Como fazer o pedido de isenção da taxa do Enem 2020?

Em abril, será aberto o período para as solicitações de isenção da taxa do Enem 2020. 

Para se inscrever basta seguir o passo a passo que separamos para você: 

  • Acesse o site oficial do Enem (enem.inep.gov.br), insira seu CPF e sua data de nascimento para entrar no sistema.
  • Leia os termos e aceite caso você esteja de acordo. 
  • Na próxima tela, informe o seu nível de escolaridade e o tipo de escola em que você estuda ou estudou. 
  • Em seguida, indique se possui ou não o Número de Identificação Social (NIS). 
  • Verifique se todas as suas informações estão corretas e, caso estejam, confirme.
  • Será aberto um questionário socioeconômico. Responda-o com muita atenção para não passar informações incorretas. 
  • Insira um e-mail e telefone para contato e prossiga.  
  • Crie uma senha que tenha entre seis e oito caracteres, contendo apenas números e letras. 
  • Pronto! Agora é só aguardar o resultado do seu pedido de isenção. 

Atenção! Guarde a senha criada, pois, com ela, será possível acessar o sistema para verificar o resultado do seu pedido de isenção e realizar a inscrição do Enem. 

Quem pode pedir isenção da taxa de inscrição do Enem 2020? 

Para solicitar a isenção, o estudante precisa verificar se atende a um dos requisitos abaixo:

  • Estar cursando a última série do ensino médio no ano do exame, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada no Censo da Educação Básica.
  • Ter cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e ter renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio.
  • Estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda (renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos).

Pedi isenção do Enem 2019 e não fiz a prova. Posso pedir isenção em 2020? 

Se você solicitou a isenção da taxa do Enem 2019 e não fez a prova, você terá que justificar a sua ausência no sistema. 

A justificativa deve ser feita no mesmo período que os pedidos de isenção e ela deve ser comprovada mediante apresentação de documentos. 

Veja alguns motivos aceitos como justificativa de ausência:

  • Assalto ou furto 
  • Acidente de trânsito 
  • Casamento
  • Morte na família (cônjuge ou companheiro; pai, mãe ou responsável legal; avô ou avó; irmão; filho ou enteado)
  • Maternidade ou paternidade

Caso o seu pedido não seja aceito, você terá que pagar a taxa do Enem 2020 para confirmar a sua inscrição. 

Onde estudar com a nota do Enem 2020? 

Com a nota do Enem, é possível participar de alguns processos seletivos para tentar ingressar em universidades públicas ou privadas. 

Veja as principais opções para você usar a sua nota do Enem 2020: 

  • Sisu (Sistema de Seleção Unificada): com o Sisu, você concorre a uma vaga em universidades públicas de todo o país.
  • ProUni (Programa Universidade para Todos): com o ProUni, você concorre a uma bolsa de estudos, parcial ou integral, em diversas universidades particulares. 
  • FIES (Fundo de Financiamento Estudantil): com o FIES, você concorre a uma vaga para financiar toda a sua graduação e só começa a pagar depois de formado. 
  • Ingresso Direto pelo Enem: com o Ingresso Direto, você entra em uma faculdade sem precisar realizar o vestibular tradicional nem comprovar renda e ainda concorre a bolsas de estudo e descontos diretamente com a instituição.

Separamos algumas boas instituições, reconhecidas pelo MEC, que, além de participarem do ProUni e FIES, aceitam o Ingresso Direto pelo Enem e contam com programas de financiamento próprios, sem nenhuma burocracia. Confira: 

Veja mais:

Descubra quais são as datas importantes do ProUni 2020 

Fies 2020: Descubra tudo sobre o financiamento  

Já sabe qual graduação vai fazer? Conte para a gente aqui nos comentários!