Conheça os temas com maior probabilidade de cair na redação do Enem 2020 e prepare-se para realizar uma prova nota mil!

Apesar da tensão que as questões de Matemática, Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e da Natureza despertam, é a redação do Enem que permanece sendo o grande temor dos aspirantes a universitários.

Por representar 20% da nota total do Exame Nacional do Ensino Médio, ano após ano o texto dissertativo-argumentativo desperta curiosidade e ansiedade nos candidatos que sonham em entrar no Ensino Superior. E não é para menos! Como a nota pode chegar a mil, realizar uma boa redação pode garantir a dianteira na disputa pela tão sonhada vaga.

Mas como se preparar se o tema da redação do Enem é surpresa? A verdade é que apesar do tema secreto, a redação do Enem costuma focar em assuntos atuais, portanto além de estudar a estrutura do texto, se manter informado sobre o que acontece no Brasil e no mundo pode ser de grande ajuda para não ser pego de surpresa na hora de apresentar bons argumentos e conquistar a banca.

Para te ajudar a se preparar, o Mundo Vestibular selecionou alguns dos possíveis temas da redação do Enem 2020. Continue lendo para conferir!

Conheça os possíveis temas da redação do Enem 2020

A banca do Enem visa analisar a capacidade argumentativa do aluno ao propor soluções para problemáticas socioculturais presentes em nosso dia a dia. Nos últimos anos, o Ministério da Educação (MEC) elegeu temas que estavam em borbulhante debate na sociedade, portanto podemos esperar que o mesmo ocorrerá nas próximas edições. 

Confira os últimos 5 temas da redação do Enem:

  • Enem 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira
  • Enem 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil
  • Enem 2017: Desafios para Formação Educacional de Surdos
  • Enem 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
  • Enem 2019: Democratização do acesso ao cinema no Brasil

Seguindo a mesma linha de pensamento, é importante aproveitar o tempo que resta praticando a escrita dissertativa-argumentativa tendo como base os temas que estão em alta no momento. Veja alguns a seguir:

O acesso à informação e o surgimento das Fake News

Com o surgimento da internet, veicular informações – sejam elas verdadeiras ou não - tornou-se uma atividade cada vez mais fácil. O assunto é tão atual que o governo tem promovido campanhas contra a disseminação de notícias falsas e muito se debate sobre a regulamentação das redes sociais em prol do combate às Fake News, principalmente no âmbito político. Neste aspecto, o estudante deve discorrer sobre os impactos das notícias falsas na sociedade.

Demarcação de terras indígenas no Brasil

Em outubro de 2020, foi incluído na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF) o processo que poderá definir os rumos das demarcações das terras indígenas brasileiras. O tema dá ao estudante a oportunidade de apresentar argumentos a favor ou contra as teses que estão em debate: a “teoria do indigenato”, que reconhece o direito dos povos indígenas, e o “marco temporal”, que reinterpreta a Constituição restringindo seus direitos.

Colapso no sistema de saúde brasileiro e a valorização do SUS

Apesar da falta de recursos humanos, equipamentos médicos e da demora no atendimento, o Sistema Único de Saúde (SUS) garante à população algo que países desenvolvidos como os Estados Unidos não oferecem: saúde gratuita a todos. Principalmente após a pandemia do covid-19, cabe discutir como a valorização e o investimento de recursos do governo são importantes para evitar o colapso do SUS e garantir a manutenção de um serviço essencial para a população.

A contribuição da pandemia para o crescimento da evasão escolar

O combate à evasão escolar é uma luta constante das instituições de ensino. No entanto, em decorrência da pandemia do coronavírus o abandono escolar cresceu vertiginosamente. Torna-se necessária a discussão de ações práticas e estratégias urgentes para enfrentar este cenário e contornar as adversidades, garantindo a permanência dos alunos nas instituições de ensino.

A ascensão do movimento antivacina e o ressurgimento de doenças erradicadas no Brasil

O Brasil é internacionalmente conhecido como uma referência por seu programa nacional de imunização. Inclusive, o país já recebeu um certificado da Organização Mundial da Saúde (OMS) pela erradicação de doenças como a varíola, a poliomielite e a rubéola. No entanto, é necessário discutir a relação entre os “movimentos antivacina”, que têm ganhado força nos últimos anos, e o ressurgimento de doenças consideradas erradicadas como o sarampo.

Como é a redação do Enem 2020?

Por conta da pandemia do novo coronavírus, nesta edição, o exame será aplicado em dois formatos: impresso e digital. De acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), cerca de 100 mil estudantes farão as provas digitais pela primeira vez.

Devido à mudança, as datas do Enem também se adaptaram e foram transferidas para janeiro e fevereiro de 2021. A redação, assim como as provas de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas, serão aplicadas nos dias 17 de janeiro para quem realizará o exame impresso e 31 de janeiro, para os optantes do exame digital. Já as demais provas serão realizadas nos dias 24 de janeiro (impressa) e 7 de fevereiro (digital).

Fique atento! Apesar da aplicação digital, a redação permanecerá no formato impresso.

O que fazer com a nota no Enem?

Com a nota da prova em mãos, é hora de partir para o abraço e ingressar no tão esperado Ensino Superior. Neste momento é importante saber que além do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que dá acesso às universidades públicas de todos os Estados do Brasil, é possível ingressar em faculdades excelentes através do Programa Universidade Para Todos (Prouni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Confira abaixo algumas universidades particulares bem reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso:

Veja também: Redação nota 1000 no Enem: Saiba como fazer uma dessas 

E você, tem alguma sugestão de possíveis temas para a redação do Enem 2020? Deixe nos comentários!